Abrir menu principal
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde Fevereiro de 2014). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Sesóstris III
Faraó
Busto de Sesóstris III no Museu Calouste Gulbenkian.
Reinado 1878 a.C.1839 a.C.
Antecessor(a) Sesóstris II
Sucessor(a) Amenemés III
Nascimento 31 de agosto de 12
  Anzio
Morte 24 de janeiro de 41 (28 anos)
Pai Sesóstris II


Khakaura Senuseret III [1] (do egípcio «o homem da deusa Useret», também conhecido pela sua versão grecizada de Sesóstris III) [carece de fontes?] foi o quinto faraó da XII dinastia do Egito, cujo reinado (de 1862 a.C. a 1844 a.C.)[1] marca o apogeu do Império Médio. É muito conhecido do público devido ao elevado número de estátuas realistas que o representam e que provavelmente tentam mostrar o rei como alguém que levava o governo muito a sério, um governante sábio e cauteloso, verdadeiramente preocupado em manter o rigor da realeza.[carece de fontes?] Foi antecedido por Sesóstris II e sucedido por Amenemés III.[1]

Recordado como um faraó muito interessado pelo aspecto militar, especialmente as suas actividades na Núbia mostram o seu interesse em alargar o poder do Antigo Egito e em proteger as suas fronteiras. Grande parte da riqueza que conseguiu nas suas campanhas na Núbia foi destinada à construção de templos no Egito. Em Tebas mandou construir um sofisticado templo que há muito foi destruído e era dedicado ao deus Montu, o senhor da guerra do Antigo Egito e protector da Tebaida.

Referências

  1. a b c Jona Lendering, Egyptian Pharaohs [em linha]
Precedido por
Sesóstris II
Faraó
XII Dinastia
Sucedido por
Amenemés III
  Este artigo sobre um Faraó é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.