Abrir menu principal
Silva Canta Marisa
Silva canta Marisa.jpg
Álbum de estúdio de Silva
Lançamento 18 de novembro de 2016
Gênero(s)
Idioma(s) português
Formato(s) CD, download digital, streaming
Gravadora(s) SLAP
Produção
  • Rodolfo Simor
  • Silva
Cronologia de Silva
Júpiter
(2015)
Silva Canta Marisa Ao Vivo
(2017)
Singles de Silva Canta Marisa
  1. "Noturna (Nada De Novo Na Noite)"
    Lançamento: 21 de novembro de 2016

Silva Canta Marisa é o quarto álbum de estúdio do cantor brasileiro Silva, lançado em 18 de novembro de 2016.

Índice

HistóricoEditar

Em setembro de 2015, o artista lançou uma série de shows em que cantava músicas de Marisa Monte, cantora fluminense de quem é fã. Em dezembro do mesmo ano, o mesmo repertório foi utilizado quando o artista foi convidado a participar do programa "Versões", que foi ao ar pelo Canal Bis[1]. A cantora assistiu ao programa e entrou em contato com Silva, com quem acabou definindo uma amizade e estabelecendo uma parceria musical. Juntos, eles compuseram uma série de canções.[2] Uma delas, a inédita Noturna (Nada de Novo na Noite), contém a participação da cantora na autoria da letra e nos vocais.

O repertório do disco difere daquele escolhido para o programa de televisão e para os shows, tendo músicas de todas as fases de Marisa, incluindo projetos paralelos como os Tribalistas. Nas palavras do capixaba:

Sexta-feira sai o 'Silva canta Marisa'.

O disco não é um recorte dos shows de setembro de 2015. Esse disco foi cuidadosamente produzido e gravado por mim e Rodolfo Simor durante meses. Foi um trabalho muito prazeroso colocar a minha cara na mudança dos arranjos, na escolha dos timbres, passar canal por canal em fita (valeu pela força Arthur Joly), e todo o processo de mixagem bem detalhista. Na capa a fotografia sempre exata é do amigo Jorge Bispo.

Pra coroar tudo isso temos a inédita "Noturna", composta por Marisa, Lucas e eu, que completa todo o sentido do disco, e deixa a gente honrado. Marisa Monte é uma artista incrível. Não vive isolada no monte, como alguns pensam. É uma pessoa simples, genial e muito generosa. A prova disso é toda a doçura que é tê-la, ela mesmo, no projeto. O tom não é uma simples homenagem, mas dizer: Marisa, o que você faz é tão relevante e fundamental, que a gente tem enorme prazer em fazer desse jeito.

— Silva, em sua página oficial no Facebook. Publicação feita em 15 de novembro de 2016.

A capa do disco foi revelada em 15 de novembro de 2016, mesmo dia em que o cantor revelou o lançamento em suas redes sociais. No mesmo dia, prévias das músicas foram disponibilizadas no site oficial da gravadora. A foto foi tirada por Jorge Bispo.

O disco primeiramente foi lançado digitalmente, com versões físicas sendo lançadas pouco tempo depois. Em dezembro o cantor começará a promover o disco, com um show programado para o dia 17 daquele mês.[3]

RecepçãoEditar

CríticaEditar

Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
Público      [4]

Gonçalo que escreve para a coluna Ípsilon do jornal português Público, cita que Silva não estava interessado em buscar referencias ao tropicalismo efervescente dos anos 60 e 70 como a geração atual faz, dessa maneira Silva vai num disco mais acidental e entroniza Marisa Monte com toda justiça[4].

Prêmios e indicaçõesEditar

Foi indicado ao Grammy Latino de 2017 de Melhor Álbum de MPB, sendo que "Noturna (Nada De Novo Na Noite)" também recebeu uma indicação: Melhor Canção em Língua Portuguesa.[5]

A revista Rolling Stone Brasil o elegeu o 24º melhor álbum brasileiro de 2016.[6]

DivulgaçãoEditar

No dia 17 de dezembro de 2016 Silva deu início a turnê de divulgação do disco com apresentação no Sesc Pompeia em São Paulo[7]. O repertório do show inclui todas as canções do disco e com inclusão de outras canções do repertório de Marisa Monte. No dia 7 de maio de 2017 foi anunciado que Silva gravaria os shows que ocorrera nos dias 7 e 8 de junho de 2017 na Casa Natura Musical em São Paulo, gerando assim um DVD do projeto[8].

