Abrir menu principal

Seleção Kuwaitiana de Futebol

Kuwait
Kuwait Football Association.png
Alcunhas?  Al Azraq (Os Azul)
Associação الإتحاد الكويتي لكرة القدم
Confederação AFC (Ásia)
Material desportivo?  Alemanha Uhlsport
Treinador Croácia Romeo Jozak
Capitão Mesaed Neda
Mais participações Bashar Abdullah (134)
Melhor artilheiro Bashar Abdullah (75)
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
editar

A Seleção Kuwaitiana de Futebol representa o Kuwait nas competições de futebol da FIFA. Manda seus jogos no Estádio Nacional de Kuwait e já participaram de uma Copa do Mundo em 1982. É filiada a FIFA desde 1952.

A seleção já conseguiu manter-se invicta durante nove anos, de 1970 até 1979.

HistóriaEditar

O futebol chegou ao país depois que empresários kuwaitianos viajaram à Índia e tiveram contato com o esporte.[2]

Os anos 1970 e 1980 e apresentaram-se como a melhor época do futebol do Kuwait: conquistaram a Copa do Golfo seis vezes e em 1980 o país conquistou a Copa da Ásia, o maior título de sua história. Ainda em 1980, disputou pela primeira vez as Olimpíadas. Também pela primeira vez disputou a Copa do Mundo, em 1982.

Suspensões temporáriasEditar

Em 30 de outubro de 2007, a seleção foi proibida pela FIFA de participar de qualquer competição devido à interferências do governo na federação de futebol do Kuwait. A suspensão, no entanto, durou menos de duas semanas.

Em 24 de outubro de 2008 a seleção é novamente punida devido à falha em realizar as eleições da assembléia geral. A suspensão chegou ao fim em dezembro de 2008.

Copa do Mundo de 1982Editar

Em um grupo difícil, a seleção do Kuwait foi eliminada na primeira fase. Entretanto, a participação do Kuwait em sua única copa é lembrada pelo fato ocorrido no jogo contra a França.

O então príncipe do Kuwait, Fahad Al-Sabah, ficou revoltado ao ver sua seleção sofrer o que seria o quarto gol (a partida estava 3 - 1 para a França), marcado em suposto impedimento pelo atacante francês Girésse.

All-Sabah invadiu o campo e foi tirar satisfação com o árbritro. Surpreendentemente conseguiu o que queria: o gol fora anulado.

No dia seguinte, ainda não contente, acusou a FIFA de ser dominada pela Máfia e acabou sendo punido pela entidade com multa de 11 mil dólares.

Partidas na Copa:

Treinadores brasileirosEditar

Já teve como treinador os campeões mundiais Mário Jorge Zagallo (entre 1976 e 1978), Carlos Alberto Parreira (entre 1978 e 1982), Antônio Lopes dos Santos (campeão como coordenador técnico em 2002; atuou no Kuwait entre 1983 a 1985), Luiz Felipe Scolari (em 1990) e Otacílio Gonçalves (1989-1990}[3]

Desempenho em Copas do MundoEditar

  • 1930 a 1970 - não disputou
  • 1974 a 1978 - não se qualificou
  • 1982 - qualificada - eliminada na primeira fase
  • 1986 a 2018 - não se qualificou

Desempenho em Copas da ÁsiaEditar

  • 1956 a 1964 - não disputou
  • 1968 - Retirado
  • 1972 - Eliminada na primeira fase
  • 1976 - Segundo Colocado
  • 1980 - Campeão
  • 1984 - Terceiro Colocado
  • 1988 - Eliminada na primeira fase
  • 1992 - Não se qualificou
  • 1996 - Quarto Colocado
  • 2000 - Eliminado nas quartas de final
  • 2004 - Eliminada na primeira fase
  • 2007 - não se qualificou
  • 2011 - Eliminado na primeira fase
  • 2015 - Eliminada na primeira fase
  • 2019 - Desqualificado

TítulosEditar

Continentais
Competição Títulos Anos
  Copa da Ásia 1 1980

Ver tambémEditar

Referências

  1. a b c FIFA.com (novembro de 2015). «Ranking Mundial da FIFA/Coca-Cola». Consultado em 11 de novembro de 2015 
  2. terra[1]
  3. Técnicos brasileiros que atuaram em seleções estrangeiras Rec.Sport.Soccer Statistics Foundation and RSSSF Brazil
  Este artigo sobre futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.