Sigerico

Sigerico foi um rei visigodo que governou durante uma semana, no ano de 415 d.C..[1][2]

Sigerico
Nascimento 370
Morte setembro de 415
Barcelona
Irmão(s) Saro, o Godo
Ocupação soberano,

Depois da morte de Ataúlfo gera-se uma disputa pelo trono entre Sigerico e o irmão do defunto rei: Vália, e Sigerico começa por levar a melhor.[1][2]

Nos poucos dias que governou deixou bem claras as suas intenções: mandou matar os seis filhos de Ataúlfo (para evitar o risco de pretendentes ao trono) e atacou Gala Placídia, a viúva de Ataúlfo.[1][2] "Ataúlfo só aparece na sua biografia como tendo um filho de Gala Placídia"

Esta situação tornou-se intolerável para os partidários de Vália na corte visigoda e Sigerico foi assassinado.[1][2]

Referências

  1. a b c d Científicas (Spain), Consejo Superior de Investigaciones (1990). Relaciones artísticas entre España y América (em espanhol). Madrid: Editorial CSIC - CSIC Press. p. 184 
  2. a b c d García-Borreguero, Javier Arjona (2016). Viajeros del pasado (em árabe). Madrid: Chiado Editorial. pp. 260–261 
Precedido por:
Ataúlfo
Reis visigodos
415–415
Sucedido por:
Vália