Smith & Wesson Model 29

O Smith & Wesson Model 29 é um revólver de ação dupla com tambor de seis tiros, projetado para o cartucho .44 Magnum e fabricado pela empresa americana Smith & Wesson.

Smith & Wesson Model 29
Smith & Wesson Model 629 .44 Magnum com cano de 8,375 in (213 mm).
Tipo Revólver
Local de origem  Estados Unidos
História operacional
Utilizadores Ver Usuários
Histórico de produção
Data de criação 1955
Fabricante Smith & Wesson
Período de
produção
1955–atualmente
Variantes Ver Variantes
Especificações
Peso
  • 1 177 g (41,5 oz) (4")
  • 1 276 g (45,0 oz) (6")
Comprimento
  • 240 mm (9,45 in) (4")
  • 300 mm (11,8 in) (6 ½")
Comprimento 
do cano
  • in (76,2 mm)
  • 4 in (102 mm)
  • 6 in (152 mm)
  • 6,5 in (165 mm)
  • 8,375 in (213 mm)
  • 10,625 in (270 mm)
Cartucho
Calibre ,429 in (10,9 mm)
Ação Ação dupla (DA)
Sistema de suprimento Tambor de 6 munições
Mira De ferro fixa na frente regulável na traseira

CaracterísticasEditar

O S&W Model 29 foi oferecido com canos de 3, 4, 5, 6, 6 ½, 8 ⅜ e 10 ⅝ polegadas (76, 102, 127, 152, 165, 213 e 270 mm) como modelos padrão. Outros comprimentos de cano estavam disponíveis por encomenda especial da Smith & Wesson Custom Shop ou personalizados por armeiros. A variante de 5 polegadas (130 mm) de cano tinha um comprimento insuficiente. As opções de acabamento disponíveis incluíam uma superfície altamente polida, azulada ou niquelada.

Na época de sua introdução, o S&W Model 29 era o revólver de produção mais poderoso. Havia um número de armas personalizadas que eram mais poderosas que ele, como nas antigas Howdah pistols do século XIX, e mais tarde ele tenha sido superado por revólveres para os cartuchos .454 Casull e .50 Action Express ainda maiores. Ele ficou famoso em todo o mundo por associação com o personagem fictício "Dirty Harry" Callahan no filme Dirty Harry.

O S&W Model 29 foi projetado para cartuchos .44 Special, assim como o .44 Magnum. O estojo "Magnum" é um pouco mais longo para impedir que eles sejam disparados em revólveres projetados apenas para o .44 Special.

 
Dois Smith & Wesson Model 29, com canos de 8 ⅜ e 4 polegadas.

HistóriaEditar

 
O Smith & Wesson Mountain Gun cerca de 1995.

As realizações de Elmer Keith em maximizar o poder e o desempenho do .44 Special foram a inspiração e a força motriz por trás da introdução do .44 Magnum pela Smith & Wesson. Sua intenção para o novo calibre era que fosse usada nas armas auxiliares para caçadores de animais grandes e perigosos, e não para autodefesa, embora, com os cartuchos "Special" de hoje em dia, a possibilidade de uso em defesa pessoal seja uma realidade.[1]

A produção da S&W de um revólver de quaro-N grande em .44 Magnum começou em 1955; a designação de Model 29 foi estabelecida em 1957.[2] Ele ficou restrito a um pequeno grupo de entusiastas de armas de mão, alguns policiais e caçadores até 1971, quando Clint Eastwood a tornou famosa como "a arma mais poderosa do mundo" no filme Dirty Harry. Após o lançamento do filme, os varejistas tiveram problemas para manter o Model 29 em estoque.[3]

No final da década de 1990, a Smith & Wesson interrompeu a produção de muitos modelos de revólveres, incluindo a versão "básica" do Model 29; desde então, em vários momentos, o modelo, em configurações limitadas ou "personalizadas", foi fabricado em até 10 evoluções.[4]

VariantesEditar

O Model 29 original foi substituído pelo "Model 29-1" em 1960, com modificações no parafuso da haste ejetora. O "Model 29-2" o substituiu no ano seguinte, com um parafuso que segurava a mola de parada do cilindro sendo excluído. O comprimento do cano foi reduzido de 6 1⁄2 para 6 polegadas (170 para 150 mm) em 1979. Essas duas versões são conhecidas popularmente como "pinned e recessed". "Pinned" significa que os canos estão aparafusados ​​e presos por um pino atravessado pela estrutura e um entalhe no cano. "Recessed" denota a parte traseira das câmaras do cilindro sendo rebaixada, de modo que, quando carregados, os aros do cartucho são totalmente embutidos no cilindro. Em 1982, o "Model 29-3", para redução de custos, acabou com os cilindros rebaixados e substituiu os canos presos com pinos por canos presos por "esmagamento".[2]

