Sedição de Juazeiro (minissérie)

Sedição de Juazeiro é uma minissérie brasileira produzida para a rede pública de televisão cearense, dividida em 4 capítulos, do gênero guerra, baseada no confronto ocorrido em 1914 entre as oligarquias cearenses e o governo federal, e lançada no dia 22 de Agosto de 2012 no Cine-Teatro João Frederico Ferreira Gomes, anexo II da Assembleia Legislativa do Estado do Ceará.[1]

Sedição de Juazeiro
 Brasil
2012 •  cor •  140 min 
Direção Daniell Abrew
Produção Daniell Abrew, Jeanne Feijão
Produção executiva Ângela Tavares, José Liberato Barrozo Filho, Marina Abifadel
Roteiro Jonas Luis da Silva, de Icapuí
Elenco Magno Carvalho, Ary Sherlock, Alcântara Costa, Angelim de Icó, Aldo Anísio, Fernando Cattony, Enrique Patrícius, Jean Nogueira
Gênero minissérie, guerra
Lançamento 22 de Agosto de 2012
Idioma português
Orçamento R$ 187.548,11

Aprovada pela CEIC, Comissão Estadual de Incentivo à Cultura, através do I Edital Mecenas do Ceará 2008, foi produzida pelas produtoras JLS Internet Connection e Laser Vídeo em parceria com a APEC, Associação de Estudos e Pesquisa Técnico-Científica, entidade sem fins lucrativos, ligada à UNIGRANDE, Centro Universitário da Grande Fortaleza.[2]

SinopseEditar

Na segunda década do século XX, declara-se uma dualidade de poderes legislativos no Estado do Ceará. Tropas são enviadas de Fortaleza pelo governador Franco Rabelo para Juazeiro do Norte. Padre Cícero, Floro Bartolomeu e seus soldados esperam o ataque. O governo central decreta a intervenção federal no Ceará. Trinfa a Sedição de Juazeiro, a guerra de 1914.[3]

ElencoEditar

Ator/Atriz Personagem
Magno Carvalho Floro Bartolomeu
Ary Sherlock Padre Cícero
Alcântara Costa José de Borba
Angelim de Icó Ladislau
Aldo Anísio J. da Penha
Fernando Cattony Franco Rabelo
Enrique Patrícius Coronel Alípio
Jean Nogueira Pedro Silvino

Ver tambémEditar

Referências