Sei donne per l'assassino

filme de 1964 dirigido por Mario Bava

Sei donne per l'assassino (br Seis Mulheres para o Assassino) é um filme teuto-franco-italiano[2] de 1964, dos gêneros mistério, horror e suspense, dirigido por Mario Bava. Foi o primeiro filme do estilo giallo.[3]

Sei donne per l'Assassino
Seis Mulheres para o Assassino[1] (BRA)
 Itália
 Alemanha Ocidental
 França
1964 •  cor •  88 min 
Direção Mario Bava
Produção Alfredo Mirabile
Máximo Patrizi
Roteiro Giuseppe Barilla
Marcello Fondato
Mario Bava
Elenco Cameron Mitchell
Eva Bartok
Thomas Reiner
Ariana Gorini
Mary Arden
Género terror, mistério, thriller
Música Carlo Rustichelli
Lançamento 14 de março de 1964
Idioma italiano

SinopseEditar

Isabella (Francesca Ungaro), uma jovem modelo, é assassinada por uma misteriosa figura mascarada em um ateliê de moda pertencente a Condessa Cristiana (Eva Bartok). Após o crime, o diário da vítima, contendo informações que poderiam levar ao assassino, desaparece. O mascarado passa então a matar todas as modelos da casa para encontrar o diário.

ElencoEditar

Referências

  1. Seis Mulheres para o Assassino no CinePlayers (Brasil)
  2. Sei donne per l'assassino no AllMovie (em inglês)
  3. Alberto Pezzotta. Mario Bava. Milano, Il Castoro Cinema, 1995.
  Este artigo sobre um filme do cinema italiano é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.