Os "Model 29-4" e "Model 29-5", produzidos entre 1988 e 1990, respectivamente, tiveram alterações para melhorar a durabilidade do uso pesado. Em 1994, o "Model 29-6" iniciou a produção, agora equipada como padrão empunhaduras "Monogrip" de borracha da Hogue para substituir as empunhaduras de madeira anteriores, também sendo fornecidos orifícios padrão para a fixação de suportes de mira telescópica. O "Model 29-7" iniciou a produção em 1998 com alterações no mecanismo de travamento, na conexão do pino de disparo, no cão e no gatilho produzidos com um processo de moldagem por injeção de metal.[2]

Modelo Ano Comprimento do cano Modificações
29 1957 6,5 in (165 mm)
29-1 1960 6,5 in (165 mm) parafuso da haste do ejetor
29-2 1961 6,5 in (165 mm), mudou para 6 polegadas (150 mm) em 1979 deixou de usar o parafuso que segurava a mola de parada do cilindro
29-3 1982 abandonou as câmaras rebaixadas nos cilindros e canos presos com pinos por canos presos por esmagamento
29-4 1988 sistema de retenção do mecanismo de tombamento do cilindro reforçado, cantos vivos no quadro foram arredondados; Versão de 8 3/8" oferecida suportes para mira ótica.
29-5 1990 entalhes mais longos na lateral do cilindro para impedir o salto quando o cilindro é movimentado, o mecanismo interno de movimentação do cilindro foi aperfeiçoado para reduzir o retorno durante o disparo
29-6 1994 empunhadura padrão Monogrip de borracha da Hogue
29-7 1998 muda o mecanismo de travamento, a fixação do pino de disparo e o cão e o gatilho passam a produzidos com um processo de moldagem por injeção de metal.
29-8 2001 novo design de quadro com trava interna
29-9
29-10
 
Um Smith & Wesson Model 29, com cano de 6 ½ polegadas.
Número inicial Anos
N1 1969-1972
N100000 1973
N200000 1974-1977
N300000 1975-1976
N400000 1977-1978
N500000 1978-1980
N600000 1979-1980
N700000 1980
N800000 1980-1983
N900000 1982-1986

Model 629Editar

 
Um Smith & Wesson Model 629 cano curto.

Introduzido em 1978, o Smith & Wesson Model 629 é uma versão em aço inoxidável do Model 29.

A designação "Model 629" deriva da prática da Smith & Wesson de denotar uma versão em aço inoxidável de um de seus projetos já existentes, colocando um "6" na frente do número do modelo da arma original. A variante 629 Classic apresenta um "underlug"[5] (uma extensão abaixo do cano) de corpo inteiro, outras variantes incluem o 629 Stealth Hunter.

 
Um S&W Model 629-6 .44 Magnum, "Deluxe Talo Edition".
Modelo Ano de início Comprimento do cano Modificações
629 1979
629-1 1982 abandonam cilindros rebaixados e canos fixados por pinos
629-2 1988 mudou a retenção do garfo, cantos arredondados, mão flutuante
629-3 1989 garfo e estrutura reforçados, entalhe de parada mais longo, bloco de parafusos, mão fixa
629-4 1993 mudou o formato da mira traseira e o extrator
629-5 1997 eliminou o pino de parada do cilindro e a espiga serrilhada, cão e gatilho produzidos em MIM, pino de disparo flutuante
629-6 2001 bloqueio interno adicionado
629-7 2005 cano de duas peças
629-8 2006 cano de face dupla

Quiet Special Purpose Revolver (QSPR)Editar

Alguns Model 29 da S&W foram reconstruídos pela AAI Corporation para fabricar os Revólveres Quiet Special Purpose (QSPR). Estes possuíam canos novos, curtos e de alma lisa de 35 mm (1 3⁄8 pol.), Com 10 mm (.40 pol.) de diâmetro, com câmaras de cilindro fresadas para aceitar munição QSPR especial que se assemelhava externamente a cartuchos de escopeta calibre .410 com carcaça de metal, mas internamente trabalhava como um pistão para capturar os gases. Essa munição especial foi feita pela AAI.[6]

Essa variante foi desenvolvida de 1967 a 1971 para ser usada por tunnel rats na Guerra do Vietnã. O QSPR foi testado no campo de batalha em 1969, e um programa de aprimoramento e teste foi executado de 1970 a 1971. Pelo menos oficialmente, nunca entrou em serviço. A retirada dos EUA do Vietnã reduziu o interesse pela arma QSPR, e o programa terminou em 1972,[6] apesar dos rumores infundados de que o QSPR pode ter sido usada por assassinos da CIA durante a Guerra Fria e continua sendo usada pelos chamados "Black Book teams".

