Abrir menu principal

Seleção de Taipé Chinês de Futebol

Taipé Chinês
Chinese Taipei Football Association.png
Alcunhas?  Os Azuis-Brancos
Associação 中華民國足球協會
Confederação AFC
Material desportivo?  República da China ANGO
Treinador Inglaterra Louis Lancaster
Capitão Chen Po-liang
Mais participações Chen Po-liang (70)
Melhor artilheiro Chen Po-liang (25)
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
editar

A Seleção de Taipé Chinês de Futebol representa a República da China (também conhecida como Formosa ou Taiwan) nas competições de futebol da FIFA. Taipé Chinês é a designação utilizada pela FIFA para evitar conflitos políticos com a República Popular da China (representada pela Seleção Chinesa de Futebol), que não se opõe à participação de Taipé com sua identidade própria em eventos esportivos, políticos e econômicos; mas exige, entretanto, que fique claro que ainda considera o território como parte do país.[2]

Fundada em 1924, filiou-se à FIFA em 1954.

Índice

História conturbadaEditar

Apesar da prosperidade econômica, desenvolver o futebol em um país que ainda luta pelo reconhecimento de sua identidade nacional torna as coisas mais difíceis. A própria história da seleção nacional de futebol também faz parte dos problemas diplomáticos com a China. Em 1924, foi fundada a Associação Chinesa de Futebol, sob o antigo regime nacionalista. Entretanto, com a guerra civil que levou os comunistas ao poder, a federação se mudou para Taipé. O surgimento de uma nova entidade na China continental não impediu que a antiga (Taipé) mantivesse o nome original, afiliando-se à Fifa em 1954 como representante do país. Um ano depois, ajudou a fundar a Confederação Asiática de Futebol.

Entretanto, a associação de futebol criada pela República Popular da China passou a reivindicar o direito de representar o país no futebol, e começaram os desentendimentos.[2] Em 1973, a Associação de Futebol de Taipé foi expulsa da AFC e passou a jogar pela OFC, de onde também seria excluída posteriormente. O problema só foi resolvido quando, a Fifa decidiu rebatizá-la de Associação de Futebol de Taipé Chinês.

Passado, presente e perspectivas futurasEditar

Os anos 50 e 60 foram os mais badalados para o futebol de Taipé, quando o futebol no continente era pouco popular e Taipé ainda se considerava a verdadeira seleção chinesa. Conquistou duas vezes o título dos Jogos Asiáticos e disputou as Olimpíadas de Roma, em 1960. Na Copa da Ásia do mesmo ano, realizada na Coréia do Sul, terminou em terceiro lugar.

Apesar de apresentar um início promissor, o futebol em Taipé não resistiu à instabilidade política. Com a expulsão da AFC na década de 70, a federação perdeu anos lutando para entrar em campo. E quando conseguiu, o nível do esporte nos países vizinhos já havia evoluído muito.

Ao menos, esforços têm sido feitos para melhorar o quadro: após a primeira participação em Eliminatórias, em 1982, e embora os esportes preferidos da ilha sejam Basquetebol e Beisebol o interesse popular pelo futebol aumentou e uma liga foi fundada em 1983. Até hoje, o campeonato nacional é semi-amador, mas foi reestruturado em 2004 e recebeu patrocínio. Os resultados, ainda que tímidos, começaram a aparecer: antes constante saco de pancadas, começa a vencer algumas partidas qualificatórias.

Há esperança de que novos investimentos para o futebol possam surgir, devido à abertura político-econômica que levou o país ao status de novo tigre asiático.

Desempenho em Copas do MundoEditar

  • 1930 a 1950 - não disputou
  • 1954 e 1958 - retirou-se
  • 1962 a 1978 - não disputou
  • 1982 a 2018 - não se qualificou

Referências

  1. a b c FIFA.com (novembro de 2015). «Ranking Mundial da FIFA/Coca-Cola». Consultado em 11 de novembro de 2015 
  2. a b Trivela.com

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.