Sete Pecados

telenovela brasileira produzida e exibida pela Rede Globo

Sete Pecados[nota 1] é uma telenovela brasileira produzida pela TV Globo e transmitida originalmente de 18 de junho de 2007 a 15 de fevereiro de 2008, em 208 capítulos, com o último capítulo reexibido no dia subsequente, 16 de fevereiro.[4] Substituiu Pé na Jaca e foi substituída por Beleza Pura, sendo a 72ª "novela das sete" exibida pela emissora.

Sete Pecados
Seven Sins (EN)[1]
Sete Pecados
Informação geral
Formato Telenovela
Gênero comédia dramática[3]
Duração 60 minutos
Criador(es) Walcyr Carrasco
Elenco
País de origem Brasil
Idioma original português
Episódios 208
Produção
Diretor(es) Jorge Fernando
Câmera multicâmera
Roteirista(s) Claudia Souto
André Ryoki
Tema de abertura "Carne e Osso", Zélia Duncan
Composto por Zélia Duncan
Paulinho Moska
Exibição
Emissora original TV Globo
Distribuição TV Globo
Formato de exibição 480i (SDTV)
Transmissão original 18 de junho de 2007 – 15 de fevereiro de 2008
Cronologia
Pé na Jaca
Beleza Pura

Escrita por Walcyr Carrasco, com colaboração de Claudia Souto e André Ryoki, teve direção de Pedro Vasconcelos e Fred Mayrink. A direção geral e de núcleo foram de Jorge Fernando.[4]

Contou com as atuações de Priscila Fantin, Reynaldo Gianecchini, Giovanna Antonelli, Paulo Betti, Cláudia Raia, Cláudia Jimenez, Elizabeth Savalla, Ary Fontoura e Nicette Bruno.[2]

Enredo editar

Inveja, soberba, ira, preguiça, gula, avareza e luxúria, os sete pecados capitais definem os personagens da novela. Mas eles também têm virtudes: humildade, caridade, paciência, diligência, generosidade, temperança e castidade. A história é narrada através desse jogo de opostos entre o bem e o mal.

Beatriz Ferraz (Priscila Fantin) é uma jovem mimada e rica, cuja vida é uma eterna busca por prazer. Do tipo que não se apega a nenhum homem, apaixona-se justamente por aquele que não cai em seu jogo de sedução, o taxista Dante (Reynaldo Gianecchini), homem simples, correto e honesto, que está enfrentando dificuldades financeiras, mas é muito feliz em seu casamento com a batalhadora doceira Clarice (Giovanna Antonelli), com quem tem dois filhos. Obcecada por aquele homem, que apesar de pobre, lhe despertara um misto de sentimentos, Beatriz resolve conquistar Dante e destruir seu casamento com Clarice.

Disposta a tudo para tê-lo em suas mãos, Beatriz procura a ajuda do guru Barão (Ailton Graça), homem misterioso ligado a uma sociedade secreta comandada pela ardilosa Ágatha Trindade (Cláudia Raia), uma ardilosa empresária. Beatriz oferece sua alma para conquistar Dante e o guru lhe diz que para isso, ela terá que transformá-lo, fazer com que ele escolha um outro caminho na vida. Para mudar, o rapaz deveria cometer os Sete Pecados Capitais, pois um pecado levaria a outro. Só assim ele deixaria seus princípios éticos e abandonaria a esposa e os filhos, por sua nova paixão. Mas no processo, Beatriz acabará se transformando, descobrindo suas próprias qualidades para ajudar Dante, cada vez que ela mesma o coloca em alguma confusão. Mas a maligna Ágatha e os membros da Sociedade Secreta têm um objetivo misterioso: ela tem contas a acertar com o milionário Flávio (Paulo Betti), pai de Beatriz, que desapareceu há muitos anos num acidente de avião, deixando toda a fortuna para a única filha, fortuna essa que interessa Ágatha. Para isso, tenta manipular Beatriz de todas as maneiras, e para conseguir o que quer, se aproveita da paixão desenfreada da moça por Dante. Como a vida de Beatriz corre perigo na Terra, as forças do bem são acionadas e Custódia (Cláudia Jimenez), anjo da guarda da jovem, é designada por seu superior, o Arcanjo Gabriel (Eric Marmo), para protegê-la de todos os perigos em que ela mesma se envolveu. Atrapalhada, Custódia não consegue impedir os impulsos de Beatriz e se envolve em uma série de confusões, apaixonado-se pelo DJ Adriano (Rodrigo Phavanello) durante sua missão.

