Abrir menu principal

Seungri

cantor sul-coreano
Este é um nome coreano; o nome de família é Lee.
Seungri
이승현
Seungri em coletiva de imprensa da série YG Future Strategy Office em outubro de 2018.
Nascimento Lee Seung-hyun
12 de dezembro de 1990 (28 anos)
Gwangju, Coreia do Sul
Nacionalidade sul-coreano
Alma mater Universidade Virtual Gukje
Ocupação
Carreira musical
Período musical 2006 – 2019
Gênero(s)
Instrumento(s)
Gravadora(s)
Afiliações
Assinatura
Seungri signature.png

Lee Seung-hyun (hangul: 이승현; hanja: 李升炫; rr: I Seung-hyeon; MR: Yi Sŭnghyŏn; nascido em 12 de dezembro de 1990), mais conhecido pelo nome artístico Seungri (hangul: 승리; hanja: 勝利) e V.I no Japão, foi um cantor, dançarino, ator e empresário sul-coreano. Em 2006, conquistou proeminência ao estrear como um membro do grupo Big Bang pela YG Entertainment. Em 2009, fez sua estreia como cantor solo, através do single "Strong Baby" lançado em Remember (2008), o segundo álbum de estúdio coreano do Big Bang. Dois anos depois, lançou seu primeiro extended play (EP) intitulado V.V.I.P, que alcançou a primeira posição na parada Gaon Album Chart e produziu os singles "VVIP" e "What Can I Do" (hangul: 어쩌라고; rr: Eojjeolago), com este último, atingindo a posição de número cinco na Gaon Digital Chart.

Seu segundo EP coreano de nome Let's Talk About Love (2013), vendeu oitenta mil cópias na Coreia do Sul e obteve todas as suas canções presentes no top 100 da Billboard K-pop Hot 100. O álbum produziu o single "Gotta Talk to You" (hangul: 할말 있어요; rr: Na Jigeum Halmal Isseoyo) e posteriormente, foi relançado no Japão como seu primeiro álbum de estúdio japonês, recebendo o mesmo nome. Em 2018, Seungri lançou The Great Seungri, seu primeiro álbum de estúdio coreano contendo "1, 2, 3!" como sua faixa título. O álbum lhe rendeu seu terceiro lançamento número um na Gaon Album Chart.

Sua carreira como ator teve início em 2008, através do musical Sonagi. No ano seguinte estrelou os filmes, Why Did You Come to My House? e Nineteen. Ele se ramificou para a televisão com o drama televiso japonês Kindaichi Shonen no Jikenbo (2013) e o drama televiso coreano Angel Eyes (2014). Nos últimos anos, se estabeleceu como empresário, possuindo empreendimentos que incluíram uma academia de dança, clube noturno, franquia de restaurantes, além de ter fundado uma gravadora e ter investido em outros negócios.

Em 11 de Março de 2019, Seungri anunciou sua retirada da indústria do entretenimento, durante investigações em curso o envolvendo a alegações de fornecimento de prostituição.

Biografia e carreiraEditar

1990–2005: Infância e adolescênciaEditar

Lee Seung-hyun nasceu e foi criado na cidade de Gwangju, Coreia do sul. A medida que foi crescendo, passou a ser notado por suas habilidades de dança,[1] além de ter sido integrante de um grupo de dança chamado II Hwa.[2] Em uma tentativa de prosseguir na carreira da indústria do entretenimento, Lee aos quinze anos, participou do programa Let's Coke Play! Battle Shinhwa (2005), um reality show de sobrevivência exibido pela Arirang TV, que pretendia encontrar integrantes para formar o próximo grupo masculino Shinhwa. Contudo, ele acabou sendo eliminado no nono episódio.[3][4]

Sua participação no programa despertou o interesse da YG Entertainment, e Lee acabou sendo recrutado como um trainee na mesma, que estava buscando candidatos a fim de integrar seu novo grupo masculino.

2006–2007: Estreia com o Big BangEditar

 Ver artigos principais: Big Bang (banda) e Big Bang

Lee foi pareado com outros cinco trainees (T.O.P, Taeyang, G-Dragon, Daesung e Hyun-seung) para compor o grupo Big Bang em 2006. Sua formação foi transmitida na televisão através de um documentário.[5] Antes da estreia oficial do Big Bang, tanto ele como Hyun-seung foram retirados da formação do grupo.[6] No entanto, o CEO da YG Entertainment, Yang Hyun-suk, lhes deu uma última oportunidade de se apresentarem para ele a fim de impressioná-lo e dessa forma, Yang escolheu Lee para reintegrar o grupo, que passou a utilizar o nome artístico de Seungri, que significa "vitória" no idioma coreano.[7]

Para sua estreia, o Big Bang lançou três álbuns singles, que precederam o lançamento de seu primeiro álbum de estúdio, Big Bang Vol.1 - Since 2007 (2006), que incluiu a canção "Next Day" (hangul: 다음날; rr: Daeum Nal), a primeira canção solo de Seungri. Após sua estreia com o Big Bang, ele continuou a aprimorar suas habilidades de dança, competindo contra seu companheiro de grupo Taeyang e outros artistas masculinos,[8] além de passar a coreografar uma grande parcela das canções do Big Bang.[9]

2008—2011: Início da carreira solo, atuação e V.V.I.PEditar

 
Seungri apresentando-se no concerto Big Show do Big Bang em 2011

Após lançar materiais com o Big Bang, Seungri realizou sua estreia em musicais através de Sonagi em 2008. Ele também iniciou suas atividades como apresentador no mesmo ano, através do programa Show! Music Core da MBC, ao lado de seu companheiro de grupo Daesung. Em 1 de janeiro de 2009, lançou o single "Strong Baby", como parte do segundo álbum de estúdio coreano do Big Bang, intitulado Remember (2008). Com o intuito de mudar o olhar do público sobre o "membro mais jovem" do quinteto,[10] ele promoveu a canção com um olhar mais maduro, juntamente com uma dança estilizada.[11][12] "Strong Baby" lhe rendeu sua primeira tríplice coroa, por suas três vitórias no programa de música Inkigayo da SBS.

