Scott Harrington (Louisville, 24 de dezembro de 1963) é um ex-automobilista norte-americano.

Scott Harrington

Harrington em 2014.
Informações pessoais
Nome completo Scott Harrington
Nacionalidade norte-americano
Nascimento 24 de dezembro de 1963 (60 anos)
Louisville, Kentucky
Registros na IndyCar Series
Temporadas 1996–2000, 2002
Equipes 5 (Della Penna, Johansson Motorsports,
Harrington Motorsports, Nienhouse, Mid-America
e Brayton Racing)
Corridas 18 (13 largadas)
Vitórias 0
Pódios 0
Pole positions 0
Voltas mais rápidas 0
Primeira corrida Estados Unidos Indy 500, 1996
Última corrida Estados Unidos GP de Michigan, 2002
Registros na Champ Car
Temporadas 1989
Equipes 1 (U.S. Engineering)
Corridas 3 (1 largada)
Títulos 0 (45º em 1989)
Vitórias 0
Pódios 0
Pontos 0
Pole positions 0
Primeira corrida Estados Unidos Indy 500, 1989 (não-classificado)
Última corrida Estados Unidos GP de Laguna Seca, 1989 (não-classificado)

Carreira

editar

Harrington competiu regularmente na IndyCar entre 1996 e 2000, retornando em 2002. Marcou 219 pontos em 13 corridas. Ele ainda não conseguiu vaga em 5 provas, e seu melhor resultado foi um quinto lugar no GP de Phoenix, em 1999. Pela CART, inscreveu-se em 3 etapas, entretanto disputaria apenas o GP de Mid-Ohio.

Desempenho na Indy 500

editar

A primeira tentativa de Harrington em se classificar para as 500 Milhas de Indianápolis foi em 1989, sem sucesso. Na fase da IRL, conseguiu a vaga na edição de 1996,driversedge.org/> classificando-se na última fila, à frente do veterano Danny Ongais (ex-piloto de Fórmula 1), que foi chamado para substituir Scott Brayton, que havia feito a pole-position, porém sofreu um acidente fatal durante o Carburation Day.

Sua participação durou 162 voltas, quando bateu com Lyn St. James na curva 1. A edição de 1996 foi a única que Harrington disputou na carreira.

Entre 1997 e 2000, ele tentou repetir a classificação de 1996, mas não teve sucesso. Na Indy500 de 2002, aos 38 anos de idade, Harrington teve uma última chance de obter vaga no grid, mas também não obteve êxito. Após o fracasso, disputaria ainda a etapa de Michigan antes de sua aposentadoria das pistas. Desde então, Harrington trabalha como um coach de pilotos.[1]

Referências

  1. «Scott Harrington». Driver's Edge. Consultado em 27 de maio de 2013 
  Este artigo sobre automobilismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.