O triângulo amoroso formado por Beatriz, Clarice e Dante afeta a vida de outras pessoas, entre eles Pedro (Sidney Sampaio), um inescrupuloso chef de cozinha que acaba se apaixonando pelas duas; a do irmão de Dante, o lutador Régis Ninja (Malvino Salvador), que vivem um racionamento conturbado com a cômica e sensual Elvira (Nívea Stelmann); e a de Rebeca (Elizabeth Savalla), a fútil mãe de Beatriz, que só se preocupa com a aparência. Já a doce Juju (Nicette Bruno), avó de Adriano, nunca esqueceu Romeu (Ary Fontoura), sua paixão da juventude, que se tornou um homem rico e amargurado desde então. Os dois acabam se reencontrando, mas precisam enfrentar vários percalços para reviverem esse amor puro, entre eles o preconceito de Teobaldo (Roberto Bataglin), o grosseiro filho dela, e as armações da falida Otília (Rosamaria Murtinho), irmã dele, que deseja herdar os bens de Romeu. Há ainda a história de Miriam (Gabriela Duarte), mulher batalhadora e prima de Elvira, que luta para dirigir uma escola repleta de dificuldades e alunos rebeldes. Ela acaba se apaixonando pelo professor de educação física Vicente (Marcello Novaes) e os dois lutam para adotarem Benta (Amanda Azevedo), menina doce e com poderes mediúnicos, protegendo-a das maldades de Simone (Samara Felippo), ex-namorada de Vicente, que faz de tudo para tê-lo de volta.

Elenco editar

Intérprete Personagem
Priscila Fantin Beatriz Ferraz Silvino (Bia)
Reynaldo Gianecchini Dante Florentino
Giovanna Antonelli Clarice da Silva Florentino
Paulo Betti Flávio Ferraz
Cláudia Raia Ágatha Trindade Ferraz
Cláudia Jimenez Arcanja Custódia Celestina
Elizabeth Savalla Rebeca Ferraz Silvino
Ary Fontoura Romeu Albuquerque
Nicette Bruno Julieta Verona (Juju)
Rodrigo Phavanello Adriano Verona
Rosamaria Murtinho Otília Albuquerque Viscondessa de Sant'anna
Gabriela Duarte Miriam Batista de Sousa Freitas
Marcello Novaes Vicente Freitas
Malvino Salvador Régis Batista Florentino (Régis Ninja)
Nívea Stelmann Elvira de Sousa Florentino
Ailton Graça Barão
Sidney Sampaio Pedro Teles
Samara Felippo Simone Duarte Lisboa
Marcelo Médici Antero Silvano / Zizi / Chong Xing / Tião
Mel Lisboa Carla da Silva
Ana Lúcia Torre Arcanja Guilhermina
Erik Marmo Arcanjo Gabriel
Márcia Cabrita Detetive Eudóxia Fagundes
Juan Alba Rodolfo Albuquerque de Sant'anna
Roberto Bataglin Teobaldo Verona Alves
Suely Franco Agripina da Silva
Duda Nagle Ariel Silvino
Marisol Ribeiro Eliete Pereira
Max Fercondini Aquiles de Sousa
Thalma de Freitas Arcanja Berenice
Renata Castro Barbosa Adalgisa Aguiar
Ricardo Duque Marcelo
Marcelo Barros Azucrim
Marco Antonio Gimenez Vítor Albuquerque de Sant'anna
Rosanne Mulholland Daniela Ferraz Silvino
Isabel Fillardis Fátima
Ilya São Paulo Elias Aguiar
Rosane Gofman Néia
Zé Victor Castiel Perseu Botelho
Valéria Sândalo Minerva Botelho
Wagner Santisteban Ulisses Botelho
Carina Porto Irene Botelho
Rafael Zulu Leonardo Botelho Iverson
Rafael Calomeni Hércules
Kayky Brito Jonas Meira (Xongas)
Cecília Dassi Estela Alves Verona
Maria Regina Maura Silveira
Ary França Professor Lineu
Carlos Casagrande Investigador Amadeu Vianna (Carrapato)
Sérgio Fonta Delegado Renato
Flávio Migliaccio Nino de Sousa
Malu Valle Palma de Sousa
Lígia Cortez Amélia Alves Verona
Leilah Moreno Nalah
Ilva Niño Marli Pereira
Abrahão Farc Silas Aguiar
Hilda Rebello Corina Ferraz
Carla Diaz Regina Silveira (Gina)
Rafael Ciani Danilo Verona
Júlia Ruiz Márcia
Bruno Pereira Edu
Henri Pagnoncelli Dr. Reginaldo
Bruno Kimura Shiro San
Lena Roque Dóris Iverson
Amanda Azevedo Benta Nascimento da Silva Freitas
Marina Ruy Barbosa Isabel Florentino
Tiago Salomone Laerte da Silva Florentino
Danielle Robles Dilma
Gustavo Santos Ciro
Gabriel Moura Moacyr Alves Verona (Moa)