Posteriormente, Seungri estreou como ator no filme de comédia romântica Why Did You Come to Our Home? (2009), interpretando o interesse amoroso da protagonista.[13] No mesmo ano, estrelou ainda Shouting, seu segundo musical[14] e em novembro, o filme de suspense adolescente Nineteen, juntamente com seu companheiro de Big Bang, T.O.P.[15] Durante o ano de 2010, Seungri passou contribuindo com as atividades promocionais do Big Bang e tornou-se integrante do elenco do programa Enjoy Today da MBC. Em 20 de janeiro de 2011, lançou seu primeiro extended play (EP) V.V.I.P, contendo os singles "VVIP" e "What Can I Do",[16] com este último atingindo a posição de número cinco na Gaon Digital Chart.[17] A fim de estabelecer uma identidade fora do Big Bang através de sua música, Seungri se envolveu na produção do EP, compondo seis de suas sete faixas.[18][19][20] As promoções de V.V.I.P foram encurtadas para que ele pudesse se concentrar em suas atividades promocionais com o Big Bang. No fim do ano, Seungri realizou uma participação no drama Lights and Shadows (2011-12) da MBC, interpretando um aspirante a cantor.[21]

2012—2014: Atividades no Japão e Let's Talk About LoveEditar

Em 2012, Seungri iniciou suas atividades artísticas no Japão, participando de diversos programas de variedades, como Yoshimoto Jounetsu Comedy da Yomiuri TV e Run for Money.[22] Ele apresentou também um programa de rádio intitulado Big Bang’s All Night Nippon e foi escolhido como um apresentador especial do programa Sakigake! Ongaku Banzuke Eight, onde entrevistou celebridades.[23] Além disso, teve seu primeiro programa japonês de nome Seungchan's Complete Victory Declaration na Space Shower TV[24] e durante os meses de agosto e setembro, realizou seu primeiro evento de fãs em Tóquio e Osaka.[25] Em setembro, Seungri envolveu-se em um escândalo sexual com uma mulher japonesa, com fotos suas publicadas em um tabloide do país. Como resultado, ele saiu das atividades promocionais do Big Bang para auto-reflexão.[26][27] Contudo, ele revisitou a controvérsia um ano depois, no talk show coreano Incarnation da SBS, onde analisou como o fato ajudou-o a crescer e a ser visto como um adulto por seus fãs.[28] No início de 2013, Seungri retomou suas atividades no Japão, participando do drama especial da Nihon TV, Kindaichi Shonen no Jikenbo, realizado para celebrar o sexagésimo aniversário da emissora japonesa NTV. Sua história que foi baseada no mangá Kindaichi Case Files Neo SP 1: Hong Kong Kowloon Treasure Murder Case, venceu o prêmio de Melhor Drama SP (Prêmio de Excelência) na Tokyo Drama Awards.[29] Além disso, ele tornou-se um membro regular do programa Count Down E.T da Music On!, onde apresentou a seção Men’s Bar Food.

Em 19 de agosto de 2013, Seungri lançou seu segundo EP coreano intitulado Let's Talk About Love, onde envolveu-se na composição de todas as faixas.[30][31][32][33] O EP atingiu a posição de número um na Gaon Album Chart[34] e produziu o single "Gotta Talk To U", que posicionou-se em número três na Gaon Digital Chart.[35] Adicionalmente, as vendas de Let's Talk About Love superaram setenta mil cópias[36] e todas as suas canções alcançaram o top 100 da Billboard K-pop Hot 100.[37] Em outubro do mesmo ano, Seungri lançou seu primeiro álbum de estúdio em japonês e de mesmo nome do supracitado EP coreano, que liderou a Oricon Albums Chart durante seu primeiro dia de lançamento com vendas de catorze mil cópias.[38] O álbum foi composto por canções de seus álbuns coreanos anteriores, que receberam versões em língua japonesa e incluiu a canção The Feelings Painted In The Sky (japonês: 空に描く思い), que mais tarde foi utilizada como o tema de seu primeiro web drama Yubikoi ~Kimini Okuru Message~.[39][40]

Em setembro, ele juntou-se ao programa Popular Women 100 como um co-apresentador ao lado do comediante Hiroshi Yamazaki, tornando-se a primeira celebridade internacional a conquistar um lugar como apresentador em um programa regular da tv a cabo do Japão.[41] No fim do ano, o web drama Yubikoi ~Kimini Okuru Message~ começou a ser exibido com duração até o início de 2014. Em abril ele voltou a atuar na Coreia do Sul através do drama médico Angel Eyes (2014) da SBS, interpretando um coreano-americano que retorna a Coreia do Sul para tornar-se membro de uma equipe de resgate.[42][43]

2015–2018: Foco na televisão, The Great Seungri e primeira turnêEditar

Durante o ano de 2015, Seungri dedicou-se as atividades promocionais do Big Bang. No ano seguinte, tornou-se um jurado e mentor do programa de audição chinês Girls Fighting! (2016).[44] Ele produziu para o programa a canção "36 Tricks of Love", uma versão da canção de mesmo nome da cantora taiwanesa Jolin Tsai. A mesma atingiu a primeira posição nas paradas chinesas QQ Music e Weibo, sendo esta última referente a popularidade.[45] Em 16 de julho do mesmo ano, Seungri estrelou o filme de ação japonês High & Low: The Movie, interpretando o filho de um chefe da máfia coreana.[46][47] O filme obteve êxito comercial figurando em segundo lugar na bilheteria japonesa em sua estreia.[48] Adicionalmente, Seungri gravou a canção "We Run Dis" com PKCZ como parte de sua trilha sonora.

