Satoshi Ōmura

Satoshi Ōmura (大村智, Ōmura Satoshi; Yamanashi, 12 de julho de 1935) é um bioquímico japonês.

Satoshi Ōmura Medalha Nobel
Nascimento 12 de julho de 1935 (87 anos)
Yamanashi
Nacionalidade japonês
Cidadania Japão
Alma mater
  • Universidade de Yamanashi
  • Universidade de Ciências de Tóquio
  • Universidade de Educação de Tóquio
Ocupação bioquímico, químico, microbiologista, professor do ensino secundário, professor catedrático
Prêmios Medalha Robert Koch (1997), Prêmio Príncipe Mahidol (1997), Prêmio Ernest Guenther (2005), Prêmio Tetrahedron (2010), Nobel prize medal.svg Nobel de Fisiologia ou Medicina (2015)
Empregador The Kitasato Institute, Universidade Wesleyan, Tokyo Metropolitan Sumida Technical Senior High School, Universidade de Yamanashi, Universidade Kitasato, Faculty of Pharmaceutical Sciences, Tokyo University of Science
Campo(s) bioquímica
Obras destacadas Ivermectin
Página oficial
http://www.satoshi-omura.info/

É conhecido pela descoberta e desenvolvimento de vários micro-organismos que ocorrem originalmente em medicamentos.

Recebeu o Nobel de Fisiologia ou Medicina de 2015, juntamente com William Cecil Campbell e Tu Youyou, por descobertas concernentes a uma nova terapia contra infecções causadas por parasitas nematoda.[1]

Publicações selecionadasEditar

Ligações externasEditar

Referências


Precedido por
John O'Keefe, May-Britt Moser e Edvard Moser
Nobel de Fisiologia ou Medicina
2015
com William Cecil Campbell e Tu Youyou
Sucedido por
Yoshinori Ohsumi