Participações especiais editar

Intérprete Personagem
Maria Zilda Bethlem Cíntia Alves
Cristiana Oliveira Drª. Margareth Cintra
Odilon Wagner Anselmo Silvino
John Herbert Schmidt
Bruno Giordano Anderson Duarte Lisboa
Sabrina Rosa Verônica Nascimento da Silva
Mário Gomes Amadeu Alves
Emiliano Ruschel Dorival
Darlan Cunha Sandro Batista
Victor Pecoraro Michelo
Caetano O'Maihlan Otávio Bilson
Íris Nascimento Antônia Nascimento
Arlete Heringer Marina Moliere
Betty Erthal Baronesa de Gandara
Ada Chaseliov Estefânia
Guilherme Piva Joílson
Ângela Leal Edith
Lupe Gigliotti Nair
Genézio de Barros Dr. Astolfo
Rafael Primot Dr. Sérgio
Pietro Mário Eurípedes
Alexandro Malvão Maciel
Francisco Fortes Juca
Wilson Rabello Jair
André Santinho Fred
Juliana Poggi Janaína
Maria Carolina Rebello Raquel
Rangel de Oliveira Inspetor Tito
Don Chagad Don
Gaspar Filho Ed Tavares
Rô Sant'anna Zilda
Maria Cristina Gatti Tutu
Ana Paula Bouzas Paula
Jaime Leibovitch anjo professor
Mário Cardoso advogado de Dante
Sandra Pêra carceireira
Susana Werner amiga de Elvira
Narjara Turetta enfermeira
Hélio Ribeiro advogado de Vicente
Simone Soares cliente de Clarice
Rubens Caribé decorador da Naraka
Clarisse Derzié Luz mãe de Xongas
Fátima Freire juíza no caso da guarda de Benta
Antônio Fragoso fiscal na casa de Otília
Edyr de Castro vendedora de barraquinhas do colégio
Popó ele mesmo[5]
Diego Hipolito ele mesmo[6]
Virgínia Lane ela mesma

Produção editar

 
As primeiras cenas da telenovela foram gravadas em Bariloche.

A trama foi aprovada em agosto de 2006, ainda sob o título de Chicletes e Delírios.[7] Em dezembro daquele ano foi mudado para Os Sete Pecados Capitais para expressar de forma mais clara a temática e, logo depois, reduzido para Sete Pecados para que não confundisse o público de que pudesse se tratar de um remake de Pecado Capital.[8] A novela marcou a estreia do autor Walcyr Carrasco no horário das 19 horas, uma vez que antes o autor havia consolidado diversos trabalhos na faixa das "novelas das seis".[9] Além dos próprios sete pecados capitais, a novela foi inspirada também pelo poema épico Divina Comédia, do escritor italiano Dante Alighieri, que fala do usufruto dos pecados e do contraste do bem e mal através dos estágios de passagem após a vida: purgatório, inferno ou paraíso.[10] O nome dos protagonistas, Dante e Beatriz, foram inspirados nos nomes do autor e da musa inspiradora de suas obras, Beatriz Portinari.[11][12]

