Abrir menu principal
Mapa indicando as maravilhas naturais finalistas (em vermelho) e as outras indicadas (em preto).

Sete maravilhas naturais do mundo (em inglês, New7Wonders of Nature) iniciou-se em 2007 com a finalidade de criar uma lista de sete maravilhas naturais escolhidas pela população através da votação global. Foi liderada pelo canadense-suíço Bernard Weber[1] e organizada pela Fundação New7Wonders,[2] com sede na Suíça, fundação controlada pelo governo. A iniciativa seguiu a New7Wonders of the World, que atraiu 100 milhões de votos de todo o mundo. A votação, iniciou-se no dia 21 de julho de 2009, foi encerrada no dia 11/11/2011 e anunciada a lista no mesmo dia.[3]

Índice

Estágios da CampanhaEditar

A campanha da New7Wonders iniciou em 2007, imediatamente depois da campanha da eleição das sete novas maravilhas artificiais do mundo e receber mais de 100 milhões de votos. De mais de 440 participantes, representando mais de 220 países através de uma qualificação nacional. Em 7 de julho de 2009, lançou uma lista dos 77 lugares classificados, de acordo com as recomendações do Panel of Experts liderado pelo Prof. Federico Mayor, diretor-geral da UNESCO. No dia 21 de julho de 2009, foi determinada a lista oficial dos 28 candidatos finalistas. Votação encerra no dia 11 de novembro de 2011, durante o qual a New7Wonders World Tour pretende visitar cada um dos finalistas para permitir que eles se apresentam aos eleitores em todo o mundo.

VencedoresEditar

Outros finalistasEditar

Outros semifinalistasEditar

Ver tambémEditar

Referências

  1. «Curta história do projeto de Bernard Weber». Consultado em 12 de novembro de 2011. Arquivado do original em 24 de julho de 2009 
  2. «The New7Wonders Foundation & Campaign». Consultado em 12 de novembro de 2011. Arquivado do original em 16 de agosto de 2009 
  3. «Procedimentos de votação para a New7Wonders of Nature». Consultado em 12 de novembro de 2011. Arquivado do original em 5 de agosto de 2009 

Ligações externasEditar