Santos Vital, Valéria, Gervásio e Protásio (título cardinalício)


Santos Vital, Valéria, Gervásio e Protásio
Coat of arms of Franciscus.svg        Brasão de Adam Joseph Maida
Título presbiterial
Santos Vital, Valéria, Gervásio e Protásio
Basílica de São Vital
Titular: Adam Joseph Maida
criado: século V
instituída pelo Papa Inocêncio I
suprimida pelo Papa Clemente VIII em 1596
restaurada pelo Papa Leão XIII em 16 de dezembro de 1880
Dados do Anuário Pontifício

Santos Vital, Valéria, Gervásio e Protásio (em latim, S. Vitalis ) é um título cardinalício instituído pelo Papa Leão XIII no 16 de dezembro de 1880, para restauração do antigo título Vestinae, instituída pelo Papa Inocêncio I no século V. Foi uma homenagem de graças à generosidade de uma rica senhora romana chamada Vestina. No sínodo em Roma, em 595 foi enunciado pelo nome simples de São Vital. De acordo com o catálogo de Pietro Mallio, elaborado sob o pontificado de Papa Alexandre III, o título foi anexado à Basílica de Santa Maria Maior. Em 1596, como a igreja estava em ruínas, o título foi suprimido pelo Papa Clemente VIII, sendo restabelecido depois de quase três séculos.

A igreja titular deste titulus é São Vital.

Titulares protetoresEditar

Ligações externasEditar