Uma arma russa de safra mais recente, o revólver OTs-38 Stechkin, é descrita como usando um sistema praticamente idêntico ao empregado pelos chamados Quiet Special Purpose Revolver (QSPR).

Variante Mountain GunEditar

 
Uma "Mountain Gun" gravada por John K. Pease e Wayne Di'Angelo pelo "Smith & Wesson Custom Engraving Shop".

O Mountain Gun foi introduzido em 1989 como uma versão leve do Model 29, do tipo que eles chamam de "carried often and shot little" "porte sempre atire pouco".[7] O perfil do cano é uma reprise do design original. Versão anterior 29-4 "backpacker" "mochileiros" com cano de 2 ½" (muito raro).

Um Smith & Wesson Model 629 com um cano de 3 polegadas (76,2 milímetros) chamado "Trail Boss" foi produzido exclusivamente para o distribuidor, RSR.[8]

Outras variantesEditar

 
Um "S&W Model 629 Performance Center", variante de competição com cano com pesos de compensação para o recuo.
  • Em 26 de janeiro de 2006, a Smith & Wesson anunciou o 50º aniversário do Model 29,[9] idêntico aos modelos anteriores, exceto a marca registrada incrustada em ouro na tampa lateral, o novo mecanismo de travamento interno e um cilindro não chanfrado.
  • Em 1 de janeiro de 2007, a Smith & Wesson anunciou a reedição do Model 29 como um modelo gravado na linha Classics da S&W.[10]
  • O Smith & Wesson Model 629 Stealth Hunter possui um cano de 7 ½ polegada (190 mm) com um "underlug"[5] de comprimento total para aumentar a estabilidade e reduzir o recuo. O espaço entre o cano e o cilindro é de 0,006 polegadas (0,15 mm), bloqueio de retenção de esferas entre o chassi e o corpo do cilindro que fornece maior resistência. Todo o revólver é feito de aço inoxidável, com um acabamento preto fosco com redução de brilho. Ele vem com empunhaduras sintéticas antiderrapantes.[11]
  • O 329NG é um revólver com quadro feito de escândio, cilindro revestido com PVD e mira de trítio. Esse modelo faz parte da linha "NightGuard".[12]

UsuáriosEditar

Ver tambémEditar

Referências

  1. Campbell, R. K. (Dezembro de 2011). «General Purpose Handguns». The Complete Illustrated Manual of Handgun Skills. [S.l.]: Zenith Imprint. p. 90. ISBN 978-1-61059-745-6. Consultado em 31 de julho de 2013 
  2. a b c John Taffin. Gun Digest Book of the .44. [S.l.: s.n.] pp. 147–150. ISBN 0-89689-416-9 
  3. Hornaday, Ann (Jan 17, 1999) "Guns on film: a loaded issue", Baltimore Sun
  4. Smith, Clint (2007). «The do-all death-ray: SDM's custom .44 Magnum». American Handgunner. 24 (4) 
  5. a b Terminology: Underlug
  6. a b Popenker, Max R. "Smith & Wesson/ AAI Quiet Special Purpose Revolver/ QSPR/ Tunnel Revolver Arquivado 2010-04-18 no Wayback Machine", world.guns.ru. Retrieved 2010-04-05.
  7. Egusa, Alan (Abril de 2010). Martial Art of the Gun: The Turnipseed Technique. [S.l.]: Dog Ear Publishing. p. 55. ISBN 978-1-60844-226-3 
  8. Shideler, Dan (10 de maio de 2011). The Gun Digest Book of Guns & Prices 2011. Iola, Wisconsin: Gun Digest Books. p. 918. ISBN 1-4402-1890-0 
  9. Smith & Wesson press release announcing the Model 29 Anniversary Edition Arquivado 2006-11-13 no Wayback Machine.
  10. «Smith & Wesson Classics: Model 29 Engraved» (PDF). Smith & Wesson. Cópia arquivada (PDF) em 27 de setembro de 2007 
  11. Shideler, Dan. The Official Gun Digest Book of Guns & Prices. Iola, Wisconsin: Gun Digest Books. 918 páginas. ISBN 9781440218903. Consultado em 16 de março de 2013 
  12. Mann, Richard Allen; Lee, Jerry (20 de novembro de 2013). The Gun Digest Book of Modern Gun Values: The Shooter's Guide to Guns 1900-Present. Iola, Wisconsin: F+W Media. p. 220. ISBN 978-1-4402-3752-2 
  13. a b c d e f g h i j k l m n o p Capie, David (2004). Under the Gun: The Small Arms Challenge in the Pacific. Wellington: Victoria University Press. pp. 66–67. ISBN 978-0864734532 

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Smith & Wesson Model 29