Abrir menu principal

Santos Vito, Modesto e Crescência (diaconia)


Santos Vito, Modesto e Crescência
Coat of arms of Franciscus.svg        Brasão de Giuseppe Bertello
Diaconia
Santos Vito, Modesto e Crescência
Igreja de Santi Vito e Modesto
Titular: Giuseppe Bertello
criada: século IX
'
Dados do Anuário Pontifício

Santos Vito, Modesto e Crescência (em latim, Ss. Viti, Modesti et Crescentiae) é uma diaconia instituída em torno do ano 800. De acordo com o Liber Pontificalis, essa diaconia era também conhecida como S. Vito in Macello Martyrum recebeu doações do Papa Leão III.

A sua igreja, Santi Vito e Modesto, tinha sido construída nas imediações do Macelo de Lívia na Região V (Augusta). Frutaz diz que nos catálogos de João, o Diácono de Latrão, e Pietro Mallio, composta na segunda metade do século XII, a Igreja de S. Quirici (Santi Quirico e Giulitta) aparece no lugar de S. Vito, e que é difícil explicar essa substituição, mesmo que fosse apenas temporário. Mais tarde, o título também foi chamado Ss. Vito e Modesto in Macello Martyrum e, finalmente, com seu nome atual. De acordo com Mas Latrie, esta diaconia tornou-se um título a partir de 1477 até 1480, quando foi devolvido à sua velha classificação. Em 1565 tornou-se um título presbiterial novamente, quando o Papa Pio IV criou 23 novos cardeais. O Papa Sisto V o lista entre as diaconias novamente em sua constituição apostólica Religiosa.

Titulares protetoresEditar

Ligações externasEditar