Solitários
2ª temporada
Solitários (BR)
Informação geral
Formato Reality show
Duração 60 minutos
Criador(es) Fox Reality Channel
País de origem  Brasil
Idioma original português
Produção
Diretor(es) Denis Salles
Produtor(es) Bob Boden (executivo)
Apresentador(es) Lígia Mendes
Narrador(es) Val
Exibição
Emissora de televisão original Brasil SBT
Formato de exibição 480i (SDTV)
Transmissão original 5 de janeiro de 2011 - 23 de março de 2011
N.º de episódios 8 (semanal)
Cronologia
Solitários
(2010)
Programas relacionados Solitary

Solitários 2.0 foi a segunda temporada do reality show brasileiro Solitários exibido pelo SBT. O programa foi exibido entre 5 de janeiro e 23 de março de 2011 no horário das 23:15 e contou com 10 participantes.

O JogoEditar

A atração é um desafio que testa todos os limites humanos, tanto emocionais como físicos. Os participantes são mantidos confinados em celas individuais, onde são submetidos a provas rigorosas na disputa pelo prêmio, mas somente um ganhará a grande recompensa: o que tiver maior preparo mental e resistência física.[1][2]

O programa, referido como um "experimento social", escolhe seu vencedor por meio de testes de resistência física e psicológica. Eles são isolados em cabines, tendo contato somente com uma inteligência artificial chamada Val, com quem se comunicam. Val é possivelmente uma referência a HAL 9000, o computador que toma a espaçonave no filme 2001: A Space Odyssey.

ParticipantesEditar

Participante Profissão Eliminação
André
41 anos, Cabine 08
Designer, DJ e Empresário Vencedor
em 23 de março de 2011
Hélio
23 anos, Cabine 06
Estudante Universitário 2º colocado
em 23 de março de 2011
Eduardo
31 anos, Cabine 04
Tesoureiro 7º eliminado
em 16 de março de 2011
Luana
28 anos, Cabine 09
Atriz e Modelo 6ª eliminada
em 2 de março de 2011
Stephanie
25 anos, Cabine 01
Promotora de Eventos 5ª eliminada
em 16 de fevereiro de 2011
Tatiana
28 anos, Cabine 05
Designer de Moda 4ª eliminada
em 9 de fevereiro de 2011
Chris
25 anos, Cabine 07
Stripper 3ª eliminada
em 2 de fevereiro de 2011
Lucas
23 anos, Cabine 02
Jogador de Hóquei 2º eliminado
em 26 de janeiro de 2011
Fabíola
32 anos, Cabine 03
Empresária e Modelo Desistente
em 19 de janeiro de 2011
Michel
23 anos, Cabine 04
Publicitário 1º eliminado
em 12 de janeiro de 2011

EpisódiosEditar

Episódio 1Editar

Exibido dia 5 de janeiro de 2011

Na estreia da 2ª temporada de solitários somos apresentados aos 9 participantes e o que eles fazem da vida, logo apos se apresentarem cada participante recebeu um notebook e uma caixa com um capuz, as instruções de val foram para que eles colocassem o capuz e se preparassem para entrar em solitários. No primeiro desafio da temporada, val, pede para os participantes montarem um castelo com 20 cartas em 15 minutos, quem realizasse a prova com sucesso ganharia um travesseiro para passar a primeira noite no programa, apenas as cabines 1(Stephanie), 3(Fábiola), 5(Tatiana), 6(Hélio) e 9(Luana) cumpriram o desafio.

Na primeira prova de imunidade os participantes tiveram que soltar 8 de 21 cadeados, de combinação numerica, que estavam pendurados em suas cabines e depois que soltassem eles teriam que pendurar as correntes nas mangas da roupa que estavam usando. Apenas as cabines 7(Chris) e 4(Michel) não conseguram cumprir a prova, porem a cabine 7 tinha liberado mais cadeados e o 4 não liberou nenhum, por isso ele perdeu o direito de ser o dono da cabine.

