Sol de Inverno

Disambig grey.svg Nota: Para a telenovela portuguesa com o mesmo nome, veja Sol de Inverno (telenovela).
Sol de Inverno
País
Artista(s)
Língua
Português
Compositor(es)
Letrista(s)
Jerónimo Bragança
Resultado da semifinal
------
Pontos da semifinal
------
Resultado da final
13.º
Pontos da final
1
Cronologia de aparecimentos
◄ "Oração" (1964)   
"Ele e ela" (1966) ►

"Sol de Inverno" foi a canção que representou Portugal no Festival Eurovisão da Canção 1965 que teve lugar em Nápoles em 20 de março de 1965.

A referida canção foi interpretada em português por Simone de Oliveira. Foi A décima-segunda canção a ser interpretada na noite do evento, a seguir à canção francesa "N´avoue jamais",cantada por Guy Mardel e antes da canção italiana "Se piangi, se ridi", interpretada por Bobby Solo. A canção portuguesa terminou em 13.º lugar, empatada com a canção norueguesa "Karusell" (interpretada por Kirsti Sparboe), tendo recebido apenas um ponto dado pelo júri monegasco. No ano seguinte, Portugal foi representado por Madalena Iglésias que interpretou a canção "Ele e ela".

Vários artistas gravaram a sua própria versão de "Sol de Inverno". A mais mediática terá sido a de Luciana Abreu, que a gravou em 2013 com o propósito de servir de tema da abertura da telenovela homónima.[1]

AutoresEditar

AUTORES
Letrista: Jerónimo Bragança
Compositor: Carlos Nóbrega e Sousa
Orquestrador: Fernando de Carvalho

LetraEditar

A canção é de estilo «chanson» popular dos primeiros anos do Festival Eurovisão da Canção. Simone de Oliveira toma o papel de uma mulher cujo amante está a terminar o relacionamento e diz-lhe como se sente. Compara a sua situação ao sol de inverno, cantando que ela, tal como o sol de inverno, não tem calor.

Outras versõesEditar

Outras versões
"Sol de invierno" (em castelhano)

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre uma canção é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. «LUCIANA ABREU DÁ VOZ AO GENÉRICO DE "SOL DE INVERNO"». TV Mais. 7 de agosto de 2013. Consultado em 15 de maio de 2017