Abrir menu principal
Silvana Lopes
Nascimento 21 de agosto de 1931 (88 anos)
Niterói,  Rio de Janeiro
Nacionalidade Brasil Brasileira
Ocupação ex-Atriz, ex-Vedete

Silvana Lopes (Niterói, 21 de agosto de 1931) é uma atriz brasileira de televisão, cinema, e teatro.

BiografiaEditar

Silvana iniciou sua carreira no rádio e logo em seguida iniciou em teleteatros na TV Tupi. Versátil fez sucesso também em teatro de revista e na peça, Navalha na Carne de Plínio Marcos[1].Foi presença marcante em filmes da pornochanchada nas 70 e início dos anos 80, por essa presença marcante é considerada umas das musas da Boca do Lixo. Nos palcos Silvana foi vedete do teatro de revista atuando com o mítico Walter Pinto em produções no Rio de Janeiro e em São Paulo. E nessa área tudo começou com um convite de Max Nunes para o espetáculo “De Cabral a JK”, em 1958. Em 1986 Silvana criou um Grupo de teatro e parou com sua carreira de atriz dando enfoque a produção de espetáculos. [2]

Trabalhos na TelevisãoEditar

Trabalhos no CinemaEditar

Ano Título Papel
1981 Eva, o Princípio do Sexo Dona Zefa
1976 Eu Faço...Elas Sentem Vedete
Traídas pelo Desejo Cristina[7]
O Dia das Profissionais
Pura como um Anjo, será virgem? Silvana
1975 Quando Elas Querem...E Eles Não Roberta[8]
Amadas e Violentadas Mãe
1974 Pensionato de Mulheres Ismênia
O Trote dos Sádicos Sra. Müller
Macho e Fêmea[9] Sofia
A Gata Devassa Condessa

Referências

  1. «Silvana Lopes -Biografia & Filmografia». Mulheres do Cinema Brasileiro. Consultado em 23 de novembro de 2016 
  2. «Biografia de Silvana Lopes». Museu da Televisão Brasileira. Consultado em 2016-1123  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  3. «Grande Sertão Veredas - Ficha Técnica». Memória Globo. Consultado em 23 de novembro de 2016 
  4. «Cinderala 77». Teledramaturgia. Consultado em 21 de novembro de 2016 
  5. «O Leopardo». Teledramaturgia. Consultado em 22 de novembro de 2016 
  6. «A Menina do Veleiro Azul». Teledramaturgia. Consultado em 21 de novembro de 2016 
  7. «Traídas pelo Desejo». Cinemateca Brasileira. Consultado em 23 de novembro de 2016 
  8. «Quando Elas Querem...E Eles Não». Cinemateca Brasileira. Consultado em 23 de novembro de 2016 
  9. «Macho e Fêmea». Cinemateca Brasileira. Consultado em 23 de novembro de 2016. Arquivado do original em 24 de setembro de 2016