Simplégades

Simplégades (lit. "colidentes"), na mitologia grega, eram um par de rochedos situado à entrada do mar Negro, além do ponto onde as sereias cantam que, por serem movediços, ou flutuantes, naufragavam todos os navios que por ali tentavam cruzar. O primeiro a atravessá-los foi Jasão e os Argonautas, auxiliados pela deusa Hera. Foram eles também os responsáveis por fixar os rochedos.[1]

Referências

  1. Filho 2016, p. 29.

BibliografiaEditar

  • Filho, Claudio Castro (2016). Eu mesma matei meu filho: Poéticas do trágico em Eurípides, Goethe e García Lorca. Coimbra: Imprensa da Universidade de Coimbra