Savoia-Marchetti SM.81

SM.81
Papistrello (Morcego)
Descrição
Tipo / Missão Bombardeiro e aeronave de tranposte
País de origem  Reino da Itália
Fabricante Savoia-Marchetti
Projetado por: Alessandro Marchetti
Período de produção 1935-?
Quantidade produzida 535[1]
Desenvolvido de Savoia-Marchetti S.73
Primeiro voo em 8 de fevereiro de 1934 (87 anos)
Introduzido em primavera de 1935
Aposentado em 1950
Variantes SM.81B experimental 1 construído
Tripulação 6
Especificações
Dimensões
Comprimento 18,3 m (60,0 ft)
Envergadura 24 m (78,7 ft)
Altura 4,3 m (14,1 ft)
Área das asas 92,2  (992 ft²)
Alongamento 6.2
Peso(s)
Peso vazio 6 800 kg (15 000 lb)
Peso carregado 9 300 kg (20 500 lb)
Peso máx. de decolagem 10 505 kg (23 200 lb)
Propulsão
Motor(es) 3 x motores a pistão radiais Piaggio P.X R.C.15 (ou Alfa Romeo 125 R.C.35, Alfa Romeo 126 R.C.34 ou Gnome-Rhône 14K)
Potência (por motor) 670 hp (500 kW)
Performance
Velocidade máxima 347 km/h (187 kn)
Alcance bélico 1 500 km (932 mi)
Alcance (MTOW) 2 000 km (1 240 mi)
Teto máximo 7 000 m (23 000 ft)
Armamentos
Metralhadoras / Canhões 6 x metralhadoras Breda-SAFAT de 7,7 mm (0,303 in)
Bombas Até 2 000 kg (4 410 lb)
Notas
Dados de: Savoia-Marchetti SM.81 na Wikipédia anglófona

Savoia-Marchetti SM.81 - bombardeiro médio trimotor de fabricação italiana utilizado na Guerra Civil Espanhola e na II Guerra Mundial. Era conhecido como Pipistrello (morcego).

Voou pela 1º vez em 1935 como equivalente do SM.73 de transporte. Participou como bombardeiro ou aeronave de reconhecimento na guerra da Abissínia e na guerra civil espanhola.

No início da Segunda Guerra Mundial a Itália possuía aproximadamente 300 aparelhos que também desempenhariam tarefas de transporte de carga e para-quedistas, reboque de planadores e luta anti-submarino.

UsuáriosEditar

Ver tambémEditar

Referências

O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Savoia-Marchetti SM.81
  Este artigo sobre uma aeronave é um esboço relacionado ao Projeto Aviação. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.