Abrir menu principal
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações (desde março de 2011). Ajude a melhorar este artigo inserindo fontes.
Shylock Depois do Julgamento (Shylock After the Trial), de John Gilbert (fim do século XIX).

Shylock é um personagem fictício da peça The Merchant of Venice (O Mercador de Veneza), do dramaturgo inglês William Shakespeare.

Na peça, Shylock é um agiota judeu que empresta dinheiro a seu rival cristão, Antônio, colocando como fiança uma libra da carne de Antônio. Quando este, após se ver falido, não consegue pagar o empréstimo, Shylock exige a libra de carne, como vingança por Antônio tê-lo insultado e cuspido anteriormente. Neste meio tempo, a filha de Shylock, Jéssica, foge com um amigo de Antônio, Lourenço, e se tornou uma cristã, levando dinheiro e jóias de sua herança, aumentando ainda mais a fúria de Shylock.

Contexto históricoEditar

Durante a época de Shakespeare, a agiotagem era uma ocupação comum entre os judeus, devido à crença entre os cristãos da época de que a usura era um pecado, e por ser uma das poucas profissões que era permitido aos judeus exercer na Europa medieval, tendo em vista que as leis do período proibiam qualquer outro tipo de ocupação.

BibliografiaEditar

  • Adler, Jacob, A Life on the Stage: A Memoir, traduzido e comentado por Lulla Rosenfeld, Knopf, Nova York, 1999, ISBN 0-679-41351-0.
  • Granach, Alexander, "There Goes an Actor," tr. Willard Trask, Doubleday, Doran, Garden City, NY, 1945. (Also Granach, Alexander, "From the Shtetl to the Stage: The Odyssey of a Wandering Actor," com nova introdução de Herbert S., Lewis, Transaction Publishers, New Brunswick, NJ, 2010, ISBN 978-1-4128-1337-1.
  • Smith, Rob: Cambridge Student Guide to The Merchant of Venice. ISBN 0-521-00816-6.


  Este artigo sobre uma personagem de ficção é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.