RepertórioEditar

O repertório da turnê Silva Canta Marisa revisita basicamente canções de Marisa Monte, algumas destas canções Marisa não chegou a registrar em sua discografia apenas foi inclusa em repertórios de seus shows, como é o caso de "Sonhos" de Peninha, entre outras.

Turnê Silva Canta Marisa


  1. "Chuva no Brejo"
  2. "Ainda Lembro"
  3. "Na Estrada"
  4. "O Bonde do Dom"
  5. "De Noite na Cama"
  6. "O Que Me Importa"
  7. "Acontecimento" (cover Hyldon)
  8. "Tema de Amor"
  9. "Não É Fácil"
  10. "Pecado É Lhe Deixar de Molho" (cover Tribalistas)
  11. "Noturna (Nada De Novo Na Noite)"
  12. "Sonhos" (cover Peninha)
  13. "Amor I Love You"
  14. "Mistério do Planeta" (cover Novos Baianos)
  15. "Eu Sou o Caso Deles" (cover Novos Baianos)
  16. "Eu Sei (Na Mira)"
  17. "Beija Eu"
  18. "Verdade, uma Ilusão"
  19. "Infinito Particular"
  20. "Não Vá Embora"

Encore:

  1. "A Sua"
  2. "Vilarejo"
  3. "Feliz e Ponto"

Lista de faixasEditar

Silva Canta Marisa[11]
N.º TítuloCompositor(es) Duração
1. "Ainda Lembro"  Marisa Monte / Nando Reis 4:01
2. "Eu Sei (Na Mira)"  Monte / Reis 3:11
3. "Infinito Particular"  Arnaldo Antunes / Carlinhos Brown / Monte 5:30
4. "Não É Fácil"  Antunes / Brown / Monte 3:57
5. "Noturna (Nada De Novo Na Noite)" (Com a participação de Marisa Monte)Monte / Lucas Silva / Lúcio Silva 2:36
6. "Pecado É Lhe Deixar de Molho"  Antunes / Brown / Monte 3:29
7. "Beija Eu"  Antunes / Arto Lindsay / Monte 3:15
8. "O Bonde do Dom"  Antunes / Brown / Monte 4:26
9. "Não Vá Embora"  Antunes / Monte 3:37
10. "Verdade, uma Ilusão"  Antunes / Brown / Monte 5:31
11. "Tema de Amor"  Brown / Monte 3:39
12. "Na Estrada"  Brown / Monte / Reis 4:23

NotasEditar

  1. O show de 2 de junho de 2017 em Brasília faz parte do Festival MovA[9]
  2. O show de 4 de agosto de 2017 em Brasília faz parte do Festival CoMA[10]

Referências

  1. Notícias: SILVA canta Marisa Monte em show inédito
  2. Parceria com Marisa Monte pode ser o mote do próximo álbum de Silva
  3. O disco que é fruto de um encontro: SILVA canta Marisa
  4. a b Frota, Gonçalo (11 de maio de 2017). «As canções de Marisa Monte como se fossem soul». Público. Consultado em 12 de maio de 2017 
  5. Ceccarini, Viola Manuela (20 de novembro de 2017). «The 18th Latin GRAMMY Awards in Las Vegas». Livein Style. Consultado em 28 de dezembro de 2017 
  6. «Melhores Discos Nacionais de 2016». Rolling Stone Brasil. Grupo Spring de Comunicação. 2016. Consultado em 20 de janeiro de 2019 
  7. «'Silva Canta Marisa' e encanta São Paulo na estreia da nova turnê». Fica Quietinho. Consultado em 14 de março de 2017 
  8. Ferreira, Mauro (7 de maio de 2017). «Show em que Silva canta Marisa gera DVD que vai ser gravado em junho». G1. Consultado em 8 de junho de 2017 
  9. «Festival MovA - Movimento Aprático». brasilia.deboa.com. Consultado em 12 de maio 2017. Arquivado do original em 9 de maio de 2017 
  10. «Festival CoMA, que será realizado em agosto, anuncia atrações por dia». Correio Braziliense. 28 de junho de 2017. Consultado em 28 de setembro de 2017 
  11. 'Silva Canta Marisa' de Silva, iTunes