Sergey Grankin

jogador de voleibol russo

Sergey Grankin (Kislovodsk, 21 de janeiro de 1985) é um jogador de voleibol russo que atua na posição de levantador.

Sergey Grankin
Informações pessoais
Nome completo Sergey Grankin
Modalidade Voleibol
Nascimento 21 de janeiro de 1985 (38 anos)
Kislovodsk, Rússia
Nacionalidade russo
Compleição Peso: 96 kg • Altura: 1,96 m
Posição Levantador
Nível Profissional
Clube Fakel Novy Urengoy
Medalhas
Competidor da Rússia
Jogos Olímpicos
Ouro Londres 2012 Equipe
Bronze Pequim 2008 Equipe
Liga Mundial
Ouro Gdansk 2011 Equipe
Ouro Mar del Plata 2013 Equipe
Prata Córdoba 2010 Equipe
Prata Katowice 2007 Equipe
Bronze Moscou 2006 Equipe
Bronze Rio de Janeiro 2008 Equipe
Bronze Belgrado 2009 Equipe
Copa do Mundo
Prata Japão 2007 Equipe
Copa dos Campeões
Prata Japão 2013 Equipe
Campeonato Europeu
Ouro Dinamarca-Polônia 2013 Equipe
Ouro Polônia 2017 Equipe

CarreiraEditar

ClubesEditar

Grankin começou a jogar voleibol aos 7 anos de idade. Começou a jogar profissionalmente pelo FC Neftyanik Yaroslavl, onde atuou de 2002 a 2005. Conquistou seu primeiro título do Campeonato Russo na temporada 2007–08, pelo Dímano Moscou. Em 2017 rescindiu seu contrato com o Dínamo para atuar pelo Belogorie Belgorod por uma temporada.[1] Com o novo clube, o levantador conquistou o título da Taça CEV de 2017–18.

Em 2018 assinou contrato com o Berlin Recycling Volleys, sendo a primeira experiência do jogador fora do voleibol russo.[2] Após atuar por quatro anos no voleibol alemão, por onde conquistou conquistou três títulos do Campeonato Alemão, uma Copa da Alemanha e três da Supercopa Polonesa, o levantador voltou ao seu país natal após fechar com o Fakel Novy Urengoy.[3]

SeleçãoEditar

Grankin fez sua estreia na seleção adulta russa em 2006. Conquistou o 3º lugar na Liga Mundial de 2006, que ocorreu em Moscou. Competiu nos Jogos Olímpicos de Verão de 2008, quando a Rússia conquistou a medalha de bronze, e também nos Jogos de 2012, em Londres, onde obteve a medalha de ouro após derrotar a seleção brasileira no tie-break.[4] Nos Jogos Olímpicos Rio 2016, ficou na 4ª colocação após perder a disputa da medalha de bronze para a seleção norte-americana.[5][6] No ano seguinte conquistou seu segundo título europeu após derrotar a seleção alemã no Campeonato Europeu de 2017.

TítulosEditar

Dímano Moscou
Berlin Recycling Volleys

ClubesEditar

Anos Clube
2002–2005   Neftyanik Yaroslavl
2005–2006   Luch Moscow
2006–2017   Dímano Moscou
2017–2018   Belogorie Belgorod
2018–2019   Dímano Moscou
2019–2022   Berlin Recycling Volleys
2022–   Fakel Novy Urengoy

Referências

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Sergey Grankin