Santo Antônio de Goiás

Disambig grey.svg Nota: Para outros significados de Santo Antônio, veja Santo Antônio.
Santo Antônio de Goiás
  Município do Brasil  
Hino
Gentílico santoantoniense
Localização
Localização de Santo Antônio de Goiás em Goiás
Localização de Santo Antônio de Goiás em Goiás
Mapa de Santo Antônio de Goiás
Coordenadas 16° 29' 02" S 49° 18' 39" O
País Brasil
Unidade federativa Goiás
Região metropolitana Goiânia
Municípios limítrofes Goiânia, Nova Veneza, Goianira, Brazabrantes
Distância até a capital 13 km
História
Fundação 1 de janeiro de 1993 (27 anos)
Administração
Prefeito(a) Frederico Marques de Oliveira (PSDB, 2017 – 2020)
Características geográficas
Área total [1] 132,805 km²
População total (est. IBGE/2019[1]) 6 283 hab.
Densidade 47,3 hab./km²
Clima tropical 32ºC Diurno 18ºC Noturno
Altitude 821 m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
Indicadores
IDH (PNUD/2010 [2]) 0,723 alto
PIB (IBGE/2008[3]) R$ 33 463,298 mil
PIB per capita (IBGE/2008[3]) R$ 8 104,46
Website santoantoniodegoias.go.gov.br (Prefeitura)

Santo Antônio de Goiás é um município brasileiro do estado de Goiás. Sua população estimada em 2019 foi de 6.283 habitantes.[1]

No dia 5 de dezembro de 1990, o Exmo. Srº Governador do estado Henrique Santilo sancionou a Lei nº 11.360, elevando a categoria de Município o Distrito de Santo Antônio, que passou a ter o topônimo de Santo Antônio de Goiás, conforme publicação no diário oficial de Goiás, terça-feira, 11 de dezembro de 1990. A cidade teve sua origem em 1947 como vilarejo, depois distrito, sendo posteriormente nominado de Santo Antônio de Goiás.

GeografiaEditar

ClimaEditar

Segundo dados da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), a temperatura mínima registrada em Santo Antônio de Goiás foi de 4,5 °C, ocorrida no dia 18 de julho de 2000, enquanto que a máxima foi de 37,7 °C, observada no dia 18 de outubro de 2007. O maior acumulado de chuva registrado na cidade em 24 horas foi de 107,1 mm, em 31 de março de 1997.[4]

Referências

  1. a b c «IBGE Cidades - Panorama». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Consultado em 6 de fevereiro de 2020 
  2. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil» (PDF). Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 31 de julho de 2013 
  3. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  4. Sistema de Monitoramento Agrometeorológico (Agritempo). «Dados Meteorológicos - Goiás». Consultado em 12 de julho de 2013. Arquivado do original em 7 de abril de 2014 

Ver tambémEditar