Severo Maria Eulálio

político brasileiro
Severo Eulálio
Replace this image male.png
Severo Eulálio
Nome completo Severo Maria Eulálio
Nascimento 17 de janeiro de 1930
Picos Picos, PI
 Brasil
Morte 24 de novembro de 1979 (49 anos)
Picos Picos, PI
 Brasil
Nacionalidade Brasil
Ocupação advogado, político e professor
Escola/tradição Universidade Federal do Piauí

Severo Maria Eulálio (Picos, 17 de janeiro de 1930Picos, 24 de novembro de 1979) foi um advogado e político brasileiro, deputado estadual e deputado federal falecendo no exercício do mandato de prefeito de Picos para o qual fora eleito em 1976.

BiografiaEditar

Filho de Urbano Maria Eulálio e Elza Clementino dos Santos, formou-se em Direito pela Faculdade Federal de Direito do Piauí, embrião da atual Universidade Federal do Piauí, no ano de 1952 integrando a turma Centenário de Teresina. Em sua cidade natal foi professor e depois diretor do Ginásio Estadual Picoense, que depois seria renomeado como "Unidade Escolar Marcos Parente".

Carreira políticaEditar

Líder estudantil quando de sua estadia em Teresina foi assessor da respectiva prefeitura, delegado do extinto Instituto de Previdência e Assistência aos Servidores do Estado (IPASE) e funcionário do Colégio Estadual Zacarias de Góis (Liceu Piauiense) sendo depois aprovado em concurso público para o cargo de professor da Universidade Federal do Piauí. Disputou sua primeira eleição em 1958 e ficou na segunda suplência de deputado estadual pelo PTB chegando a ser convocado, oportunidade em que exerceu a liderança do governo Chagas Rodrigues na Assembléia Legislativa sendo reeleito em 1962. Após a instituição do Regime Militar de 1964, foi um dos poucos piauienses a optar pela legenda do MDB e conquistou um novo mandato em 1966. Eleito deputado federal em 1970, despediu-se do legislativo estadual com um discurso contundente no qual fez ásperas críticas à situação política do país, fato lhe custou um processo na justiça eleitoral do qual acabou absolvido. No curso de sua estadia em Brasília, foi estagiário na Escola Superior de Guerra. Candidato a reeleição em 1974, ficou na primeira suplência. Em 1976, venceu as eleições para Prefeito de Picos, êxito que entraria para a história como a única vitória oposicionista nas eleições municipais daquela cidade até 2004. Faleceu no exercício do cargo, em decorrência de um acidente automobilístico em 1979, sendo sucedido pelo vice-prefeito Valdemar Rodrigues de Sousa Martins.

HerdeirosEditar

Desde sua saída da Assembléia Legislativa do Piauí sua cadeira foi ocupada ora por seu irmão Oscar Eulálio (1970, 1974 e 1978) e depois por seu filho Kléber Eulálio (desde 1982). Seu outro filho, Severo Eulálio Filho, foi eleito segundo suplente do senador Mão Santa pelo PMDB em 2002.

FontesEditar

SANTOS, José Lopes dos. A Vida e Seus Caminhos. 2º volume. Teresina, Gráfica Mendes, 2002

Precedido por
José Nunes de Barros
Prefeito de Picos
19771979
Sucedido por
Waldemar Rodrigues Martins