Em outubro de 2017, ele tornou-se jurado do programa Mix Nine, um reality show de sobrevivência da JTBC. Em 2 de março de 2018, Seungri estrelou o filme chinês de romance Love Only,[49] filmado previamente em 2016.[50] Mais tarde, apresentou-se como um DJ, em quatro datas durante o mês de abril, em um evento intitulado Seungriseyo DJ Tour realizado no Japão.[51][52] Em 11 de maio, Seungri lançou o single digital "Ignite", em colaboração com os artistas noruegueses K-391, Alan Walker e Julie Bergan. A canção liderou por duas semanas a parada Norwegian Singles Chart da Noruega[53] e obteve pico de número cinco na Finnish Singles Chart da Finlândia.[54] Posteriormente em 20 de julho, Seungri lançou seu primeiro álbum de estúdio coreano intitulado The Great Seungri, contendo "1, 2, 3!" como seu single principal. Seungri participou da produção de grande parte do álbum, co-escrevendo todas as suas faixas. Em termos comerciais, The Great Seungri tornou-se seu terceiro lançamento número um pela Gaon Album Chart.[55]

A fim de promover o álbum, em 4 de agosto de 2018, Seungri deu início a The Great Seungri, sua primeira turnê como um solista após doze anos desde sua estreia.[56][57] Suas primeiras apresentações em Seul, esgotaram-se rapidamente o que ocasionou na adição de mais datas sul-coreanas.[58] A turnê obteve uma recepção positiva da crítica especializada[58][59] e sua primeira etapa, que incluiu também apresentações no Japão, foi encerrada ainda em 2018. Adicionalmente, Seungri também estrelou a série de comédia pertencente a YG Entertainment e Netflix, intitulada YG Future Strategy Office,[60] em outubro de 2018, interpretando uma versão ficcional de si mesmo.[61] Em novembro do mesmo ano, ele se juntou ao programa de variedades We Will Channel You da SBS, como um membro regular do elenco.[62]

2019–presente: Controvérsia, retirada da indústria e serviço militar obrigatórioEditar

No início de 2019, Seungri prosseguiu com a segunda etapa de sua turnê que recebeu o nome de The Great Seungri Tour 2019 ~The Great Show e contou com apresentações em mais locais da Ásia, que incluíram Hong Kong, Filipinas e Singapura.[63][64] Antes de seu encerramento oficial, a turnê foi encurtada e Seungri interrompeu todas as suas atividades promocionais.[65] Diversas alegações relacionadas a Burning Sun, um clube noturno fundado em 2018 e gerenciado por dois CEOs: Lee Moon-ho e Lee Seong-hyun,[66] cercaram Seungri, devido à sua afiliação com o negócio como diretor criativo / acionista[67] e um DJ ocasional do local. As alegações incluíam uso de drogas e organização de favores sexuais para investidores, entre outros. Conversas no aplicativo de mensagens KakaoTalk, de Seungri com um co-fundador do Burning Sun e outros funcionários sobre tais acordos, foram revelados pela imprensa, que os relacionou à alegação de prostituição. Entretanto, durante coletiva de imprensa realizada pela polícia em 4 de março, foi revelado que as mensagens originais e sem edição, não lhes foram enviadas.[68] Seungri também negou as acusações. Em 10 de março, Seungri passou por uma segunda rodada de análises de uso de drogas. Amostras de seu cabelo e urina foram testados e os resultados de ambos deram negativo.[69] Em 11 de março, ele utilizou sua conta pessoal no Instagram para anunciar sua aposentadoria da indústria do entretenimento e afirmou que iria cooperar totalmente com a investigação. Isso levou à rescisão de seu contrato com a YG Entertainment dois dias depois.[70] Seungri deveria iniciar seu serviço militar obrigatório em 25 de março no centro de treinamento do exército em Nonsan.[71] No entanto, devido as investigações em curso, ele solicitou o atraso de seu recrutamento[72] e a Administração de Recursos Humanos Militar lhe concedeu um adiamento de três meses.[73][74]

Em 1 de abril, a Agência de Polícia Metropolitana de Seul informou que Seungri e seu parceiro de negócios Yoo In-seok (co-CEO da empresa Yuri Holdings), haviam desviado fundos da Yuri Holdings para fins comerciais. O montante relatado foi de cerca de dez milhões de wones.[75] Em 25 de abril, Seungri negou as acusações de prostituição relacionadas a uma festa de Natal em 2015, mas Yoo In-seok admitiu que ligou e pagou por entretenimento para investidores japoneses. A conta do hotel teria sido paga utilizando um cartão corporativo da YG Entertainment, no entanto, Seungri negou saber sobre a ocorrência de prostituição.[76] Em 8 de maio, após um total de dezessete interrogatórios policiais a portas fechadas, a Agência de Polícia Metropolitana de Seul solicitou um mandado de prisão preventiva para Seungri pelas seguintes acusações: mediação de prostituição, desvio de fundos do Burning Sun (de acordo com a polícia, Seungri interveio diretamente na apropriação indevida de cerca de 200 milhões de wones do Burning Sun como taxa de marca do Monkey Museum) e violação da lei de saneamento de alimentos (por declarar inadequadamente o Monkey Museum como um restaurante em vez de um estabelecimento de entretenimento).[77] Em 14 de maio, o Tribunal Distrital de Seul rejeitou o mandado de prisão dizendo que o desvio de fundos, uma acusação importante, estava aberto a disputa. Além disso, alegou-se que seria difícil reconhecer as razões para detenção, como a destruição de evidências para as suspeitas restantes.[78] Em 15 de maio, a polícia declarou que seria difícil solicitar novamente um mandado de prisão e finalizaria a investigação antes da data de alistamento militar de Seungri.[79] No entanto, em 25 de junho, a polícia declarou que seu caso havia sido encaminhado à promotoria com sete acusações: aquisição de serviços sexuais para si, mediação de prostituição, desvio de fundos comerciais para a contratação de um representante legal, desvio das receitas do clube Burning Sun, tentativa de destruição de provas, distribuição de fotografia ilegal através de plataformas sociais e violação da lei de saneamento de alimentos.[80][81]

Em 28 de agosto de 2019, Seungri foi questionado por conexão de jogo ilegal.[82][83]

Atuação em outras atividadesEditar

EmpreendimentosEditar

 
Seungri apresentando-se como um DJ durante evento beneficente em 2015.

