Abrir menu principal

Sem Saída (reality show)

Sem Saída
Captive
Informação geral
Formato Reality show
Gênero Entretenimento
Criador(es) FOX
País de origem  Nova Zelândia
Idioma original português
Produção
Diretor(es) Ângelo Ribeiro
Rita Fonseca
Produtor(es) Flávia da Matta
Apresentador(es) Márcio Garcia
Exibição
Emissora de televisão original Brasil RecordTV
Transmissão original 15 de agosto de 200412 de dezembro de 2004
N.º de temporadas 1

O Sem Saída foi um reality show produzido pela RecordTV, em 2004. Foi uma versão do programa Captive, exibido na Nova Zelândia e criado pela FOX.[1] Foi o primeiro reality show exibido pela Record.[2] Combinava elementos de reality de confinamento com elementos de game show.[3] Foi extinto no mesmo ano e nunca mais voltou à programação da emissora. Márcio Garcia rescindiu contrato em 2008 após a grade do canal sofrer uma reformulação.

ProduçãoEditar

A FOX via o Sem Saída como um teste para lançar o formato em outros países, principalmente latinos. Por isso, acompanhou todo o processo de pré-produção da versão brasileira. [1] Em Novembro de 2004, Ângelo Ribeiro deixou a direção do Sem Saída e se transferiu para o Domingo Espetacular. Em seu lugar, Rita Fonseca passou a dirigir o reality. [4] Márcio Garcia, Otaviano Costa e Edgard Piccoli fizeram testes para comandar o programa, sendo que o primeiro foi aprovado.[5][2] A apresentação era feita era feita em uma área externa à "casa" e o contato entre Márcio Garcia e os participantes acontecia diariamente nos momentos de competição.[3]

O programaEditar

Estreou na Rede Record no dia 15 de agosto de 2004, após o Domingo Espetacular.[6] Era uma aposta da emissora em uma época em que programas do mesmo gênero estavam tendo grande repercussão em emissoras concorrentes. [2] O programa era exibido diariamente às 21h15. Cinco participantes eram confinados em uma casa estilo loft construída dentro das dependências da Record. Diferente de outros realities do gênero, a casa não possuía área externa, nem a realização de festas internas. Havia, no entanto, a visita de convidados dentro da casa durante o período de confinamento. Também não havia a votação do público para eliminação dos participantes; eles se auto eliminavam de acordo com seu desempenho no jogo. Sempre que um participante era eliminado, entrava outro em seu lugar. Desta forma, a casa sempre permanecia com cinco participantes confinados. [3]

A cada dia, uma prova física era realizada e o vencedor ganhava uma caixa com materiais de estudo. O detentor dessa caixa poderia decidir se compartilharia com todo o grupo, com alguns participantes ou se a usaria exclusivamente para si. Ela servia como ajuda para as perguntas realizadas ao final de cada dia. Perguntas de conhecimentos gerais, relacionadas a Record e até informações sobre o que acontecia dentro do confinamento eram feitas aos participantes. Quem acertasse, ganhava o direito de "roubar" parte do dinheiro de algum concorrente, enquanto que quem errasse perdia parte do próprio saldo. Após o término de todas as rodadas, o vencedor deveria decidir se sairia do programa com o montante acumulado ou se permaneceria no jogo em busca de um prêmio maior. Quem obtivesse o pior desempenho era automaticamente eliminado do jogo, sendo substituído por um novo participante que entrava na casa logo em seguida. [1]

PrêmiosEditar

Ao entrar no jogo cada participante ganhava dois mil reais. Durante a realização das perguntas, eles podiam aumentar ou diminuir esse saldo, sendo que a única forma de ganhar mais era tirando dos adversários. O participante ia acumulando mais dinheiro conforme permanecia na casa, não havendo limite de valor a ser alcançado. Além de dinheiro, eram realizadas provas em que os participantes também podiam ganhar prêmios como carros. [2] [3]

ParticipantesEditar

Com intensa rotatividade de participantes, a casa sempre contava com cinco participantes confinados, todos anônimos. Quem quisesse participar do programa poderia se inscrever através do site do programa. A emissora recebeu mais de 20 mil inscrições pela internet e antes da estreia foram pré-selecionados 200 participantes que possuíam o perfil buscado para a atração. [1] Todos de São Paulo, os participantes da estreia foram:

  • Caio Duarte
  • Giuliana Abrita
  • Marcelo Nascimento
  • Patrícia Bedim (primeira eliminada, substituída por Claudivânia da Silva)[7][8]
  • Sonia Furtado
  • Simone Harumi

AudiênciaEditar

O programa estreou com média de 6 pontos na Grande São Paulo. O programa teve média geral de 5 pontos. [7] [9]

Ligações ExternasEditar

Referências