Abrir menu principal

Sociedade União Musical Alenquerense

A SUMA (Sociedade União Musical Alenquerense) é uma colectividade musical do concelho de Alenquer. A sua sede fica no centro da vila ao lado da antiga fábrica de Têxteis Chemina. Conta com cerca de 90 músicos de variadas idades e 14 naipes: oboé, flauta, saxofone alto, saxofone tenor, saxofone barítono, clarinete baixo, clarinete, trombone, bombardino, trompete, trompa, tuba, contra-baixo e percussão. Esta colectividade tem 3 órgãos: a sede (nas antigas instalações da Chemina), a Banda e a escola de música (que engloba a mini-banda). Para a escola de música, a SUMA conta com aulas de solfejo e aulas de instrumento. Existem 4 professores de solfejo e 11 de instrumento.

SUMA
Localização Alenquer
Fundação 1 de Dezembro de 1890
Sede Actual Antigas Instalações da Chemina
Sede Antiga Arcada do Espírito Santo
Actual Maestro Vasco da Cruz Flamino

ProgressoEditar

Para os músicos se tornarem realmente músicos, têm de passar pelas várias fases do ensino musical:

1ª Fase-Solfejo-Todos têm de aprender as bases antes de começar a tocar. O solfejo é mesmo isso: As bases da música são ensinadas e aprofundadas até os professores darem a indicação de que os alunos estão preparados para "Pegar no instrumento".

2ª Fase-Iniciação no instrumento-Ao fim das lições necessárias, os alunos começam a ser preparados para tocar o instrumento que escolheram com professores conceituados que os ajudarão a progredir até chegar á banda.Quando os alunos estiverem preparado, mediante indicação do professor, começam a sua primeira fase de musica de conjunto.

3ª Fase-Mini-Banda-Esta banda é a primeira onde os agora músicos são integrados, por conseguinte, tem os elementos mais novos das duas bandas. Esta é aquela em que os músicos já têm aquela ansiedade e esperança de chegar á "Banda Grande"como ´chamada entre o mais novos.

4ª Fase-Banda-É a ultima fase do ensino e é aqui que estão o a tocar os professores. Esta última fase começa para os mais novos no dia 1 de Dezembro, quando começam a ensaiar com a banda e saem pela primeira vez "á rua" para desfilar com a banda tocando temas tais como o famoso Hino da Restauração. Os mais novos são chamados de maçaricos e costumam ser sujeitos a brincadeiras pelos mais velhos, tais como o "Chapéu voador", e que se dá um leve e discreto toque na aba do chapéu da farda e se diz a expressão: "Olh'ó Chapéu Voador!".

HistóriaEditar

No dia 1 de Dezembro de 1890, alguns músicos saíram à rua para comemorar a Restauração da Independência. Este foi o primeiro passo para a criação de uma banda que actualmente tem 119 anos. Começou pelo nome de Sociedade Filarmónica Operária Alenquerense e anos mais tarde, perto de 1909, este nome veio a mudar para Sociedade Filarmónica D'Alenquer. Por fim em cerca de 1938 a SUMA ganha o seu nome actual: Sociedade União Musical Alenquerense.

BibliografiaEditar

  • LOURENÇO, José Henrique Leitão, Sociedade União Musical Alenquerense - Memórias da Arcada, Arruda dos Vinhos, Arruda Editora, 2008.