Abrir menu principal
D-30
Motor de avião
Turbofan
Informações básicas
Tipo Motor radial
Fabricante Soloviev Design Bureau
Origem  União Soviética
Especificações
Comprimento 4,836 m
Diâmetro (cilindro(s)) 1,46 m (57,3 in)
Peso 2.305 kg (5.082 lb)
Compressor Axial
Compressor de baixa e fan de 3 estágios
Compressor de alta com 11 estágios
Potência 23.150 lbf (103 kN)
Consumo 0,498 lb/lbf·hr
Notas
D-30KU-154

O Soloviev D-30 é um motor soviético turbofan de dois eixos low-bypass, referenciado originalmente como um "turbojato bypass". Uma versão supersônica com Pós-combustão, o D-30F6, é usado no Mikoyan-Gurevich MiG-31, aeronave interceptadora, enquanto as versões civis, o D-30Kp e o D-30KU são usados no Ilyushin Il-62M e no Tupolev Tu-154M, e no cargueiro pesado Ilyushin Il-76MD.

Índice

Projeto e DesenvolvimentoEditar

No meio da década de 1970, A União Soviética começou a procurar por uma aeronave interceptadora veloz que substituísse o MiG-25. O Mig-25 tinha dois turbojatos extremamente potentes, Tumansky R-15, permitindo uma velocidade de Mach 3 em altas altitudes, mas o problema era sua baixa performance em baixas altitudes, não sendo suficiente sequer para quebrar a barreira do som. Problemas ainda maiores levaram os motores do Foxbat à tendência de quebrarem em situações de potência máxima e alta velocidade.[1] Um novo motor, desta vez um turbofan low-bypass, era necessário para motorizar seu novo interceptador. A Mikoyan-Gurevich (MiG) contratou a OKB-19 OKB (agora parte da Aviadvigatel) para construir tal motor, para a aeronave que seria conhecida como MiG-31.

A Aviadvigatel trouxe então o D30-F6. Capaz de gerar 9.500 kgf (20.900 lbf ou 93 kN) de potência e 15.500 kgf (34.200 lbf ou 152 kN) com pós-combustão, o motor deu ao novo caça da MiG uma velocidade máxima excedendo 2896 km/h e um peso máximo de decolagem de 101.000 lb (45.800 kg). Estes motores potentes também permitiram o grande e complexo caça se manter em velocidades supersônicas em baixas altitudes, abaixo de 5.000 pés.

AplicaçõesEditar

O D30-F6 é usado em uma grande variedade de aeronaves militares e civis, principalmente russas e chinesas. Os Aviadvigatel foram usados apenas em dois projetos de aeronaves: o MiG-31 Foxhound, e o experimental Sukhoi Su-47 Berkut (anteriormente S-37).

ReferênciasEditar

  1. Barron 1980, pp. 169–171.
  1. Jane's All The World's Aircraft 1995

Ligações ExternasEditar