Abrir menu principal

Severiano Martins da Fonseca (Cidade de Alagoas, 8 de novembro de 1825Cidade do Rio de Janeiro, 18 de março de 1889) foi um militar e marechal-de-campo brasileiro. Participou da Campanha do Paraguai, recebendo diversas condecorações. É barão com honras de grandeza de Alagoas.

BiografiaEditar

Severiano Martins da Fonseca nasceu em 8 de novembro de 1825, na Cidade de Alagoas, atual Marechal Deodoro (AL), filho do tenente-coronel Manuel Mendes da Fonseca e de Rosa Maria Paulina da Fonseca. Era o mais velho entre os oito filhos e duas filhas do casal. Todos os homens seguiram a carreira militar, estando entre eles o marechal Manuel Deodoro da Fonseca, o marechal Hermes Ernesto da Fonseca e o general-de-brigada João Severiano da Fonseca. Casou com Maria Amália de Carvalho em 4 de julho de 1853.

Participou da Campanha do Paraguai, sendo merecedor das medalhas Paissandu, Mérito Militar e Bravura Militar. Fez parte do Conselho do Imperador, do Conselho Supremo Militar e do Conselho de Guerra. Comandou a Escola Militar entre 1877 e 1878.[1]

Em 2 de março de 1889 foi intitulado barão com honras de grandeza de Alagoas. Faleceu 16 dias depois.

Grupo Severiano Martins da FonsecaEditar

Em 1987 o 28º Grupo de Artilharia de Campanha, atualmente locado em Criciúma, Santa Catarina, recebeu a denominação histórica de Grupo Severiano Martins da Fonseca, homenagem ao militar que havia comandado o Grupo em suas origens e muito contribuído, em especial, à arma de artilharia.[2][3]

Referências

  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.