Abrir menu principal
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde março de 2019). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

A conhecida Semana Trágica foi uma série de motins que tiveram lugar em Buenos Aires em janeiro de 1919 que foram suprimidos por grupos paramilitares, que deixou 700 mortos e 4.000 feridos, 70 dos quais pertenciam à comunidade judaica local. Por isso, é também conhecida como "o primeiro pogrom na América Latina".

Na época, a chamada revolução social do pensamento revolucionário socialista e anarquista chegou às margens do Rio da Prata pelas mãos da imigração europeia. As experiências recentes da Revolução Mexicana e da Revolução Russa também foram vistas como um incentivo para os trabalhadores e uma ameaça pelas classes dominantes. Simultaneamente, havia em Buenos Aires um incipiente processo de industrialização em paralelo com o modelo agro-exportador vigente, o que permitiu a formação de um proletariado da cidade.

Referências

Ligações externasEditar


  Este artigo sobre História ou um(a) historiador(a) é um esboço relacionado ao Projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.