Outra referência utilizada pelo autor foi o poema Fausto, do escritor alemão Johann Wolfgang von Goethe, que narra a história de um demônio que se compromete a corromper a alma de um jovem cheio de virtudes, fazendo-o experimentar os sete pecados, a mesma utilizada por Walcyr na trama de Beatriz em relação a Dante.[13] Os primeiros capítulos tiveram gravações feitas em Bariloche, na Argentina.[14] Em setembro de 2007 alguns atores gravaram cenas em Piracuruca, no Piauí, mais precisamente no Parque Nacional de Sete Cidades, um dos pontos turísticos da cidade.[15]

O logo da trama, estilizado como "Se7e" foi inspirado no filme estadunidense Se7en, de 1995.[16]

O autor decidiu que a personagem de Carla Diaz seria portadora de HIV positivo apenas no decorrer da novela, tendo a doença revelada no capítulo de 16 de outubro, abordando a partir de então o preconceito e a importância de se discutir o tema com os adolescentes.[17][18] Ao finalizar a novela, Walcyr Carrasco declarou que errou gravemente em ter incluído tantos personagens – cerca de 80 no elenco principal –, uma vez que não conseguiu dar ênfase em todos e muitos ficaram sem função real na história, dizendo que o correto seria ter desenvolvido uma trama enxuta com 40 a 50 personagens, como foi em Chocolate com Pimenta.[19]

Escolha do elenco editar

Originalmente Mariana Ximenes foi escalada para viver Beatriz, repetindo a parceria com o autor de Fascinação, A Padroeira e Chocolate com Pimenta, porém a atriz decidiu aceitar o convite para A Favorita no ano seguinte, passando o papel para Priscila Fantin.[20][21]

Flávia Alessandra foi convidada interpretar Clarice, porém a atriz queria um papel mais cômico e aceitou o convite para a novela anterior, Pé na Jaca e foi substituída por Giovanna Antonelli.[22]

Rita Guedes foi convidada pelo autor para interpretar Amélia, porém a atriz acabou sendo escalada antes para Eterna Magia, e a personagem foi para Lígia Cortez.[23]

Samara Felippo interpretou a terceira antagonista de sua carreira, sendo que Walcyr declarou que a intenção era desvencilhar a imagem da atriz da ingênua Celina, de Chocolate com Pimenta, o personagem de maior repercussão de sua carreira até então.[24]

Paulo Betti também entrou para dar vida ao suposto falecido pai de Beatriz, sendo incluído na trama a partir do capítulo 81, em 19 de setembro de 2007.[25]

Cristiana Oliveira entrou na novela em 9 de outubro para interpretar a advogada Margareth.[26]

Carlos Casagrande e Márcia Cabrita também foram incorporados na novela a partir de 30 de novembro, interpretando o Investigador Amadeu Vianna e a Detetive Eudóxia, respectivamente.[27]

Sete Pecados marcou a estreia em telenovelas de Rosanne Mulholland, Amanda Azevedo e Leilah Moreno.[28][29]

Recepção editar

Audiência editar

O primeiro capítulo da trama registrou média de 36 pontos, com 51% de participação.[30] A menor audiência da trama é de 20 pontos, alcançada em 24 de dezembro e 29 de dezembro de 2007. O último capítulo registrou a maior audiência de toda a novela: 39 pontos com picos de 45 e 60% de participação.[31] A novela terminou com média geral de 30 pontos, mesma marca da antecessora Pé na Jaca, que fechou com 29,6 pontos de média geral.[32]

Prêmios e indicações editar

Ano Prêmio Categoria Indicação Resultado Ref.
2007 Melhores do Ano Ator Revelação Marco Antônio Gimenez Indicado [33]
Darlan Cunha
Melhor Atriz Mirim Amanda Azevedo Venceu
Marina Ruy Barbosa Indicado
Melhor Música de Novela "Carne e Osso" (Zélia Duncan)
2008 Prêmio Contigo! Melhor Novela Sete Pecados [34]
Melhor Autor Walcyr Carrasco
Melhor Diretor Jorge Fernando
Melhor Ator Reynaldo Gianecchini
Melhor Atriz Coadjuvante Cláudia Jimenez
Melhor Atriz Mirim Amanda Azevedo Venceu
Marina Ruy Barbosa Indicado
Melhor Par Romântico Cláudia Jimenez e Rodrigo Phavanello

