Seleção Quirguiz de Futebol

A Seleção Quirguiz de Futebol representa o Quirguistão nas competições de futebol da FIFA.

Quirguistão
Football Federation of the Kyrgyzstan Republic.png
Alcunhas?  Falcões Brancos
Associação Federação de Futebol da República Quirguiz
Confederação AFC
Material desportivo?  Espanha Joma
Treinador Rússia Aleksandr Krestinin
Capitão Azamat Baymatov
Mais participações Vadim Harchenko (54)
Melhor artilheiro Anton Zemlianukhin (12)
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
editar

HistóriaEditar

Com a dissolução da URSS, em 1991, o Quirguistão faria sua primeira partida internacional no ano seguinte, contra o Uzbequistão, válido pelo Torneio da Ásia Central. O jogo terminou em 3 a 0 para os uzbeques.

Nos anos seguintes, a equipe colecionaria apenas derrotas e empates. As piores derrotas neste período foram um 6 a 2 para o Uzbequistão e um 5 a 1 favorável ao Turcomenistão. Em 13 de junho de 1997, o Quirguistão sofreria sua mais dura derrota na história: um 7 a 0 para o Irã, em partida realizada na cidade de Damasco, na Síria. Ironicamente, sua mais expressiva vitória ocorreria nove dias antes: 6 a 0 frente as Maldivas.

Durante a passagem de Sergey Dvoryankov, o Quirguistão utilizou jogadores naturalizados para melhorar o desempenho (os ganeses David Tetteh, Elijah Ari e Daniel Tagoe, o camaronês Claude Maka Kum e os alemães de origem quirguiz Viktor Maier, Vitalij Lux, Viktor Kelm e Edgar Bernhardt).

Nunca disputou uma Copa do Mundo, e até a edição 2019 da Copa da Ásia, jamais classificou-se para o torneio, que foi realizado nos Emirados Árabes Unidos. Comandado pelo russo Aleksandr Krestinin e juntamente com China, Coreia do Sul e Filipinas, o Quirguistão foi o segundo colocado entre os melhores terceiros de cada grupo (atrás apenas do Bahrein) e quase obteve uma classificação histórica para as quartas-de-final, mas foi eliminado pela seleção anfitriã por 3 a 2 - mandou inclusive 3 bolas na trave, uma delas a 15 segundos do apito final.[2] Vitalij Lux foi o artilheiro quirguiz na Copa da Ásia, com 3 gols (na primeira fase, e todos feitos contra as Filipinas).

Até então, sua única competição oficial foi a ELF Cup de 2006, mas o time enviado pelos quirguizes era, na verdade, de futsal.

Elenco atualEditar

9 novembro 2019 amistoso contra   Usbequistão Data da partida: 14 e 19 de novembro de 2019 Oposição:   Japão e   Tajiquistão

Competição: Eliminatória para Copa do Mundo 2022.

Atualizado até 01 de abril

Nome Posição Clube
Matiash Goleiro   Alga Bishkek
Kadyrbekov Goleiro   Dordoi Bishkek
Kashuba Goleiro   Dordoi Bishkek
Kichin Defesa   Torpedo Moscou
Kozubaev Defesa   Persita Tangerang
Iusupov Defesa   Dordoi Bishkek
Akmatov Defesa   Alga Bishkek
Maier Defesa   Wiedenbrück
Baimatov Defesa   Kuala Lumpur
Mishchenko Defesa   Dordoi Bishkek
Uramov Defesa   Neftchi Kochkor-Ata
Tagoe Defesa   Shan United
Alykulov Médio   FC Kairat
Bernhardt Médio   Dhaka Abahani
Sagynbaev Médio   Dordoi Bishkek
Abdurakhmanov Médio   Alay
Akhmedov Médio   Saif SC
Uulu Médio   Dordoi Bishkek
Duyshobekov Médio   Bashundhara Kings
Musabekov Médio   Dordoi Bishkek
Shukurov Médio   Boluspor
Murzaev Avançado   Dordoi Bishkek
Lux Avançado   SSV Ulm 1846
Aleksandr Krestinin Treinador

TreinadoresEditar

Nome Duração do cargo Jogos Vitórias Empates Derrotas Títulos
  Meklis Koshaliyev 1992–1996 15 1 3 11
  Yevgeniy Novikov 1997–2001 19 4 14 1
  Nematjan Zakirov 2003–2005 12 4 2 6
  Boris Podkorytov 2006 6 3 0 3
  Nematjan Zakirov 2007–2008 12 4 0 8
  Anarbek Ormonbekov 2009–2011 13 3 3 7
  Marat Jumakeev 2011–2012 2 0 0 2
  Sergey Dvoryankov 2012–2014 6 3 1 2
  Mirlan Eshenov (interino) 2014 3 0 0 3
  Aleksandr Krestinin 2014– 23 11 4 8 47,83

RecordesEditar

Em negrito, os jogadores que estão ainda em atividade pela Seleção Quirguiz.

Ver tambémEditar

Referências

  1. a b Erro de citação: Etiqueta <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs de nome ref_fifa_rank_masc
  2. «Com três bolas na trave, o Quirguistão quase provocou uma surpresa histórica na Copa da Ásia». Trivela. 21 de janeiro de 2019. Consultado em 21 de janeiro de 2019