Abrir menu principal

Sidney Moraes

futebolista brasileiro

Sidney Moraes de Almeida Júnior, mais conhecido como Sidney Moraes ou apenas Sidney (Ituiutaba, 3 de março de 1977) é um treinador e ex-futebolista brasileiro que atuava como meio-campo. Atualmente comanda a URT.

Sidney Moraes
Informações pessoais
Nome completo Sidney Moraes de Almeida Júnior
Data de nasc. 3 de março de 1977 (42 anos)
Local de nasc. Ituiutaba, (MG), Brasil
Altura 1,77 m
Informações profissionais
Equipa atual URT
Posição Treinador (ex-Meia)
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1997–2000
2000–2001
2001–2003
2004
2004–2005
2005–2006
2006–2008
2008
2008–2009
2009
2009–2010
2011
São Paulo
Sport
Fluminense
Guarani
Penafiel
Braga
Al Khaleej
Al-Wahda
Trofense
Santo André
Kalba Club
Boa Esporte
0011 0000(0)
0024 0000(1)
0060 0000(2)
0014 0000(1)
0027 0000(0)
0013 0000(0)


0001 0000(0)
0006 0000(0)
Times/Equipas que treinou
2012–2013
2013
2014
2014
2014
2015
2017–2018
2019-
Boa Esporte
Icasa
Ponte Preta
Vila Nova
Náutico
Paysandu
Boa Esporte
URT
{0000039
0000003
0000006
0000010
0000006
0000022

Índice

JogadorEditar

Atuou durante quartorze anos como Meio-Campo. Iniciou a sua carreira no São Paulo depois foi emprestado para o Sport Recife, retornou ao São Paulo e Sport. depois foi para o Fluminense e Guarani . Até que, foi para o exterior atuar no Penafiel e Braga, de Portugal. em seguida foi para os Emirados Arabes, por onde defendeu o Al-Khaleej e o Al-Wahda. retornou a Portugal, para defender o Trofense. Em 2009 retornou ao Brasil, para atuar pelo Santo André. Retornou ao Oriente, para atuar pelo Kalba Club. Em 2011 retornou ao Brasil para defender o Boa Esporte, por onde encerrou sua carreira.

TreinadorEditar

No próprio Boa Esporte inicia a carreira de treinador de futebol em 2011 como assistente de Nêdo Xavier. Dirigiu a equipe interinamente após a saída de Nêdo.[1] Em 2012 foi efetivado como treinador da equipe principal[2], onde permaneceu até abril de 2013.

Para a temporada de 2014 Sidney Moraes chegou a assinar o contrato como treinador do Avaí, mas acabou cedendo a uma proposta financeira melhor da Ponte Preta.[3][4] Após apenas três partidas foi demitido em 31 de janeiro de 2014.[5]

Em 6 de março foi contratado pelo Vila Nova de Goiás.[6] mas permaneceu apenas por seis partidas.[7] Em 15 de maio foi contratado pelo Náutico,[8] onde permaneceu até 10 de agosto.[9]

No início de dezembro acertou com o Paysandu para a temporada 2015.[10] Mesmo com a equipe classificada para as quartas de final da Copa Verde de 2015, foi dispensado em 22 de fevereiro de 2015 por discordar da substituição sugerida pela direção do clube de um dos membros de sua comissão técnica.[11][12]

Em 9 de novembro de 2017, o Boa Esporte acertou com Sidney Moraes para comandar a equipe nas poucas rodadas que restavam da Série B, com uma campanha irregular durante boa parte da competição a equipe mineira depositou toda sua confiança no novo técnico, para se salvar do rebaixamento a Série C.[13] Com a permanência garantida na Série B e com o bom futebol e grandes resultados vindos do trabalho de Sidney Moraes, o treinador e o clube renovaram o vinculo para 2018, a diretoria e o treinador irão planejar a próxima temporada do Boa Esporte.[14] No dia 12 de janeiro de 2019 é anunciado como novo treinador da URT para a disputa do Campeonato Mineiro.[15]

EstatísticaEditar

Atualizado até 23/02/2015.

Clube Jogos Vitórias Empates Derrotas
Boa Esporte 16 4 5 7
Icasa 39 20 4 15
Ponte Preta 3 1 0 2
Vila Nova 6 0 0 6
Náutico 10 4 1 5
Paysandu 6 2 2 2
Boa Esporte 22 7 5 10

TítulosEditar

Como jogadorEditar

São Paulo
Sport
Fluminense

Como treinadorEditar

Boa Esporte

Prêmios individuaisEditar

  • Troféu Flávio Ponte: 2013

Referências

  1. Superesportes (30 de novembro de 2011). «Boa Esporte não define novo técnico, e auxiliar comanda time na Taça Minas». 14:07. Consultado em 18 de janeiro de 2012 
  2. Grande Área – Futebol Interior (16 de janeiro de 2012). «Boa Esporte confirma auxiliar como técnico para 2012». Consultado em 18 de janeiro de 2012 
  3. «Com contrato assinado, técnico desiste do Avaí pela Ponte Preta». Info Esporte. 16 de dezembro de 2013. Consultado em 16 de dezembro de 2013 
  4. «Novo treinador da Macaca, Sidney Moraes é apresentado oficialmente no Moisés Lucarelli». Sítio oficial AA Ponte Preta. 17 de dezembro de 2013 
  5. «Após goleada, Sidney Moraes é demitido na Ponte Preta». Portal Terra. 31 de janeiro de 2014 
  6. «Focado no trabalho Sidney Moraes chega ao Vila Nova». Sítio oficial Vila Nova FC. 6 de março de 2014 
  7. «Sidney Moraes deixa o comando do Vila Nova». Sítio oficial do Vila Nova. 20 de maio de 2014 
  8. «Ex-Vila Nova, Sidney Moraes é apresentado como novo técnico do Náutico». ESPN. 15 de maio de 2014 
  9. «Série B: Com salários atrasados, Sidney Moraes deixa o Náutico». Futebol do Interior. 10 de agosto de 2014 
  10. «Novo técnico do Paysandu, Sidney Moraes é apresentado oficialmente». Globoesporte. 8 de dezembro de 2014 
  11. «Sidney Moraes não é mais técnico do Paysandu». Sítio oficial Paysandu. 22 de fevereiro de 2015 
  12. «Mesmo classificado, Sidney Moraes não é mais treinador do Paysandu». Globoesporte. 23 de fevereiro de 2015 
  13. «Sidney Moraes assume Boa Esporte, e Nedo Xavier volta a ser coordenador». Globoesporte 
  14. «Técnico Sidney Moraes renova com o Boa Esporte para a temporada 2018». Globoesporte 
  15. «URT troca de treinador e escolhe Sidney Moraes, ex-Boa Esporte, para o cargo». Globoesporte. Consultado em 1 de fevereiro de 2019 

Ligações externasEditar