Abrir menu principal

A Sociedade Esportiva Sanjoanense é um clube recreativo, esportivo e social, e foi um clube brasileiro de futebol da cidade de São João da Boa Vista, interior do estado de São Paulo. Fundado em 1 de julho de 1916, suas cores são preto e vermelho e branco.[1][2], atualmente é um clube recreativo sem fins lucrativos.

Sanjoanense
SE Sanjoanense.png
Nome Sociedade Esportiva Sanjoanense
Alcunhas Tigre da Mojiana, Esportiva
Mascote Tigre
Fundação 1 de julho de 1916
Estádio Oscar de Andrade Nogueira
Capacidade 2.000
Presidente Antonio Roberto dos Reis
Competição Sanjoanense de Futebol Amador
Website ses.com.br
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
editar

Índice

HistóriaEditar

A Associação Atlética São João elevou o nome de São João da Boa Vista através do futebol, que passou a ganhar grande impulso na cidade. Na sua praça de esportes recebeu equipes de renome como as do Guarani Futebol Clube e Associação Atlética Ponte Preta, de Campinas; Esporte Clube Sírio e Minas Gerais Futebol Clube, de São Paulo; entre outras.

Em 1920, os diretores da Sociedade Esportiva Sanjoanense e da Associação Atlética São João, reunidos na sede desta última, concluíram pela fusão dos dois clubes. O argumento dos diretores da Sanjoanense era: "Vocês tem time e não tem campo; nós temos campo e não temos time". E assim, foi feita a fusão, com a definição do nome do novo clube pela manutenção de Sociedade Esportiva Sanjoanense. Da união do patrimônio esportivo com o patrimônio econômico surgiu uma Sociedade Esportiva Sanjoanense mais forte e pujante, que revitalizou o esporte bretão da cidade.

Logo após a fusão, o time da Sanjoanense inscreve-se na APEA (Associação Paulista de Esportes Atléticos), entidade máxima do futebol paulista na época. No dia 10 de julho de 1921, os dirigentes da SES trataram de inaugurar o estádio Dr. Oscar de Andrade Nogueira e, na festa inaugural, a equipe convidada a fazer parte dela foi nada mais nada menos que a do Palestra Itália, que viria a mudar de nome para Sociedade Esportiva Palmeiras.

O "Tigre da Mogiana" teve grande participação no futebol paulista, por muitos anos disputou tanto o Campeonato Paulista quanto o amador do interior, quando não estava em um estava em outro. E assim foi, até 1988. Em 1989, desativou seu departamento de futebol profissional, não mais retornando.

Participações em estaduaisEditar

1947, 1949, 1950, 1951, 1952, 1956, 1957, 1958
  • Terceira Divisão (atual A3) — 6 (seis)
1982, 1984, 1985, 1986, 1987, 1988

Referências

Ligações externasEditar

   Este artigo sobre clubes brasileiros de futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.