Porem val deu a ele mais uma chance, mandando-o abrir a porta de sua cabine, e um novo participante é introduzido ao jogo, Eduardo, assim dando início a primeira prova de eliminação do Programa. Os dois devem achar entre milhares de grão de arroz apenas um que esta pintado de laranja usando hashis quem encontrasse o grão laranja continua no jogo e é o dono da cabine 4. O programa terminou com os dois participantes procurando o grão laranja.

Episódio 2Editar

Exibido dia 12 de janeiro de 2011

No começo do 2º episódio temos a conclusão da prova do arroz. Val pede para que os participantes, Michel e Eduardo, procurassem o grão com a boca, depois, procurasse enquanto o oponente estivesse enterrado no arroz por 10 minutos, e por fim procurassem com a mão. O participante Eduardo conseguiu achar o grão laranja, tornando-se assim o dono da cabine 4 e eliminando o Michel.

As atividades do episódio foram: Comida, para comer os participantes deviam adivinhar quantas calorias tinham em um prato de nhoque, suco de laranja, mousse de chocolate; e Dormir, para ganhar um edredon os participantes tinham que ralar cebolas, até encher um recipiente.

Na prova de imunidade os participantes tinham que usar um labirinto, em forma de octógono, com um buraco no centro que deveria ser usado como um colar, logo apos posicionarem o brinquedo corretamente na cabeça, os confinados teriam que pegar 5 bolas de chiclete, uma de cada vez, e fazer com que ela percoresse o labirinto do início até a saída, no caso a boca deles. No quinto, e uúltimo, chiclete eles deveriam colocar uma venda, quando o chiclete chegasse na boca, eles devem apertar o botão verde. O primeiro que terminar ganha imunidade. O episódio terminou com os participantes colocando a venda.

Episódio 3Editar

Exibido dia 19 de janeiro de 2011

No começo do 3° episódio, temos a continuação da prova do labirinto, imuidade, o vencedor da prova foi a cabine 2(Lucas), e ganhou a imunidade na prova de eliminação.

As atividades do episódio foram: Lápis, para ganhar uma festa especial da val os participantes tiveram que apontar 150 lápis, todos os participantes completaram, exceto os da cabines 1(Stephanie) e 2(Lucas); e Peso do artista, para ganhar um pouco de chocolate os confinados tiveram acertar quem era a artista com as dicas da val e o peso dela, a artista era a Madonna e o peso era 50 kg, os participantes que acertaram mais rápido ganhavam mais gramas de chocolate.

Durante a festa da val a participate da cabine 3(Fabíola), sentiu falta da familía e decidiu desisitir do jogo, val perguntou a ela se essa era a decisão final e ela concordou, assim abandonando o jogo antes da prova de eliminação.

Na prova de eliminação os participantes tiveram que sentar em uma cadeira giratoria, e deviam rodar. A prova era realizada por ciclos, a cada ciclo val aumentava o número de voltas e obviamente o tempo limite para dar essas voltas, a cada ciclo eles deviam decorar um texto, quem decorasse o texto não precisava mais dar voltas, o último a decorar o texto ou o primeiro a apertar o botão vermelho estava eliminado do programa. A cabine 5(Tatiana) foi a primeira a desistir, porém, devido a desistencia da cabine 3(Fabíola) antes da prova, val deu a ela mais uma chance no jogo.

Episódio 4Editar

Exibido dia 26 de janeiro de 2011

Após uma prova mentalmente exaustiva, Val deu a oportunidade para que os participantes liberassem o seu lado animal e relaxassem um pouco. E todo mundo saiu imitando bichos para lá de esquisitos, como a toupeira do nariz estelar e o macaco narigudo. Bem humorada, depois de se divertir com as imitações de seus convidados, Val decidiu dar a eles um travesseiro, para que todos tivessem um descanso confortável e se preparassem para mais uma prova de eliminação.

Mas, antes da soneca, Val quis testar as habilidades musicais de seus convidados. Para isso, ela pediu que cada um escrevesse uma letra de rap narrando suas experiências dentro de “Solitários”. O resultado divertido e criativo agradou Val, que deixou a ironia de lado e elogiou a todos.