Em 2011, Seungri ajudou a estabelecer duas filiais de uma academia de dança e música chamada Plug In Music Academy, também conhecida como Seungri Academy, que localizou-se nas cidades de Gwangju, Daejeon, Mokpo e Seul. O local onde se ministrava aulas de canto, dança e atuação,[84][85] tornou-se responsável pela preparação e inserção de diversos ídolos na indústria do entretenimento, seus ex-alunos incluem celebridades como Minzy, Goo Hara, Yunho, Zelo, dentre outros.[86][87][88] Em 2017, Seungri anunciou o encerramento de suas atividades, devido a problemas internos na mesma.[89] Em 2014, ele iniciou um negócio de cafeteria, adquirindo uma licença para comercializar waffles belgas tradicionais. Posteriormente, ele abriu um café de nome And.Here em Daehangno, administrado por sua mãe.[88][90] Dois anos depois, abriu uma casa noturna e clube do tipo lounge de nome Monkey Museum em Gangnam, Seul.[91] Mais tarde, o mesmo abriu uma filial chinesa em Changsha, em uma parceria com a Luk Hing Entertainment.[92] Durante o ano de 2016, Seungri ainda fundou o selo musical Natural High Record (NHR)[93] baseado em EDM, com o objetivo de subsidiar o trabalho de DJs. Em dezembro, iniciou uma franquia de restaurantes de ramen japonês em Seul, intitulada Aori Ramen.[94] A franquia expandiu-se pela Ásia[95] e em novembro de 2017, foi anunciada a abertura de sua décima quinta filial em Kuala Lumpur.[96] No início de 2017, ele investiu na empresa de cosméticos médicos, Dr. Gloderm, adquirindo 10% das ações da mesma.[97]

A fim de centralizar o gerenciamento de todos os seus empreendimentos, Seungri fundou a empresa Yuri Holdings no início de 2018.[98] Em fevereiro de 2018, ele colaborou com a gravadora de EDM Liquid State, fundada pela Sony Music Entertainment e Tencent Music Entertainment, servindo como o embaixador da mesma na Coreia do Sul.[99] Em junho do mesmo ano, foi anunciado que a Natural High Record, havia tornado-se uma subsidiária da YGX, uma nova companhia subordinada a YG Entertainment, além disso, foi divulgado que Seungri se tornaria o CEO da mesma. A companhia foi fundada visando o recrutamento de artistas estreantes de hip hop e o gerenciamento da subsidiária HIGHGRND e da acadêmia de dança chamada YGX Academy.[100] No início de 2019, Seungri renunciou a todos os cargos de gerência antes de seu alistamento militar obrigatório, conforme exigido pela lei coreana.

EsportesEditar

Em maio de 2015, o time de futebol para caridade FC MEN, anunciou através de suas redes sociais, que Seungri iria juntar-se a seu time de celebridades para a realização de partidas beneficentes. Ele recebeu a posição de atacante e a camisa de número onze.[101] Como um praticante de jiu-jitsu, Seungri participou de sua primeira competição em julho de 2017, através da Federação Japonesa de Jiu-Jitsu Brasileiro, sob o nome de Richard Lee. Ele conquistou duas medalhas, sendo uma de prata na categoria adulto peso livre e faixa branca e uma de bronze na categoria adulto peso pena e faixa branca. Além disso, Seungri é faixa preta no taekwondo.[102][103][104]

FilantropiaEditar

Em 2015, Seungri se juntou a seu companheiro de gravadora Sean, para a doação de 130 mil briquetes de carvão em um evento de caridade, além de trazer outras celebridades notáveis para o mesmo.[105] Em dezembro de 2017, juntamente com trinta funcionários do restaurante Aori Ramen e seu pai, entregaram briquetes de carvão para famílias de baixa renda cozinharem e aquecerem suas casas.[106] Ele também doou cem milhões de wones para a organização ChildFund Korea na ocasião de seu aniversário.[107]

Vida pessoalEditar

Em 2006, durante as atividades promocionais com o Big Bang, Seungri abdicou de cursar o ensino secundário. Três anos mais tarde, ele conseguiu seu GED Diploma de Equivalência Geral, o que lhe garantiu seu status de graduado no mesmo.[108] Na primavera de 2010, ele ingressou na Universidade Chung-Ang,[109] através do departamento de Artes Teatrais. Entretanto, devido a sua dificuldade em concluir o curso, em razão de sua agenda de compromissos artísticos, ele frequentou a Universidade Chung-Ang até o ano de 2011 e decidiu abandonar definitivamente a mesma,[108] após o lançamento do EP Alive (2012) de seu grupo Big Bang e de sua respectiva turnê mundial no início de 2012.[110] Posteriormente, ele decidiu matricular-se na Universidade Virtual Gukje a fim de ter aulas online e conseguir realizar suas atividades profissionais ao mesmo tempo.[110]

Seungri é poliglota e além do coreano, sua língua materna, é fluente em inglês, japonês e chinês.[111][112]

DiscografiaEditar

 Ver artigo principal: Discografia de Seungri
Extended plays (EPs)
Álbum de estúdio

TurnêsEditar

FilmografiaEditar

FilmesEditar

Ano Título Papel Notas
2009 Why Did You Come to My House? Park Ji-min
Nineteen Park Min-seo
2016 Big Bang Made Ele mesmo Documentário
High & Low: The Movie Li
2018 Love Only Winson / Yun Sheng

MusicaisEditar

Ano Título
2008 Sonagi
2009 Shouting! (소리쳐!)

