Société Anonyme des Ateliers d'Aviation Louis Breguet

A Société Anonyme des Ateliers d'Aviation Louis Breguet, também conhecida como Breguet Aviation foi uma empresa construtora de aviões francesa fundada em 1911 por Louis Charles Breguet.

O último modelo da Breguet Aviation, o Breguet Atlantique.

Histórico

editar

Além de alguns hidroaviões, a complexo industrial da companhia em Villacoublay desde 1916, produziu o avião militar Breguet 14 (cerca de 6.000 exemplares).

Do Breguet 19 foram produzidos 2.000 exemplares, o voo transatlântico entre Paris e Nova Iorque realizado por Dieudonné Costes, foi feito num desses modelos, que ficou conhecido como: Le Point d'Interrogation (ponto de interrogação), ou Breguet Super Bidon.

Vários modelos se sucederam nas décadas de 30, 40 e 50 com relativo sucesso, o que não aliviou as dificuldades financeiras da empresa. Com a morte de Louis Breguet em 1955, a direção da empresa foi assumida por Sylvain Floirat.

Em 1959, num terreno de 13 acres adquirido nas imediações do aeroporto de Toulouse Blaganc, em instalações de 3.100 m2, foi produzido o modelo Breguet Atlantique.[1]

Entre 1958 e 1963 foram realizadas as Coupes des Avions Breguet de voo a vela.[2] Em 1971 ela foi adquirida pela Avions Marcel Dassault, e manteve o nome de Avions Marcel Dassault - Breguet Aviation (AMDBA) por algum tempo.

Produtos

editar

Aviões (antes da fusão com a Dassault)

editar

Helicópteros (todos experimentais)

editar

Planadores

editar

Ver também

editar

Referências

Bibliografia

editar
  • Emmanuel Breguet, Breguet, un siècle d'aviation, Éditions Privat, 2012
  • Emmanuelle Real, Le Paysage industriel de la Basse-Seine, Connaissance du patrimoine en Haute-Normandie, 2009

Ligações externas

editar
 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Société Anonyme des Ateliers d'Aviation Louis Breguet
  Este artigo sobre uma empresa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.