Controvérsias editar

Reclamação e saída dos atores editar

Maria Zilda Bethlem deixou o elenco alegando insatisfação com sua personagem, que não tinha uma real função na história, o que a fez desistir do papel.[35] Reynaldo Gianecchini também ficou insatisfeito com os rumos de seu personagem, utilizado apenas para os prazeres de Beatriz, sendo que o autor adiantou a reviravolta em que Dante começa a descobrir as armações da moça.[36]

Aílton Graça pediu para deixar a trama, aparecendo pela última vez em 22 de outubro, descontente com a falta de história de seu personagem, justificado que foi assassinado pela personagem de Mel Lisboa.[37]

Cláudia Raia foi outra que também pediu dispensa da novela, tendo sua personagem morta em 5 de novembro.[38] Cláudia estava insatisfeita tanto pelo fato de sua personagem ter passado de antagonista principal para uma coadjuvante sem história substancial, quanto pelo autor alterar por muitas vezes suas falas de última hora, o que atrapalhava-a a decorá-las, reclamação esta que foi confirmada por Walcyr Carrasco em entrevista ao Altas Horas.[39]

Acusações de plágio editar

Letícia Dornelles, que na época era autora de Amigas & Rivais, no SBT, acusou Walcyr Carrasco de plagiar sua novela, dizendo que a trama tinha bordões e situações idênticas, como a frase "Modéstia à parte, eu sou perigosa", utilizada pelas antagonistas Rosana, de Talita Castro em Amigas, e Ágatha, de Cláudia Raia em Sete Pecados.[40] Segundo a autora, as similaridades "Chegam a incomodar de tão parecidas, tem bordões e situações muito parecidas. A referida vilã [Ágatha] deve ser fã de Rosana. É uma homenagem", dizendo ainda que o autor também copiou a trama da adolescente com HIV.[41] Walcyr chegou a se pronunciar, alegando que nunca havia visto a trama da concorrência e que a autora estava utilizando as acusações a Sete Pecados para promover sua própria novela, que na época chegava a marcar apenas 1 ponto e ficar em quinto lugar na audiência.[42] Sobre a temática a jovem com HIV, Walcyr lembrou que havia escrito um livro sobre o tema antes: "Quanto a personagens soropositivos (...) o plágio será de ‘Amigas e Rivais’. Eu sou autor do livro ‘A Corrente da Vida’, lançado há 14 anos, que aborda justamente uma escola onde um personagem, no caso um garoto, tem Aids".[40][43]

Trilha Sonora editar

Nacional editar

Sete Pecados - Nacional
 
Sete Pecados
Trilha sonora de vários intérpretes
Lançamento 29 de junho de 2007
Gênero(s)
Formato(s) CD
Gravadora(s) Som Livre

A primeira trilha sonora da telenovela, compilando canções nacionais em português, foi lançada em 29 de junho de 2007 pela Som Livre. Reynaldo Gianecchini ilustrou a capa do álbum.[44]

N.º TítuloMúsicaPersonagem Duração
1. "Tema de Não Quero Ver Você Triste"  Erasmo Carlos / Part. Esp.: Marisa MonteBeatriz e Dante 03:06
2. "Deixo (Live)"  Ivete SangaloClarice e Dante 06:48
3. "Eu Vou Seguir (Reach)"  Marina ElaliMiriam 03:50
4. "Anjo"  Fábio Jr.Dante 03:41
5. "Um Anjo Muito Especial (My Special Angel)"  Roupa NovaCustódia e Gabriel 03:05
6. "Teletema"  Ivo PessoaElvira 03:22
7. "Preciso Ser Amado"  Tim MaiaMiriam e Vicente 03:17
8. "Nossa História de Amor"  Maurício MattarEliete 04:17
9. "Luxúria"  Isabella TavianiCarla 04:38
10. "Deixa Isso Pra Lá"  Lulu SantosRégis e Elvira 03:47
11. "Não Faz Mal a Ninguém"  LenineBeatriz 03:54
12. "Carne e Osso"  Zélia DuncanAbertura 04:02
13. "Exaustino"  Zeca PagodinhoJuju/Núcleo de Otília 03:43
14. "Gula"  Eduardo DusekPerseu e Minerva 02:56
15. "Pão-Duro"  Rodrigo SantosRomeu 03:20
16. "Ira (A Lira da Ira)"  Cláudio ZoliPedro 04:56
17. "Contrato Assinado"  Deborah BlandoÀgatha 04:08
18. "Vaidade"  Luciana MelloRebeca 03:42