TelevisãoEditar

Ano Título Papel Emissora
2010 Haru: An Unforgettable Day In Korea Ele mesmo
-
2011 Lights and Shadows Ahn Jae-su (participação ep. 9-10) MBC
2013 Kindaichi Shonen no Jikenbo
(The Files of Young Kindaichi - Lost in Kowloon)
Kim Yong-Dong NTV
2013-2014 Yubikoi ~Kimini Okuru Message~
A Message Send To You
Han Seung-ho exibição online
2014 Angel Eyes Teddy Seo SBS

Programas de variedadesEditar

Ano Emissora Título Função Notas
2005 Arirang TV Let's Coke Play! Battle Shinhwa Concorrente
2008–2009 MBC Show! Music Core Apresentador com Daesung
2009 SBS Family Outing Convidado episódios 64 e 65, com Kim Hyun-joong
2010 MBC Enjoy Today Apresentador com Jung Joon-ho, Jung Hyung-don, Kim Hyun-chul e outros
2011 SBS Night After Night Convidado com Kwanghee, Lizzy e WooHyuk
Running Man episódio 30
King of Idols especial ano novo lunar coreano
Mnet Beatles Code com Daesung
2012 Space Shower Seung-chan’s Complete Victory Declaration Membro reality show
2013 Music On! Count Down E.T - Men’s Bar Food
Fuji TV Popular Women 100 Apresentador com Hiroshi Yamazaki
2014 SBS Running Man Convidado episódio 190, com o elenco de Angel Eyes
2016 Dragon TV Girls Fighting Instrutor
2017–2018 JTBC Mix Nine Jurado com Taeyang, Zion.T e outros
2018 Netflix YG Future Strategy Office Membro
MBC Radio Star Convidado episódio 560, com Wanna One
I Live Alone episódios 235 e 236
JTBC Let’s Eat Dinner Together episódio 78
SBS My Little Old Boy episódios 78-79, 90-92, 94-95, 97
JTBC Idol Room episódio 12
MBC King of Mask Singer Concorrente episódios 163 e 164 com Rowoon, Park Kyung-lim e outros
2018–2019 SBS We Will Channel You Membro episódios 1-12

Aparições em vídeos musicaisEditar

Ano Título da canção Artista
2008 "Only Look At Me" Taeyang
2010 "High High" GD&TOP
2012 "Gangnam Style" Psy

Prêmios e indicaçõesEditar

Ano Prêmio Categoria Trabalho indicado Resultado Ref.
2009 The Musical Awards Prêmio de Popularidade Ele mesmo Venceu [113]
2013 Mnet Asian Music Awards Melhor Performance de Dança
(Solo Masculino)
"Gotta Talk To U" Indicado [114]
2018 MBC Plus X Genie Music Awards Artista do Ano Ele mesmo Indicado [115]
Prêmio de Artista Masculino Indicado
Prêmio de Popularidade Genie Music Indicado
Mnet Asian Music Awards Canção do Ano "1, 2, 3!" Indicado [116]
Melhor Performance de Dança Indicado
Korea China International Film Festival Prêmio de Estrela Hallyu Ele mesmo Venceu [117]
Melon Music Awards Melhor Faixa Dance - Masculino "1, 2, 3!" Indicado [118]
SBS Entertainment Awards Prêmio de Rouba Cena Ele mesmo Venceu [119]
2019 Seoul Music Awards Prêmio Principal Indicado [120]
Prêmio de Popularidade Indicado
Prêmio K-Wave Indicado
Spellemannprisen Canção do Ano "Ignite" Indicado [121]

Vitórias em programas de músicaEditar

Inkigayo da SBSEditar

Ano Data Canção
2009 22 de janeiro "Strong Baby"
5 de fevereiro
19 de fevereiro
2011
6 de fevereiro "What Can I Do"
13 de fevereiro

M! Countdown da MnetEditar

Ano Data Canção
2009 22 de janeiro "Strong Baby"
5 de fevereiro
19 de fevereiro
26 de fevereiro
2011 27 de janeiro "V.V.I.P"
3 de fevereiro "What Can I Do"
10 de fevereiro