Nesse ponto do experimento, a saudade começou a apertar e quem mais está sentindo a pressão de ficar longe dos amigos e da família é o número 6. Em uma conversa com Val sobre saudade, o concentrado participante não aguentou e caiu no choro ao confessar que sentia vontade de apertar o botão vermelho, por saudade do mundo fora da cabine. Porém, ao contrário da número 3, última eliminada, ele resistiu à saudade e conseguiu passar por mais uma prova de eliminação.

E por falar em prova de eliminação... o desafio da Val nessa semana foi dureza. Os participantes tiveram que se deitar sobre uma cama de pregos e ali permanecer, sem se mover, o máximo de tempo que conseguissem. O primeiro que apertasse o botão vermelho e desistisse deixaria “Solitários para sempre”. Enquanto todos sofriam com as dores dessa cama nada confortável, a número 5 aproveitou uma relaxante recompensa no Spa da Val. Comidinhas, cremes e muito conforto garantiram a diversão da imune dessa semana.

Ironicamente, o número 2, primeiro imune de “Solitários”, não resistiu à cama de pregos e apertou o botão vermelho antes dos outros participantes. Traído pelo próprio corpo, ele não suportou a dor e deixou para trás não só o experimento, mas também o prêmio de 50 mil reais.

Episódio 5Editar

Exibido dia 2 de fevereiro de 2011

O episódio dessa semana começou animado, com Val oferecendo uma festa do pijama a seus convidados. Mas é claro que essa festa teria alguma surpresa... Val deixou um presentinho para eles dentro do compartimento: um par de algemas. Durante a festa, todos tiveram que algemar as mãos e dormir presos. E depois de uma noite com as mãos atadas, os participantes acordaram muito mal humorados.

Para melhorar o humor de seus convidados, Val ofereceu a eles um café da manhã especial: um delicioso prato de mingau. Mas esse prato tinha mais do que um simples mingau. Dentro dele estava a chave que abriria as algemas. Porém, os participantes poderiam usar apenas uma pequena colher para remexer o mingau e encontrar a chave. E as duas últimas pessoas a realizar essa tarefa teriam que fazer a prova de imunidade algemados.

O número 8 foi o mais rápido e se livrou das algemas antes de todos. Já o número 6 e a número 9 não tiveram a mesma agilidade e foram para a prova de imunidade algemados.

Na prova de imunidade, Val testou mais uma vez a paciência e a concentração de seus convidados. Ela transformou as cabines no Cassino da Val, e despejou dentro delas milhares de fichas coloridas. A cada rodada, os participantes deveriam contar quantas fichas de uma determinada cor havia na cabine. Quem acertasse a quantidade, ganhava a imunidade. Simples? Nem tanto. Como sempre, a Val usou alguns truques para complicar a vida de seus convidados, deixando os participantes bem confusos.

A número 9, mesmo algemada, foi muito bem, porém não foi rápida o suficiente e perdeu a imunidade para a número 1.

Antes de enfrentar a prova de eliminação, os participantes precisaram cumprir uma tarefa que garantiria joelheiras e cotoveleiras para protegê-los dos obstáculos dessa prova. Para salvar a própria pele, os convidados tiveram que mostrar rebolado e dançar a famosa coreografia de “Single Ladies”, da cantora Beyoncè. Todos cumpriram a tarefa e receberam a recompensa.

Na prova de eliminação, os participantes rastejaram para sobreviver em “Solitários”. Através de um percurso coberto por grãos de milho e cheio de obstáculos, eles engatinharam apoiados sobre os joelhos e as mãos.

A número 1, que estava imune e se livrou dessa dolorida prova, recebeu uma recompensa que a levou de volta à infância. No Parque da Val, a convidada pôde brincar e se deliciar com várias guloseimas.

Mas, para os outros convidados permanecer em “Solitários” se tornava uma tarefa cada vez mais dura. Com o tempo, a dor e o cansaço só aumentavam e a prova ficava cada vez mais difícil. E para a surpresa da Val, a primeira a desistir foi a número 7.

Ironicamente, a sadomasoquista não resistiu à dor da prova de eliminação e deu adeus a “Solitários” e ao prêmio de 50 mil reais.