Internacional editar

Sete Pecados Internacional
 
Sete Pecados
Trilha sonora de Vários intérpretes
Lançamento 29 de junho de 2007
Gênero(s)
Formato(s) CD
Gravadora(s) Som Livre

A segunda trilha sonora da telenovela, compilando canções internacionais, foi lançada em 29 de junho de 2007 pela Som Livre. Priscila Fantin ilustrou a capa do álbum.[45]

N.º TítuloMúsicaPersonagem Duração
1. "LDN"  Lily AllenLocação: São Paulo 3:06
2. "Rehab"  Amy WinehouseTema Geral 3:31
3. "Baby, Baby, Baby"  Joss StoneElvira 4:36
4. "Until the End"  Norah JonesEliete e Aquiles 3:59
5. "Like a Star"  Corinne Bailey RaeBeatriz e Dante 4:01
6. "Over My Head"  The FrayLocação: Narak Club 4:11
7. "Divine"  Colin MunroeEstela e Xongas 4:56
8. "Bubbly"  Colbie CaillatTema Geral 3:17
9. "Million Faces"  Paolo NutiniTema Geral Romântico 3:42
10. "She's Madonna" (part. Pet Shop Boys)Robbie WilliamsTema de Locação 4:17
11. "Reach"  Gloria EstefanTema Geral 3:51
12. "Sugar And Spice"  Zach AshtonClarice 3:21
13. "The Story"  Brandi CarlileTema Geral 3:59
14. "Love Is a Many Splendored Thing"  Matt MonroRomeu e Juju 2:54

Naraka Club editar

Naraka Club
 
Sete Pecados
Trilha sonora de vários intérpretes
Lançamento 13 de julho de 2007
Gênero(s)
Formato(s) CD
Gravadora(s) Som Livre

A terceira trilha sonora da telenovela foi lançada em 29 de junho de 2007 pela Som Livre, compilando canções internacionais e dançantes que eram utilizadas nas cenas da boate Naraka Club. O logo da fictícia boate ilustrou a capa do álbum.[46]

N.º TítuloIntérprete(s) Duração
1. "Beautiful Liar"  Beyoncé & Shakira  
2. "Cupid's Chokehold"  Gym Class Heroes  
3. "Girlfriend (Dr. Luke Mix)"  Avril Lavigne  
4. "Never Again (Dave Audé Club Mix)"  Kelly Clarkson  
5. "Love Is Gone"  David Guetta, Joachim Garraud & Chris Willis  
6. "Always and Forever (Bob Sinclar Remix)"  Chocolate Puma  
7. "Yeah Yeah (D. Ramirez Radio Edit)"  Bodyrox feat. Luciana  
8. "A Noite Perfeita (Extended Remix)"  George Israel / Part. Esp.: Leoni  
9. "Sympathy for the Devil"  Freedom Dub  
10. "Afrojazz"  Taylor M  
11. "Sinistro's Dance"  Hitz  
12. "Boogie 2nite (Seamus Haji Big Love Radio)"  Bootyluv  
13. "Every Minute"  Deborah Blando  
14. "Turn the Lights Off (Original Mix)"  DJ Jose  
Outras canções não incluídas na trilha sonora

Exibição editar

Durante esta primeira exibição, o capítulo 23, que seria exibido em 13 de julho de 2007, não foi ao ar, devido à transmissão da abertura dos Jogos Panamericanos de 2007.[47] A novela foi distribuída para mais de 37 países pela Globo Internacional, e foi líder de audiência no horário nobre da Venezuela.[48]

Reprise editar

Foi reexibida pelo Vale a Pena Ver de Novo de 13 de setembro de 2010 a 7 de janeiro de 2011, substituindo Sinhá Moça e sendo substituída por O Clone, em 83 capítulos.[49] Durante a exibição da reprise, o capítulo 19, que seria exibido em 7 de outubro de 2010, não foi ao ar, devido a transmissão de um amistoso entre Brasil e Irã.[50] E o capítulo 66, que seria em exibido em 14 de dezembro de 2010, também não foi ao ar, devido à transmissão da semifinal da Copa do Mundo de Clubes da FIFA de 2010, entre Mazembe e Internacional.[51] Sendo assim, a reprise que terminaria com 85 capítulos, fechou com 83.

