Los Angeles meridional

(Redirecionado de South Central)
Los Angeles vista do ar. A fotografia é perto South Los Angeles.
Avenida em South Los Angeles.

South Los Angeles (muitas vezes abreviada como South L.A., anteriormente oficialmente e às vezes ainda referida como South Central Los Angeles)[1][2] é uma região no sul do condado de Los Angeles, Califórnia, fica principalmente dentro dos limites da cidade de Los Angeles, ao sul do centro financeiro da cidade.[3] Faz fronteira com a zona oeste no noroeste e o centro de Los Angeles no nordeste.

A região de South Los Angeles é composta por diferentes áreas, que incluem bairros, distritos e pequenas cidades comumente de baixa renda, como Willowbrook, Watts, Inglewood e Crenshaw.

Em 2003, a cidade de Los Angeles mudou o nome oficial da área de South Central Los Angeles para South Los Angeles, na esperança de apagar certas memórias da violência e do crime na região, afinal, o nome "South Central" já era quase sinônimo de degradação urbana e da criminalidade de rua. Embora a cidade tenha tomado a iniciativa de alterar os sinais de rua e sinais de estrada com o novo nome para torná-lo oficial, e a mídia como as redes de notícias de L.A. agora se referem à área como South Los Angeles, o nome não é muito utilizado. O Los Angeles Times utiliza tanto o antigo quanto o novo nome para descrever a área. Alguns moradores da área de Los Angeles (incluindo os moradores do sul de Los Angeles) ainda usam o nome antigo. Figuras proeminentes da região sul de Los Angeles, como o rapper Ice Cube, também continuam a se referir à área como South Central Los Angeles. A região de South Los Angeles é considerada a vanguarda da comunidade afro-americana e das gangues de rua. Era o lugar onde nasceram as famosas gangues Crips e Bloods, sua reputação violenta foi descrita nos filmes Boyz n the Hood, Straight Outta Compton, Menace II Society, Colors, Friday, Baby Boy, Training Day, The Fredom Writters e Waist Deep e também foi descrita nas músicas de gangsta rap dos grupos N.W.A, Compton's Most Wanted, South Central Cartel e por aclamados rappers como Eazy-E e Ice Cube.

Definição GeográficaEditar

 
Mapa de South Los Angeles. Créditos: Los Angeles Times.

O nome "South Central", inicialmente previsto para uma zona delimitada ao redor de Main Street, a oeste, e da Avenida Washington no norte, e bruscamente por Slauson Avenue (que tinha Santa Fe Railroad ao lado dela), a sul com a Rua Alameda (incluindo Southern Pacific Railroad) no leste. A área situa-se ao sul do centro de Los Angeles com a Avenida Central que atravessa de norte a sul. Interstate 110 também conhecida como o Freeway Harbor, percorre o centro de South Central.

 
Vista aérea da junção das auto-estradas 110 e 105.

Após a Segunda Guerra, Polícia, Bombeiros e os funcionários municipais deram o nome "South Central" devido à sua proximidade do sul do centro da cidade na avenida Central. Junto com Watts várias milhas ao sul, o corredor foi o único distrito da zona escala na cidade em que Afro-americanos poderiam comprar imóveis antes de 1948. Enquanto alguns negros alugavam e às vezes até compravam imóveis em outras áreas da cidade, outros foram confinados a uma única rua ou bairros pequenos.

Desde 1950, a definição de "South Central" foi gradualmente expandida para incluir todas as áreas da cidade de os Angeles (e pequenos bancos da cidade) situadas a sul da Santa Monica Freeway, a leste de La Brea Avenue e norte da Freeway Century. Algumas cidades incorporadas fora da cidade que limitam-se com o leste da Alameda Street são consideradas identificáveis com o sul de Los Angeles, em certa medida pela suas características de periferia. Desde a época das revoltas de 1965 em Watts para as de 1992, South Central foi considerado o coração negro de Los Angeles e a maior comunidade Afro-americana.

DemografiaEditar

A demografia do sul de Los Angeles vem mudando desde meados da década de 1980, quando os imigrantes latino-americanos do México e América Central chegaram em grande número para comprar ou alugar apartamentos e casas, algumas das quais foram desocupadas pelos afro-americanos. A população negra foi reduzida à metade desde 1990 a 2008. No censo de 2000, South L.A. tinha uma população de 520.461 e 55% dos residentes eram hispânicos, enquanto 41% eram negros, e em 2008, as estimativas são menos de um quarto (24%) dos cerca de 1,6 milhão de moradores. Uma grande porcentagem de pequenas lojas e estabelecimentos comerciais são de propriedade de imigrantes asiáticos, especialmente os coreanos e indianos. Os filipinos foram também parte da área e os nativo americanos são uma percentagem considerável de lojistas.

Antes da década de 1990, a região era predominantemente negra (80% em 1980). As principais razões para os deslocamentos da população eram pessoas se afastando da criminalidade e violência de gangues, e as pessoas que entram através da imigração. Afro-americanos continuam teve predominar em certas áreas no sul de Los Angeles como Leimert Park, Crenshaw, Hyde Park e Baldwin Hills. Juntas, essas áreas têm uma população de 114.785, sendo cerca de 72% Afro-Americanos tornando-se os maiores bairros de predominância negra do oeste dos Estados Unidos da América.

MúsicaEditar

Alguns rappers da região de South Central costumam representar a má reputação da área através de suas músicas, como Ice T, Ice Cube, South Central Cartel e Da Lench Mob.

FilmesEditar

A reputação de South L.A. é representada em filmes como Colors (As Cores da Violência), South Central, Menace II Society (Perigo para a Sociedade), Friday (Sexta-Feira em Apuros), renomado filme de John Singleton Boyz n the Hood (Os Donos da Rua), The freedom writers (Os escritores da liberdade) e o Straight Outta Compton (Diretamente de Compton).

LAPDEditar

Gangues e invasões policiaisEditar

Algumas das gangues da South Central são:

BairrosEditar

Os bairros de South Los Angeles são:

Canterbury KnollsEditar

As localidades seguintes sendo cidades incorporadas ou não são consideradas parte de South Central:

Gente de South Los AngelesEditar

Música e EntretenimentoEditar

AtletasEditar

PolíticosEditar

ReligiososEditar

  Este artigo sobre geografia dos Estados Unidos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. Mike Sonksen (June 20, 2018). «Inglewood Today: The History of South Central Los Angeles and Its Struggle with Gentrification». USC Lusk Center of Real Estate. Consultado em February 26, 2020  Verifique data em: |acessodata=, |data= (ajuda)
  2. Laurajane Smith, Emma Waterton, Steve Watson (2012). The Cultural Moment in Tourism. [S.l.]: Routledge. p. 206. The City of Los Angeles officially changed the area's name from South Central to South Los Angeles in 2003 in an effort to change the perception of the area as one plagued by urban decay and violence, but residents still largely refer to it as South Central. 
  3. «Map of South Los Angeles». Google. Consultado em 28 de maio de 2009