Sociedade Torre de Vigia de Tratados de Sião


Desde Julho de 1879, os Estudantes da Bíblia (desde 1931, conhecidas como Testemunhas de Jeová) passaram a seguir a líderança de Charles Taze Russell e a serem assinantes da revista A Torre de Vigia de Sião (em português, actualmente conhecida por A Sentinela - Anunciando o Reino de Jeová).

Em 16 de Fevereiro de 1881, os Estudantes da Bíblia constituíram em Pittsburgo uma sociedade religiosa sem personalidade jurídica - a Sociedade Torre de Vigia de Tratados de Sião, Pensilvânia. William Henry Conley, tornou-se de facto no primeiro Presidente da Sociedade Torre de Vigia e seu sócio marioritário (com 70% do capital social da Sociedade).

Membros da Directoria de 1881Edit

  • Presidente: William Henry Conley;
  • Vice-presidente: Joseph L. Russell;
  • Secretario-tesoureiro: Charles Taze Russell;

Ao obter o seu registro legal a 13 de Dezembro de 1884, como uma sociedade religiosa sem fins lucrativos do Estado de Pensilvânia, consoma-se o rompimento entre Russell e Conley. Com o registo legal, Charles Russell assume a presidência da Sociedade. Desde 1896, passou a ser designada oficialmente por Sociedade Torre de Vigia de Bíblias e Tratados de Pensilvânia. Russell, nas diversas publicações das Testemunhas de Jeová ao longo dos anos, aparece sempre como o 1.º Presidente da Sociedade Torre de Vigia de Bíblias e Tratados de Pensilvânia, de 1884 a 1916.

Ver tambémEdit

Ligações externasEdit

Sites oficiais das Testemunhas de JeováEdit

Outras ligações de interesseEdit

Referências