Referências

  1. «YG신인 빅뱅, '배틀신화' 탈락자 포함 '눈길'» (em coreano). Star News. 7 de julho de 2006. Consultado em 28 de maio de 2016 
  2. «Seung Ri». Koreanmovie.com. Consultado em 22 de janeiro de 2010. Arquivado do original em 5 de janeiro de 2010 
  3. «[Past And Present] The Youngest But A Strong Baby, Seungri». BTN News. 2 de dezembro de 2014. Consultado em 28 de maio de 2016 
  4. «Biography of Big Bang~Korean Boyband ~ My Article» (em inglês). Consultado em 28 de maio de 2016 
  5. «Big Bang Profile». KBS World. Consultado em 28 de maio de 2016. Arquivado do original em 31 de maio de 2009 
  6. Chung Ah-young (13 de fevereiro de 2009). «Big Bang Reveals Self-Fulfilment Strategies». The Korea Times. Consultado em 28 de maio de 2017 
  7. '준비된 그룹' 빅뱅, 대폭발 예고. Sports Chosun (em coreano). 7 de julho de 2006. Consultado em 23 de setembro de 2018 
  8. «승리vs태양 설특집 댄스배틀 '빅뱅 내전'». Newsen. 22 de janeiro de 2009. Consultado em 28 de maio de 2016 
  9. «빅뱅, '줄넘기춤'으로 국민댄스 도전» [Big Bang, going for 'Jump Rope dance' as the all-time dance] (em coreano). Star News. 8 de dezembro de 2007. Consultado em 15 de julho de 2018. Arquivado do original em 11 de fevereiro de 2009 
  10. «막내 승리가 말하는 빅뱅 멤버들은? "탑형은 망태 할아버지"» (em coreano). Newsen. 11 de janeiro de 2009. Consultado em 28 de maio de 2016 
  11. «포토엔승리, 'strong baby' 칠듯 말듯» (em coreano). Newsen. 9 de janeiro de 2009. Consultado em 28 de maio de 2016 
  12. «빅뱅 승리 '스트롱 베이비' 솔로 활동 시작 '섹시복근' 공개». Nate. 1 de setembro de 2008. Consultado em 22 de janeiro de 2010 
  13. «Big Bang Members Branch Out as Soloists». The Korea Times. 14 de julho de 2008. Consultado em 28 de maio de 2016 
  14. «'빅뱅' 승리, 뮤지컬 '소나기'로 배우 데뷔». Star News. 22 de fevereiro de 2008. Consultado em 28 de maio de 2016 
  15. «Big Bang duo star in murder movie». Korea JoongAng Daily. 22 de maio de 2009. Consultado em 28 de maio de 2016 
  16. «Big Bang Seungri unveils music videos for title tracks». TenAsia. 21 de janeiro de 2011. Consultado em 28 de maio de 2016 
  17. «2011년 06주차 Digital Chart». Gaon Chart. Consultado em 28 de maio de 2016 
  18. «[INTERVIEW] Big Bang member Seungri – Part 1». TenAsia. 11 de fevereiro de 2011. Consultado em 28 de maio de 2016 
  19. «[INTERVIEW] Big Bang member Seungri – Part 2». TenAsia. 11 de fevereiro de 2011. Consultado em 28 de maio de 2016 
  20. «[INTERVIEW] Big Bang member Seungri – Part 3». TenAsia. 11 de fevereiro de 2011. Consultado em 28 de maio de 2016 
  21. «Seungri accepts role in MBC drama». Korea JoongAng Daily. 22 de dezembro de 2011. Consultado em 28 de maio de 2016 
  22. «Big Bang's Seungri secures his own show + MC position on Japanese TV». Allkpop. Consultado em 28 de maio de 2016 
  23. «Seungri to host TV show in Japan». Korea JoongAng Daily. 4 de agosto de 2012. Consultado em 28 de maio de 2016 
  24. «Big Bang's Seungri Gets Own Special Program and MC Role on Japan TV». Mwave. 3 de agosto de 2012. Consultado em 28 de maio de 2016 
  25. «Big Bang's Seungri is Successful Alone Too! Japan Solo Fan Meeting». KpopStarz. 10 de agosto de 2012. Consultado em 28 de maio de 2016 
  26. «Seungri caught up in sex scandal». Korea JoongAng Daily. 15 de setembro de 2012. Consultado em 30 de maio de 2017 
  27. «Seungri rocked by another scandal». Korea JoongAng Daily. 20 de setembro de 2012. Consultado em 30 de maio de 2017 
  28. «Big Bang Seungri Opens Up About His Japanese Sex Scandal». KpopStarz. 28 de agosto de 2013. Consultado em 13 de dezembro de 2016 
  29. «Festival 2013 - Tokyo Drama Awards». International Drama Festival in Tokyo. Consultado em 28 de maio de 2016 
  30. YG Entertainment (12 de agosto de 2013). «Announcement for SEUNGRI's 2nd mini album [LET'S TALK ABOUT LOVE] release on August 21». YG Entertainment. Consultado em 11 de maio de 2016 
  31. «Big Bang's Seungri releases new album». Korea JoongAng Daily. 20 de agosto de 2013. Consultado em 28 de maio de 2016 
  32. «[INTERVIEW] Big Bang member Seungri». TenAsia. 27 de agosto de 2013. Consultado em 28 de maio de 2016 
  33. «Big Bang Seungri Unveils Story Behind New Album». TenAsia. 13 de agosto de 2013. Consultado em 28 de maio de 2016 
  34. «2013년 35주차 Album Chart». Gaon Chart. Consultado em 1 de agosto de 2017 
  35. «2013년 35주차 Digital Chart». Gaon Chart. Consultado em 28 de maio de 2016 
  36. «2013년 Album Chart». Gaon Chart. Consultado em 1 de agosto de 2017 
  37. «BIGBANG's Seungri Displays Sophistication on 'Gotta Talk To U' Single & New EP». Billboard. 21 de agosto de 2013. Consultado em 1 de agosto de 2017 
  38. «Big Bang Seungri's Solo Album Ranks First on Japan's Oricon». Mwave. 10 de outubro de 2013. Consultado em 1 de agosto de 2017 
  39. «BIGBANGのV.I、初の日本オリジナル書き下ろし曲「空に描く思い」がUULAドラマの主題歌に決定» (em japonês). BARKS. Consultado em 28 de maio de 2016 
  40. «Big Bang′s Seungri Sings Drama OST for ′Yubikoi Kimini Okuru Message′ Promo Event». Mwave. 5 de dezembro de 2013. Consultado em 1 de agosto de 2017 
  41. «Big Bang's Seungri Is the First Korean to Host a Cable Show in Japan». Soompi. Consultado em 28 de maio de 2016 
