She's Your Lover Now

"She's Your Lover Now" é uma canção escrita pelo cantor e compositor norte-americano Bob Dylan e gravada para seu álbum Blonde on Blonde de 1966, embora nunca foi apresentada nele. É uma "cena dramatizada para três personagens, mas apenas um orador - o cantor - está tentando desvendar um emaranhado de emoções complicadas".[1]

"She's Your Lover Now"
Canção de Bob Dylan
do álbum Blonde on Blonde
Lançamento 26 de março de 1991
Gravação Nova Iorque, 21 de março de 1966
Gênero(s) Rock
Duração 06:09
Gravadora(s) Columbia
Composição Bob Dylan
Produção Bob Johnston
Faixas de Blonde on Blonde
"I'll Keep It with Mine"
(33)
"I Shall Be Released"
(35)

Gravação

editar

A terceira sessão de Blonde on Blonde, que aconteceu em 21 de janeiro de 1966, no Studio A da Columbia Recording Studios em Nova Iorque, foi dedicada inteiramente em fazer uma revisão completa em "She's Your Lover Now". 19 tomadas foram gravados entre 14:30 e 2:30, mas várias foram falsos inícios.[2] A tomada mais completa com a banda completa foi a 19, que foi lançada posteriormente em The Bootleg Series Volumes 1–3 (Rare & Unreleased) 1961–1991. Após o dia 21, a música foi retirada da gravação e nunca mais retornou.

Na folha de gravações, cada foto é intitulada "Just a Little Glass of Water",[2] que era o nome de trabalho da música.[1]

A sexta tomada da música apareceu em The Bootleg Series Vol. 12: The Cutting Edge 1965–1966; além disso, várias outras tomadas da música aparecem nas edições de luxo e de colecionador da compilação.[3][4]

Uma versão com apenas Dylan no piano e nos vocais foi muito elogiada por Paul Williams no livro Bob Dylan Performing Artist The Early Years 1960-1973, a partir da página 180. Esta versão está na edição de luxo de The Bootleg Series Vol. 12: The Cutting Edge 1965–1966, disco cinco, faixa sete, e o lançamento não oficial Thin Wild Mercury Music como Just a Little Glass of Water (2).

Crédito

editar

No entanto, especula-se que Garth Hudson, Richard Manuel e Sandy Konikoff não tocaram nesta versão, com Al Kooper no órgão, Paul Griffin no piano e Levon Helm na bateria.[1]

Referências

  1. a b c Bauldie, John, Liner Notes to the Bootleg Series Volumes 1-3, Sony, 1991
  2. a b Bjorner, Olof, "Still on the Road 1966", 1225
  3. «Bob Dylan – The Cutting Edge 1965-1966: The Bootleg Series Vol. 12». Página oficial de Bob Dylan. Consultado em 9 de março de 2019. Arquivado do original em 28 de setembro de 2017 
  4. Greene, Andy (24 de setembro de 2015). «Inside Bob Dylan's Massive New Sixties Bootleg Series Trove». Rolling Stone. Consultado em 9 de março de 2019 

Ligações externas

editar
  Este artigo sobre uma canção é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.