Abrir menu principal
Screamo
Concerto da banda americana Loma Prieta.
Origens estilísticas Emo
Hardcore punk
Post-hardcore
Noise
Contexto cultural Década de 1990, San Diego, Califórnia
Instrumentos típicos Bateria, Baixo, Guitarra, Vocal
Popularidade Média nos Estados Unidos. Baixa em outros países.
Formas derivadas Crunkcore
Formas regionais
Outros tópicos
Powerviolence

Screamo (também referido como skramz[1]) é um estilo agressivo do emo que surgiu no início dos anos 90 nos Estados Unidos, especialmente na cidade de San Diego, mas também houve bandas pioneiras na costa leste do país. O estilo caracteriza uma forma mais agressiva e caótica do emocore.[2] As canções muitas vezes variam muito em seus ritmos, sendo geralmente mais caótico e intercalando seções melódicas e suaves, algumas bandas como Alesana em On Frail Wings of Vanity and Wax conseguem manter a instrumentação melódica e típica do pós-hardcore e letras confessionais do emo, sem abrir mão dos gritos fry scream característicos do screamo, em contraste, outras bandas como Loma Prieta, Orchid e Saetia são mais caóticas e barulhentas, possuindo influências do noise rock e powerviolence. Embora não seja comum, algumas bandas de screamo podem utilizar técnicas de vocal gutural, embora este não tenha nada a ver com o hardcore e esteja mais relacionado ao metal extremo. As letras de screamo muitas vezes apresentam temas poéticos semelhantes aos que são apresentados no emo, como dor emocional e interesse romântico, outras vezes apresentando temas líricos mais atrelados ao hardcore, como política e direitos humanos.[2]

Alguns outros estilos estão relacionados com o screamo, incluindo: crunkcore, um estilo de crunk que utiliza as técnicas gritadas do screamo, e o nintendocore.

Índice

CaracterísticasEditar

 
Banda Alexisonfire durante um concerto em 2004.

O screamo utiliza instrumentação de hardcore típica, algumas vezes com influências do noise e powerviolence. O estilo geralmente é baseado no lado agressivo e caótico da cena pós-hardcore e emocore,[3] mas é notável por suas breves composições, execuções caóticas e vocais gritados (fry scream). As principais características do estilo são descritas pela Allmusic:[3]"Ele veio para ser a dinâmica forte/suave de ter um ou dois cantores que se alternam entre canto apaixonado e canto gritante e perturbado que caracteriza a maioria dos screamos. Estas vozes ficam muitas vezes em camadas, ou aparecem lado a lado entre os riffs de guitarra agressivos usados ​​para adicionar uma catarse exaustiva e emocional.'' Além das transições melódicas entre pesado e suave, o estilo também é caracterizado "por frequentes mudanças de andamento e dinâmica e de catarse libertação-tensão".[4] Os vocais gritados são usados "não de forma consistente, mas como uma espécie de elemento crescente, uma arma sônica para ser trotada quando a música e as letras chegam a um campo emocional particular."[4] Alguns consideram o screamo como uma ponte entre o hardcore punk e o emo.

 
Jayson Green e Jeffrey Salane (ao fundo) da banda americana Orchid, considerada uma das pioneiras do Screamo.

Álbuns que representam o estiloEditar

Referências

  1. «The History of Metalcore/Screamo». MetalSucks. 7 de junho de 2010. Consultado em 18 de janeiro de 2018 
  2. a b Jason Heller, "Feast of Reason". Denver Westword, June 20, 2002. [1] Access date: June 15, 2008
  3. a b «Explore style: Screamo». 2010. Consultado em 12 de janeiro de 2015. Cópia arquivada em 17 de outubro de 2010 
  4. a b Henderson, Alex. «Let It Enfold You - Senses Fail». AllMusic. Consultado em 31 de dezembro de 2013 

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar


  Este artigo sobre música é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.