  42. Kim, Jessica (28 de fevereiro de 2014). «Big Bang's Seungri Cast in Ku Hye-sun Drama». TenAsia. Consultado em 1 de agosto de 2017. Arquivado do original em 29 de março de 2014 
  43. Kim, Hee-eun (3 de março de 2014). «Seung-ri to make TV series debut». Korea JoongAng Daily. Consultado em 1 de agosto de 2017 
  44. «Big Bang′s Seungri to Appear on Chinese Reality Program». Mwave. 3 de junho de 2016. Consultado em 17 de julho de 2018 
  45. «SEUNGRI's first Chinese song took No.1 on QQ chart… "The power of fans in this continent is the best, really grateful"». YG Life. 25 de julho de 2016. Consultado em 17 de julho de 2018 
  46. «Big Bang's Seungri to make his Japanese film debut in 'High & Low - The Movie'». Yibada. 22 de abril de 2016. Consultado em 28 de maio de 2016 
  47. «BIGBANGのV.IがEXILEのリーダー・HIROプロデュース映画に出演». スポーツ報知 (em japonês). 21 de abril de 2016. Consultado em 28 de maio de 2016. Arquivado do original em 23 de abril de 2016 
  48. «BIGBANG SEUNGRI's debut film in Japan is released in Korea on January 12». YG Life. 26 de dezembro de 2016. Consultado em 17 de julho de 2018 
  49. «Big Bang's Seungri to star in Chinese film 'Love Only'». The Korea Herald. 8 de fevereiro de 2018. Consultado em 17 de julho de 2018 
  50. «BIGBANG's SEUNGRI kicks off career in Chinese movie scene… "Working hard on Chinese now"». YG Life. Consultado em 17 de julho de 2018 
  51. «빅뱅 승리 "곧 솔로 활동 시작..깜짝 놀랄 것" 예고» (em coreano). Star News. 1 de maio de 2018. Consultado em 17 de julho de 2018 
  52. Riddhi Chakraborty. «6 K-pop Artists Who Also Moonlight as DJs». Rolling Stone India. Consultado em 31 de julho de 2018 
  53. «VG-lista – Topp 20 Single uke 21, 2018». VG-lista. Consultado em 17 de julho de 2018 
  54. «Finnish Charts». Consultado em 17 de julho de 2018 
  55. «2018년 30주차 Album Chart». Gaon Chart. Consultado em 26 de outubro de 2019 
  56. «[OFFICIAL] Big Bang Seungri Will Hold His First-Ever Solo Concert in 12 Years Since Debut… Date Confirmed as August 4·5th». Chosun. YG Life. Consultado em 26 de outubro de 2019 
  57. «Seungri soars as solo artist». The Jakarta Post. 6 de junho de 2018. Consultado em 26 de outubro de 2019 
  58. a b Kim, Ha-jin (5 de agosto de 2018). «[TEN 공연] "승리는 우리의 모든 것"…2시간으로는 부족한 '승츠비' 매력» (em coreano). 10 Asia. Consultado em 26 de outubro de 2019 
  59. Oak, Jessica (27 de agosto de 2018). «Seungri's Debut Tour Proves His Power as a Solo Star». Billboard. Consultado em 27 de agosto de 2018 
  60. «Netflix teams up with YG for a variety show». Korea JoongAng Daily. 23 de fevereiro de 2018. Consultado em 26 de outubro de 2019 
  61. «Comedy show 'YG FSO', starring Seungri of K-pop band Big Bang, to air on Friday on Netflix». South China Morning Post. 3 de outubro de 2018. Consultado em 26 de outubro de 2019 
  62. «빅뱅 승리, '가로채!널' 합류…강호동에 먹칠 설욕전(공식입장)» (em coreano). MBN Korea. 11 de novembro de 2018. Consultado em 26 de outubro de 2019 
  63. «The Great Seungri Tour 2019 Live in Japan ~The Seungri Show~» (em japonês). YGEX. 1 de dezembro de 2018. Consultado em 26 de outubro de 2019 
  64. «BIG BANG's Seungri to hold last solo concerts before military service». The Korea Times. 3 de dezembro de 2018. Consultado em 29 de outubro de 2019 
  65. «YG "승리 해외 콘서트 취소..스케줄 전면 중단"(전문)» (em coreano). Star News. 28 de fevereiro de 2019. Consultado em 26 de outubro de 2019 
  66. «[단독] "물게가 필요해"…승리만 모르는, '버닝썬' 대화방» (em coreano). 디스패치 | 뉴스는 팩트다!. 3 de fevereiro de 2019. Consultado em 26 de outubro de 2019 
  67. «[단독] "물게가 필요해"…승리만 모르는, '버닝썬' 대화방» (em coreano). 디스패치 | 뉴스는 팩트다!. 3 de fevereiro de 2019. Consultado em 26 de outubro de 2019 
  68. «Gov't has Seungri's sordid texts». Korea JoongAng Daily. Consultado em 26 de outubro de 2019 
  69. «승리, 성매매 알선 혐의로 '경찰 입건'…마약류 검사는 '음성 반응' [종합]» (em coreano). n.news.naver.com. Consultado em 26 de outubro de 2019 
  70. «YG 측 "승리 요청에 계약 종료, 대대적 체질 개선 필요성 절감" [전문]» (em coreano). 한국일보. Consultado em 26 de outubro de 2019 
  71. «[단독] 승리, 25일 육군 현역 입대 "의경 포기"». EDaily (em coreano). Naver. 8 de março de 2019. Consultado em 26 de outubro de 2019 
  72. «Seungri to postpone military duty; Jung hands out 'golden phone'». The Korea Times. 15 de março de 2019. Consultado em 26 de outubro de 2019 
  73. Park, Ju-young (20 de março de 2019). «[Newsmaker] Seungri postpones military amid Burning Sun investigation». The Korea Herald. Consultado em 26 de outubro de 2019 
  74. «[Newsmaker] Military recruitment agency okays Seungri's request for draft delay». The Korea Herald. 20 de março de 2019. Consultado em 26 de outubro de 2019 
  75. «"승리·유인석, 유리홀딩스 자금 횡령 의혹 추가 입건"». Korea News1 (em coreano). Naver. Consultado em 26 de outubro de 2019 
  76. «호텔비 3000만원 결제…승리, 성접대 정말 몰랐나» (em coreano). n.news.naver.com. Consultado em 26 de outubro de 2019 
  77. «'뉴스8' 경찰, 승리·유인석 내일(8일) 구속영장 신청». MBN (em coreano). Naver. Consultado em 26 de outubro de 2019 
  78. «경찰 "승리 영장 재신청 현재로썬 어려워"» (em coreano). n.news.naver.com. Consultado em 26 de outubro de 2019 
  79. «승리 '구속 불발', 경찰 "법원 판단 존중…재신청 안해"» (em coreano). n.news.naver.com. Consultado em 26 de outubro de 2019 
  80. «승리, 성매매알선-횡령 등 7개 혐의로 검찰 송치». Newsen (em coreano). Naver. Consultado em 26 de outubro de 2019 