Episódio 6Editar

Exibido dia 9 de fevereiro de 2011

Depois de rastejar para permanecer em “Solitários”, os participantes foram presenteados com uma suculenta refeição. Porém, só poderia comer quem acertasse o cardápio completo da Val. Dentre diversas opções de comida, eles montaram a refeição que gostariam, torcendo para que ela combinasse com as escolhas da Val. Salada, frango, macarrão, pudim de leite e um delicioso suco... Mas essa refeição não foi servida para todos. A número 5 não acertou nenhum item do cardápio e ficou com o prato vazio.

Em seguida, os participantes puderam descansar um pouco. Porém, eles logo foram despertados e de uma forma não muito agradável: ao som do choro de um bebê. E é claro que isso só aumentou o mau humor matinal deles.

Para acalmar os ânimos, Val propôs aos convidados uma terapia contra a agressividade. Ela colocou um João Bobo em cada cabine e eles puderam descontar toda a raiva no coitado do Bobby, que apanhou muito. Mas nem todos optaram pela violência. O número 8 preferiu fazer amizade com seu novo companheiro de cabine, e bateu um longo papo com o Bobby.

Após a terapia anti-stress, os participantes encararam mais uma prova de imunidade. Val deu a eles uma nova e assustadora companhia. Ela pendurou uma carcaça de carneiro em cada cabine e desafiou seus convidados a arrancarem 3 kg de carne dessa carcaça. Quem chegasse mais perto dos 3 kg ganharia a imunidade e uma recompensa.

Ao se deparar com a carcaça do animal, a número 1 ficou muito chocada. Emocionada, ela se recusou a participar da prova, afirmando que aquilo era crueldade. Já o vegetariano número 8 surpreendeu e fez a prova com tranquilidade. E ele ainda reprovou a atitude da número 1. Para o número 8, quem entra no jogo tem que participar de todas as atividades. E após tanta polêmica, a imunidade acabou nas mãos da número 9. Para evitar a eliminação, ela superou seus limites, arrancou 2,625 kg de carne e ficou livre da prova de eliminação.

Mas a polêmica não parou por aí. Val serviu aos seus convidados um bife supostamente feito a partir da carne que foi obtida na prova de imunidade. Quem não quisesse comer a carne, ficaria apenas com uma barrinha de cereal. Os números 4, 6 e 9 não tiveram problemas em comer o bife. Já a número 5 sentiu nojo e optou pela barinha de cereal, assim como a número 1 e o número 8. Val então revelou que o bife, na verdade, era carne de boi e a número 5, que já tinha ficado sem comer nada do cardápio da Val, se arrependeu muito de sua escolha.

Depois de determinar o imune, Val partiu para mais uma prova de eliminação, que não seria nada agradável. Os participantes tiveram que sentar em uma grande cadeira e colocar uma mordaça. Nessa mordaça havia uma bolinha que deveria ficar dentro da boca durante toda a prova. Os movimentos também foram limitados. As mão ficaram presas em uma tira de couro e os pés não podiam tocar o chão. O primeiro a desistir da prova seria eliminado.

A número 9 nem precisou se preocupar com a eliminação. Imunizada, ela foi convidada para o Boteco da Val, onde pôde sambar, comer vários petiscos e se divertir muito. Enquanto isso, os outros participantes sofreram com mais uma prova de eliminação. Após ficar mais de uma hora com a boca aberta, as números 1 e 5 não aguentaram a dor no maxilar e desistiram. Por uma diferença de apenas 1 minuto, a número 5 foi eliminada e deu adeus a “Solitários” e ao prêmio de 50 mil reais.

Episódio 7Editar

Exibido dia 16 de fevereiro de 2011

Número 1 chega ao limite e deixa ‘Solitários”

Nessa semana, Val veio cheia de surpresas. Primeiro, ela deu roupas limpas para seus convidados. Mas é claro que conseguir essas roupas não foi tarefa fácil. Os participantes precisaram, literalmente, enxugar gelo.

Depois, Val convidou todos para uma festa brega e eles se divertiram a valer. Música, dança, comidinhas... E o número 4 até arrumou uma companhia para dançar: o cabide.