Outras mídias editar

Foi disponibilizada na íntegra no Globoplay em 06 de novembro de 2023.[52]

Notas

  1. estilizado como Se7e Pecados.

Referências

  1. «Novelas da Globo no Exterior». designnova.blogspot.com. Consultado em 16 de novembro de 2011 
  2. a b «Sete Pecados». Teledramaturgia. Arquivado do original em 10 de março de 2016 
  3. Diretor, autor e elenco apresentam Sete Pecados à imprensa
  4. a b Memória Globo. «Sete Pecados». Consultado em 21 de dezembro de 2008 
  5. «Popó participa de 'Sete pecados' lutando contra Régis». Extra. 26 de julho de 2007. Consultado em 2 de agosto de 2014 
  6. «Diego Hypolito grava participação em "Sete Pecados"». Extra. 9 de novembro de 2007. Consultado em 2 de agosto de 2014 
  7. «Confira as novelas previstas para estrear até 2008». Folha Ilustrada. 24 de agosto de 2006. Consultado em 2 de agosto de 2014 
  8. «Cecília Dassi volta às novelas contemporâneas em "Os Sete Pecados"». UOL. Consultado em 23 de março de 2018 
  9. «A carreira do senhor das 6». O Tempo. Consultado em 23 de março de 2018 
  10. «Erik Marmo estréia no humor como o anjo Gabriel de "Sete Pecados"». O Tempo. Consultado em 23 de março de 2018 
  11. «Todos os pecados e virtudes vão estar na próxima novela das sete». G1. 31 de maio de 2007. Consultado em 13 de maio de 2023 
  12. «A comédia de Dante Alighieri». 7 de janeiro de 2010. Consultado em 2 de agosto de 2014 
  13. «O autor Walcyr Carrasco comenta festa lançamento de sua novela no Second Life». O Globo. Consultado em 23 de março de 2018 
  14. «Elenco de Sete Pecados embarca para Bariloche». Estrelando. 1 de junho de 2007. Consultado em 24 de agosto de 2017 
  15. «Sete Cidades recebe [sic] atores da Globo para gravarem novela». GP1. 9 de setembro de 2007. Consultado em 24 de agosto de 2017 
  16. «Pecados e virtudes duelam na nova novela das sete». O Globo. Consultado em 23 de março de 2018 
  17. «Carla Diaz entra a partir de hoje em 'Sete Pecados'». Diário do Grande ABC. 16 de outubro de 2007. Consultado em 5 de agosto de 2014 
  18. «Sete Pecados é a primeira novela a mostrar o drama dos jovens que já nasceram com HIV». Veja. 26 de dezembro de 2007. Consultado em 5 de agosto de 2014. Arquivado do original em 8 de maio de 2013 
  19. «Alguns pecados incomodaram». Diário do Nordeste. 12 de janeiro de 2008 
  20. «Ximenes e Gianecchini farão par romântico em novela de Walcyr Carrasco». UOL. 14 de novembro de 2006. Consultado em 23 de março de 2018 
  21. «Vai-e-vem». Terra. Consultado em 23 de março de 2018 
  22. «Na beira do altar». Terra. Consultado em 23 de março de 2018 
  23. «Walcyr Carrasco convida Rita Guedes para sua próxima novela, "Os Sete Pecados Capitais"». UOL. 29 de dezembro de 2006. Consultado em 23 de março de 2018 
  24. «Samara Felippo entra em Sete Pecados para movimentar a vida do personagem de Marcelo Novaes». Área Vip. 6 de setembro de 2007. Consultado em 2 de agosto de 2014 
  25. «Paulo Betti entra em Sete Pecados para viver pai de Beatriz». Bem Paraná. 14 de setembro de 2007. Consultado em 2 de agosto de 2014 
  26. «Cristiana Oliveira fará participação especial em Sete Pecados». Jornal de Brasília. 25 de setembro de 2007. Consultado em 24 de agosto de 2017 