  81. «Police impose exit bans on ex-YG Entertainment chief, Seungri over alleged gambling». The Korea Herald. 20 de agosto de 2019. Consultado em 26 de outubro de 2019 
  82. «K-pop scandal: ex-Big Bang member Seungri questioned over Las Vegas gambling». South China Morning Post. 28 de agosto de 2016. Consultado em 26 de outubro de 2019 
  83. «K-Pop Scandal: YG Pair Questioned by Police, Seungri Admits Some Charges». Variety. 29 de agosto de 2019. Consultado em 26 de outubro de 2019 
  84. «An Insider's Guide To Idols' Side Gigs Part 2: YG Family G-Dragon, Seungri, Goo Hye Sun». KpopStarz. 6 de junho de 2013. Consultado em 28 de maio de 2016 
  85. «Personal Fortunes Of Big Bang Members Revealed». KpopStarz. 16 de janeiro de 2016. Consultado em 28 de maio de 2016 
  86. «Pre-debut photos and anecdotes of Big Bang». Kpop Herald. 31 de agosto de 2016. Consultado em 17 de julho de 2018 
  87. «Celebs build up wealth with '2nd' job». The Korea Times. 9 de abril de 2013. Consultado em 17 de julho de 2018 
  88. a b «[SUPER RICH] Big Bang net worth 40b won». The Korea Herald. 26 de janeiro de 2016. Consultado em 17 de julho de 2018 
  89. «BIGBANG's Seungri Explains Why He Closed Down His Successful Music Academy». Soompi. 4 de janeiro de 2017. Consultado em 17 de julho de 2018 
  90. «And Here». Visit Seoul. Consultado em 30 de julho de 2018. Arquivado do original em 31 de julho de 2018 
  91. «Big Bang's Seungri reportedly owns a private bar called 'Monkey Museum'». Allkpop. 16 de novembro de 2016. Consultado em 17 de julho de 2018 
  92. «Luk Hing Entertainment Joins Hands with Seungri in Tapping the PRC Premium Clubbing and Entertainment Market». ACN Newswire. 24 de janeiro de 2017. Consultado em 17 de julho de 2018 
  93. «11月11日BIGBANG勝利駕到Club Cubic!女士盛裝出席更可獲免費入場!» (em chinês). Yes News. 8 de novembro de 2016. Consultado em 17 de julho de 2018 
  94. «"승리 잘 나가네" 네티즌들이 승리 근황에 놀란 이유» (em coreano). JoongAng Ilbo. 19 de janeiro de 2017. Consultado em 17 de julho de 2018 
  95. «'중국·동남아 진출' 빅뱅 멤버 승리의 라멘사업 근황» (em coreano). JoongAng Ilbo. 5 de dezembro de 2017 
  96. «Seungri's ramen joint to open in Malaysia soon». Yahoo! News. 14 de novembro de 2017. Consultado em 17 de julho de 2018 
  97. «빅뱅 승리, 정유년 연말을 뜨겁게 달군다». Herald Corporation (em coreano). Naver. 26 de dezembro de 2017. Consultado em 17 de julho de 2018 
  98. «Yuri Holdings». Official Website 
  99. «Big Bang's Seungri, Junkilla join forces with new Asia-based music label». Kpop Herald. 1 de fevereiro de 2018 
  100. «Seungri soars as solo artist». The Jakarta Post. 6 de junho de 2018. Consultado em 17 de julho de 2018 
  101. «BIGBANG's Seungri Joins Celebrity Soccer Team FC MEN». Soompi. 26 de maio de 2015. Consultado em 17 de julho de 2018 
  102. «BIGBANG's Seungri is a Jiu-Jitsu master». SBS PopAsia. 18 de julho de 2017. Consultado em 17 de julho de 2018 
  103. «【柔術】韓国人気グループBIGBANGのV.Iが公式戦デビューで準優勝». E Fight. 3 de agosto de 2017. Consultado em 17 de julho de 2018 
  104. «BIGBANG Seungri To Compete In Jiu Jitsu Tournament in New York». KPopStarz. 22 de junho de 2017. Consultado em 17 de julho de 2018 
  105. «BIGBANG's Seungri & Sean Join Hands for Seoul Briquette Charity». Koogle. 29 de dezembro de 2015. Consultado em 17 de julho de 2018 
  106. «BIGBANG SEUNGRI Helps Low-Income Family to Spend Warm Winter». SBS News. 12 de dezembro de 2017. Consultado em 17 de julho de 2018 
  107. «Seungri donates to poor on birthday». The Straits Times. 14 de dezembro de 2017. Consultado em 17 de julho de 2018 
  108. a b «BIGBANG Seungri Drops Out of College to Focus on Career». Soompi. 9 de março de 2012. Consultado em 28 de maio de 2016 
  109. «소시 서현·유리-빅뱅 승리 동국대 연영과 수시 최종합격» (em coreano). Newsen. 5 de novembro de 2011. Consultado em 28 de maio de 2016 
  110. a b «Seung-ri drops university to study online». Yahoo! News. 13 de março de 2012. Consultado em 15 de julho de 2018 
  111. «"더빙NO·통역NO"…'中 진출' 승리, 유창한 중국어 '대륙도 홀릭'» (em coreano). Nate. 8 de fevereiro de 2018. Consultado em 15 de julho de 2018 
  112. «BIGBANG's SEUNGRI starring in Japanese movie… "Really happy to get such suggestion"». YG Life. 22 de abril de 2016. Consultado em 15 de julho de 2018 
  113. «Korean Film Biz Zone». Korean Film-KOFIC. Consultado em 25 de novembro de 2016 
  114. «2013 Mnet Asian Music Awards (part 1)». MAMA. Mwave. Consultado em 25 de novembro de 2016 
  115. «2018 MBC Plus X Genie Music Awards Announces Nominees + Voting Begins». Soompi. 1 de outubro de 2018. Consultado em 28 de dezembro de 2018 
  116. «2018 MAMA Nominees». MAMA. 1 de novembro de 2018. Consultado em 28 de dezembro de 2018 
  117. «'제2회 한중국제영화제' 성료…단편감독데뷔상에 박성광 눈길» (em coreano). Herald Corp. 14 de novembro de 2018. Consultado em 28 de dezembro de 2018 
  118. «2018 MMA Nominees». Melon. 14 de novembro de 2018. Consultado em 28 de dezembro de 2018 
  119. «"빅뱅 멤버들에 영광"..승리, 'SBS 연예대상' 신스틸러상 소감». Star News. 28 de dezembro de 2018. Consultado em 28 de dezembro de 2018 
  120. «28th Seoul Music Awards». SeoulMusicAwards 
  121. «Nominerte Spellemannprisen 2018». Spellemann. Consultado em 12 de fevereiro de 2019 

Ligações externasEditar