Abrir menu principal

Seleção Neerlandesa de Rugby Union

A Seleção Neerlandesa de Rugby Union é a equipe que representa os Países Baixos em competições internacionais de Rugby Union.

Países Baixos
Flag of the Netherlands.svg
Confederação Nederlandse Rugby Bond
Apelido(s) Oranje
Técnico Gareth Gilbert
Primeiro jogo internacional
Flag of the Netherlands.svg Países Baixos 0 - 6 Flag of Belgium.svg Bélgica [1]

(1 de julho de 1930)

Maior vitória
Flag of the Netherlands.svg Países Baixos 62 - 0 Dinamarca Dinamarca[1]

(6 de outubro de 1973)

Pior derrota
Flag of England.svg Inglaterra 110 - 0 Flag of the Netherlands.svg Países Baixos [1]

(14 de novembro de 1998)

Copa do Mundo
Aparições 0 (Primeira vez em -)
Melhor resultado -

Índice

HistóriaEditar

Os Países Baixos jogaram as eliminatórias para a Copa do Mundo de Rugby Union de 1991. Na primeira fase, derrotou a Alemanha Ocidental por 12 a 6. Na segunda fase, derrotou Portugal por 32 a 3. Na fase seguinte, derrotou a Polônia e a Bélgica, e sofreu sua primeira derrota, contra a Espanha.

Os neerlandeses chegaram na última fase como heróis, já que conseguiram passar por todas as fases, diferente da Espanha que entrou na 3ª fase e da Romênia e Itália, que entraram direto na última fase, mas não aguentou a superioridade dos rivais, e perdeu os seus três jogos. Nas eliminatórias da Copa de 1995, ganhou todos os jogos da primeira fase, contra República Tcheca, Suécia e Israel, mas na segunda fase foi derrotada pela Itália que conseguiu chegar a mais uma Copa do Mundo.

Após isso, os Países Baixos voltaram a jogar mais uma eliminatória em 1997, quando derrotou a Ucrânia, Polônia e Bélgica, mas após perder para a Inglaterra a para a Itália, precisou jogar a repescagem, mas perdeu para a Coreia do Sul no placar agregado de 108 a 45. Em 2002, entrou direto na terceira fase, mas perdeu para a Rússia e para a República Tcheca, e ficou fora da Copa do Mundo de Rugby Union de 2003.

Para se classificar para a Copa de 2007, disputou as eliminatórias no grupo A da terceira fase, mas caiu diante da Espanha e da Moldávia, ficando fora do mundial do ano seguinte. No Torneio Europeu das Nações, jogou a divisão 2B, vencendo todos os seus jogos, contra a Suécia, Malta, Croácia e Letônia, mas caiu na segunda fase diante da surpreendente Lituânia.

ConfrontosEditar

Registro de confrontos contra outras seleções[1]

Adversário Jogos Vitórias Empates Derrotas Pontos feitos Pontos sofridos Aproveitamento (%)
  Alemanha 14 6 0 8 175 220 42,8%
  Alemanha Ocidental 28 9 1 18 279 481 33,9%
  Alemanha Oriental 2 1 0 1 20 35 50%
  Andorra 3 3 0 0 140 116 100%
  Bélgica 43 18 4 21 421 499 46,5%
  Bulgária 1 1 0 0 45 10 100%
  Croácia 2 2 0 0 47 19 100%
  Checoslováquia 7 2 0 5 88 99 28,5%
  Coreia do Sul 2 1 0 1 45 108 50%
  Dinamarca 10 9 0 1 311 57 90%
  Espanha 14 0 1 13 107 394 3,5%
  Geórgia 4 1 0 3 64 164 25%
  Hong Kong 1 0 1 0 0 0 50%
  Inglaterra 1 0 0 1 0 110 0%
  Israel 1 1 0 0 56 0 100%
  Itália 4 0 0 4 27 178 0%
  Japão 4 0 0 4 15 13 100%
  Letônia 3 3 0 0 134 23 100%
  Lituânia 2 1 0 1 54 17 50%
  Malta 1 1 0 0 27 9 100%
  Marrocos 7 3 0 4 88 111 42,86%
  Moldávia 3 1 0 2 77 85 33,3%
  Polônia 19 6 2 11 273 311 36,4%
  Portugal 12 1 3 8 141 229 29,1%
  República Tcheca 5 3 0 2 136 91 60%
  Romênia 8 0 1 7 49 299 6,25%
  Rússia 4 0 0 4 39 208 0%
  Sérvia e Montenegro 6 4 0 2 93 40 66,6%
  Suécia 19 18 0 1 444 186 94,74%
  Suíça 2 2 0 0 47 22 100%
  Tunísia 5 4 0 1 86 53 80%
  Ucrânia 4 1 0 3 71 88 25%
  Uganda 1 1 0 0 42 0 100%
Total 243 103 13 126 3641 4275 45,06%

Referências

Ligações externasEditar