Abrir menu principal

Secretaria Nacional de Economia Solidária

A Secretaria Nacional de Economia Solidária - SENAES foi criada em 2003 pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Após a eleição de Lula em 2002, os movimentos sociais organizados em torno da Economia Solidária, propuseram a criação da SENAES indicando o nome do professor Paul Singer para secretário.[1] A secretaria foi criada no âmbito do Ministério do Trabalho e Emprego e fomenta por todo o país a geração de trabalho e renda através de uma forma diferenciada de organização do trabalho, a Economia Solidária,[2] na tentativa de evitar grandes desigualdades de políticas neoliberais.

Há uma parceria do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social e a SENAES que reconhece e divulga ações que empreendedores fazem para auxiliar nesta inclusão, resultando em um prêmio.[3]

Referências

  1. Nascimento, Luciano. «Economia solidária é alternativa à exclusão social do capitalismo». Rede Brasil Atual 
  2. «Decreto nº 5.811, de 21 de junho 2006.». 21 de junho de 2006. Consultado em 4 de maio de 2015 
  3. «PRÊMIO QUER DESTACAR BOAS PRÁTICAS EM ECONOMIA SOLIDÁRIA». Fundação FEAC. 31 de janeiro de 2015. Consultado em 4 de maio de 2015 

Ligações externasEditar

Sítio oficial

  Este artigo sobre economia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.