Abrir menu principal
Sexto Vetuleno Cívica Cerial
Cônsul do Império Romano
Consulado 106 d.C.

Sexto Vetuleno Cívica Cerial (em latim: Sextus Vettulenus Civica Cerialis) foi um senador romano eleito cônsul em 106 com Lúcio Ceiônio Cômodo[1]. Seu cognome "Cerialis" é de origem sabina[2] e sua família era oriunda de Reate, a antiga capital sabina, à nordeste de Roma[3]. Era filho de Sexto Vetuleno Cerial, cônsul sufecto em 72 ou 73, comandante militar durante a Grande Revolta Judaica e governador da Judeia entre 70 e 71[4][5].

FamíliaEditar

Vetuleno se casou duas vezes. Com a primeira esposa, de nome desconhecido, teve Sexto Vetuleno Cívica Pompeiano, cônsul em 136. Da segunda, chamada Pláucia (que pode ter sido Fundânia Pláucia, a mãe de Lúcio Élio), teve Marco Vetuleno Cívica Bárbaro, cônsul em 157[6][7].

Ver tambémEditar

Referências

  1. Fastos Ostienses, CIL XIV, 244 etc.
  2. W. Brian Jones. The Emperor Domitian, Routledge, 1992, p. 11
  3. CIL IX, 4742
  4. CIL XVI, 22
  5. Michel Christol, Cahiers du Centre Gustave Glotz, 1997, M. Simplicinius Genialis : ses fonctions (vir perfectissimus, agens vice praesidis), p. 233.
  6. Pierre Charneux, Bulletin de correspondance hellénique, 1957, M. Vettulenus Civica Barbarus, p. 125-131.
  7. John D. Grainger, Roman Succession Crisis of AD 96-99 and the Reign of Nerva, Routledge, 2003, p. 76.