Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Siringe (desambiguação).

A siringe é um órgão presente nas aves, responsável pela produção e emissão de sons. Localiza-se na extremidade terminal da traqueia e porções iniciais dos dois brônquios primários.[1] As aves que emitem sons provocados pela siringe (canto) são denominadas aves canoras. A siringe é formada pela parte final da traqueia e pelo início dos brônquios primários. As cartilagens traqueais da siringe são firmes, enquanto as cartilagens brônquicas são bem deficientes, embora uma curta barra vertical (pessulo) separe as aberturas brônquicas. As paredes lateral e medial dos brônquios são membranosas e produzem sons quando sujeitas a vibrações. O pato e o cisne machos possuem uma ampola óssea (supostamente uma caixa de ressonância) na face esquerda da siringe.

foto de uma siringe de uma galinha, mostrando a forma em tripé formada pela traqueia, membranas timpaniformes e brônquios.
Siringe de uma galinha. 1. Traqueia; 2. Membrana timpaniforme lateral; 3. Membrana timpaniforme mediana; 4. Brônquio.

ReferênciasEditar

  1. Suthers, Roderick A. (outubro de 1990). «Contributions to birdsong from the left and right sides of the intact syrinx». Nature (em inglês) (6292): 473–477. ISSN 1476-4687. doi:10.1038/347473a0. Consultado em 7 de setembro de 2021 
  Este artigo sobre biologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.