  27. «Carlos Casagrande entra em "Sete Pecados" para solucionar o assassinato de Ágatha». Folha Ilustrada. 27 de novembro de 2007. Consultado em 2 de agosto de 2014 
  28. «Sete Pecados: Leilah Moreno participa da novela global». Estrelando. 22 de novembro de 2007 
  29. «Rosanne Mulholland estréia em novela». Folha da Região. 6 de maio de 2007. Arquivado do original em 8 de agosto de 2014 
  30. «"Sete Pecados" marca estréia de Walcyr Carrasco no horário das sete». Folha Online. 19 de junho de 2007. Consultado em 31 de março de 2015 
  31. «Último capítulo de 'Sete Pecados' dá 39 pontos à Globo». Terra. 16 de fevereiro de 2008. Consultado em 31 de março de 2015 
  32. Ricardo Feltrin (18 de setembro de 2008). «Ibope de novelas desaba na Globo; veja a queda». UOL TV. Consultado em 3 de novembro de 2018. Cópia arquivada em 3 de novembro de 2018 
  33. Melhores do Ano: Confira todos os vencedores das 14 edições do prêmio
  34. Giovani Lettiere (29 de abril de 2008). «'Paraíso tropical' domina 10º Prêmio Contigo! de TV». globo.com. Consultado em 30 de setembro de 2011 
  35. «Maria Zilda deixa "Sete Pecados"; atriz fica insatisfeita com pouco destaque». Folha Online. 9 de agosto de 2007 
  36. «Assessoria nega que Gianecchini queira sair de Sete Pecados». UOL. 3 de dezembro de 2007. Consultado em 2 de agosto de 2014 
  37. «Aílton Graça não sabe se volta a "Sete Pecados"». O Tempo. 20 de dezembro de 2007. Consultado em 2 de agosto de 2014 
  38. «Morte: Ágatha será assassinada em Sete Pecados». Estrelando. 15 de outubro de 2007. Consultado em 2 de agosto de 2014 
  39. «Saída de Claudia Raia de "Sete Pecados" é conturbada». Folha Ilustrada. 16 de outubro de 2007. Consultado em 2 de agosto de 2014 
  40. a b «Novelista do SBT acusa a Globo de plágio». Folha de S.Paulo. 6 de dezembro de 2007. Consultado em 23 de março de 2018 
  41. «Letícia Dornelles, do SBT, acusa a Globo de plágio». Observatório da Televisão. Consultado em 23 de março de 2018 
  42. «As inspirações de Walcyr Carrasco: um dossiê». Coisas de TV. Consultado em 23 de março de 2018 
  43. «Cinco vezes que Walcyr Carrasco foi acusado de plágio em suas novelas». UOL. Consultado em 23 de março de 2018 
  44. «Sete Pecados - Nacional». Teledramaturgia. Consultado em 26 de março de 2018 
  45. «Sete Pecados - Internacional». Teledramaturgia. Consultado em 26 de março de 2018 
  46. «Sete Pecados - Naraka Club». Teledramaturgia. Consultado em 26 de março de 2018 
  47. «Programação da TV neste 13/07». Folha de S.Paulo. 13 de julho de 2007. Consultado em 5 de maio de 2015 
  48. [1]
  49. Flávio Ricco (23 de julho de 2010). «"Sete Pecados" volta na Globo em "Vale a Pena Ver de Novo"». UOL. Consultado em 20 de agosto de 2015 
  50. «Seleção encara o Irã nos EAU para mostrar que já tem 'cara de Mano'». UOL Esporte. 7 de outubro de 2010. Consultado em 20 de agosto de 2015 
  51. «Inter dá vexame, perde para o Mazembe e fica fora da final do Mundial». UOL Esporte. 14 de dezembro de 2010. Consultado em 20 de agosto de 2015 
  52. «Lançamentos de novembro no Globoplay». Globo Imprensa. 1 de novembro de 2023. Consultado em 1 de novembro de 2023 

Ligações externas editar