Porém a diversão logo acabou porque chegou a hora de mais uma prova de imunidade. E essa prova, repleta de detalhes, exigiu muita atenção dos participantes.

Primeiro, eles teriam que armar ratoeiras. A cada 6 ratoeiras armadas, os participantes deveriam procurar uma letra dentro de um pedaço de queijo, usando apenas a boca. Eram 5 letras ao todo, com as quais seria possível formar 7 palavras diferentes. Mas apenas uma palavra seria aceita. E a palavra escolhida por Val foi PRATO. Após encontrar a primeira letra, todos deveriam seguir montando mais uma fileira de ratoeiras para achar as próximas letras e assim sucessivamente. Se alguma ratoeira desmontasse, eles teriam que começar a montar tudo de novo.

E o maior desafio da prova foi mesmo montar as ratoeiras. Tanto que a número 1 nem conseguiu terminar a prova e ainda saiu com os dedos todos machucados. Já o número 6, concentrado e veloz, descobriu a palavra certa antes de todos e levou a imunidade.

Antes da prova de eliminação, a Val deu mais um presente a seus convidados. Em troca de imitações, ela atendeu um pedido de cada participante. Por sua imitação de juiz de futebol, o número 6 pôde telefonar para a mãe. A imitação de bebezão garantiu ao número 4 um prato de arroz com salsicha acebolada. A número 1 imitou um bobo da corte e ligou para a mãe, mas ninguém atendeu. A imitação de Elvis Presley rendeu ao número 8 um livro e a número 9 conseguiu uma foto do filho por dançar como melindrosa.

E após esse momento de descontração, todos tiveram que encarar a temida prova de eliminação. A prova era simples, mas muito dolorosa. Os participantes encontraram na cabine um boneco com 60 pregadores presos ao corpo. Conforme Val ordenasse, eles deveriam retirar o pregador do boneco e colocar no próprio corpo, na mesma posição.

Já no começo da prova, a dor incomodou a todos. Todos menos o número 6, que estava imune e recebeu uma recompensa que era a cara dele: um karaokê. Mas, ao contrário do que diz a cultura popular, o número 6, descendente de japoneses, não mostrou muito talento para cantar no karaokê. Mesmo assim, ele se divertiu e matou a vontade de comer comida japonesa.

Enquanto isso, a prova de eliminação seguia. A número 1 e o número 4, que haviam colocado o primeiro pregador no dedo, se arrependeram profundamente dessa decisão, pois desistiram da prova quase 2 horas antes das cabines 8 e 9.

Com 1 hora e 42 minutos de prova, a número 1 apertou o botão vermelho e pôs fim à sua permanência em “Solitários”. Ela desistiu 3 minutos antes do número 4.

Episódio 8Editar

Foi exibido no dia 23 de fevereiro de 2011

Episódio 9, 10, 11, 12 e 13 ?

HistóricoEditar

Quadro de classificaçãoEditar

Posição Nome Cabine Eliminação Motivo da Eliminação
1 André 8 Vencedor Foi o vencedor por ser o segundo a cair na prova.
2 Hélio 6 Vice-campeão Perdeu na final após ser o primeiro a cair da prova.
3 Eduardo 4 7º eliminado Foi eliminado por demorar mais tempo na prova do Caixão.
4 Luana 9 6ª eliminada Foi eliminada após ser a primeira a desistir na prova do Alfabeto
5 Stephanie 1 5ª eliminada Foi eliminada após ser a primeira a desistir na prova dos Pregadores.
6 Tatiana 5 4ª eliminada Foi eliminada após ser a primeira a desistir na prova da Cadeira Elétrica.
7 Chris 7 3ª eliminada Foi eliminada após ser a primeira a desistir na prova do Percurso.
8 Lucas 2 2º eliminado Foi eliminado após ser o primeiro a desistir na prova da Cama de pregos.
9 Fabíola 3 Saiu Desistiu voluntariamente antes da prova de eliminação.
10 Michel 4 1º eliminado Foi eliminado após perder a prova do Arroz.

Referências

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre Televisão no Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.