Sexto Tédio Valério Cátulo

Sexto Tédio Valério Cátulo (em latim: Sextus Tedius Valerius Catullus) foi um político romano da nomeado cônsul sufecto em 31 com Fausto Cornélio Sula Lúculo. Originalmente um membro da influente gente Valéria, Cátulo era filho do senador Lúcio Valério Cátulo com Tédia Polião, filha do rico senador Sexto Tédio. Provavelmente foi adotado por seu avô e assumiu o nome dele.

Sexto Tédio Valério Cátulo
Cônsul do Império Romano
Consulado 31 d.C.

Cátulo foi nomeado por causa de sua lealdade ao imperador Tibério e ao prefeito pretoriano Lúcio Élio Sejano. Depois da queda de Sejano, ainda no mesmo ano, Cátulo se afastou da política e foi cuidar de suas propriedades na Itália para não ser envolvido nos eventos posteriores. Foi substituído por Lúcio Fulcínio Trião.

Ver tambémEditar

Cônsul do Império Romano
 
Precedido por:
'Lúcio Cássio Longino

com Marco Vinício
com Lúcio Névio Surdino (suf.)
com Caio Cássio Longino (suf.)

Tibério V
31

com Lúcio Élio Sejano
com Fausto Cornélio Sula Lúculo (suf.)
com Sexto Tédio Valério Cátulo (suf.)
com Públio Mêmio Régulo (suf.)
com Lúcio Fulcínio Trião (suf.)

Sucedido por:
'Cneu Domício Enobarbo

com Lúcio Arrúncio Camilo Escriboniano
com Aulo Vitélio (suf.)


BibliografiaEditar

  • Ingemar König, Der römische Staat II, Die Kaiserzeit, Stuttgart 1997, p. 465 (em alemão)