Spencer Dinwiddie

basquetebolista estadunidense

Spencer Gray Dinwiddie (nascido em 6 de abril de 1993) é um americano jogador de basquete profissional que joga no Dallas Mavericks da National Basketball Association (NBA).[1]

Spencer Dinwiddie
Spencer Dinwiddie (39916296274) (cropped).jpg
Informações pessoais
Nome completo Spencer Gray Dinwiddie
Data de nasc. 6 de abril de 1993 (29 anos)
Local de nasc. Los Angeles, Estados Unidos
Altura 6 ft 5 in (1.96 m)
Peso 215 lb (98 kg)
Informações no clube
Clube atual Estados Unidos Dallas Mavericks
Número -
Posição Armador
Clubes de juventude
2011–2014 Estados Unidos Colorado Buffaloes
Clubes profissionais
Ano Clubes Partidas (pontos)
2014–2016
2014–2016
2016
2016–2021
2021–Presente
Estados Unidos Detroit Pistons
Estados Unidos Grand Rapids Drive
Estados Unidos Windy City Bulls
Estados Unidos Brooklyn Nets
Estados Unidos Washington Wizards
46 (203)


274 (3.920)

Ele jogou basquete universitário na Universidade do Colorado e foi selecionado pelo Detroit Pistons na segunda rodada do Draft de 2014.

Carreira no ensino médioEditar

Na William Howard Taft High School, Dinwiddie teve uma média de 5,9 pontos e 4,1 assistências em sua terceira temporada.

Dinwiddie maximizou seu jogo no último ano representando a escola, com média de 11,2 pontos e 7,7 assistências. Esta temporada o ajudou a ganhar a atenção de universidades em todo o país. Ele escolheu frequentar a Universidade do Colorado rejeitando Harvard, Oregon, Santa Clara e UNLV.

Considerado um recruta de três estrelas pela Rivals.com, Dinwiddie foi listado como o 25° melhor armador e o 146° melhor jogador do país em 2011.[2]

Carreira universitáriaEditar

CalouroEditar

Dinwiddie fez sua estreia na universidade registrando 7 pontos e 7 rebotes em uma vitória sobre Fort Lewis.[3] Ele fez uma dupla de sucesso com o também novato Askia Booker, Eles combinaram para 677 pontos, marcando mais de 250 pontos cada.

No final da temporada, Dinwiddie foi nomeado para a Equipe Ideal do Torneio da Pac-12. Ele liderou a equipe em porcentagem de lances livres e ficou em terceiro lugar entre os novatos da conferência nessa categoria.[4]

No final da temporada regular, Dinwiddie ajudou a equipe a conquistar sua primeira vaga no Torneio da NCAA desde a temporada de 2002-03.[5] Ele foi nomeado para o Time de Novatos da Pac-12 sendo o único calouro da conferência a ter uma porcentagem de field-goal de mais de .400.

Segundo anoEditar

Com Dinwiddie liderando o time em assistências, eles se classificaram para o Torneio da NCAA pela segunda temporada consecutiva, na qual chegaram a segunda rodada.

No final da temporada, Dinwiddie liderou a equipe em assistências em 20 jogos e foi o maior pontuador em 15 jogos. Em 10 de fevereiro de 2012, Dinwiddie registrou um jogo perfeito (sem errar nenhum arremesso) contra Oregon.[6]

Terceiro anoEditar

Dinwiddie continuou a atuar como o líder de Colorado e ajudou a equipe a vencer 14 de seus 16 primeiros jogos na temporada regular. Dinwiddie foi considerado o catalisador para a imprevista sequencia da equipe, a universidade venceu cada partida em que ele marcou 20 ou mais pontos.

Em 12 de janeiro de 2014, Dinwiddie sofreu uma lesão no ligamento cruzado anterior que o forçou a ficar de fora pelo restante da temporada. Ele foi se recuperar com Russ Paine, que ajudou Adrian Peterson a se recuperar da mesma lesão e se tornar o MVP da NFL de 2012.[7][8]

Em 24 de abril de 2014, Dinwiddie se inscreveu no Draft da NBA, renunciando ao seu último ano de elegibilidade da faculdade.[9]

Carreira profissionalEditar

Detroit Pistons (2014–2016)Editar

 
Dinwiddie com os Pistons em fevereiro de 2015

Dinwiddie foi selecionado pelo Detroit Pistons com a 38ª escolha geral do Draft da NBA de 2014.[10] Ele jogou em 34 jogos nos Pistons como um novato, ele também passou dois períodos no Grand Rapids Drive, o afiliado dos Pistons na D-League.[11]

Ele teve 12 pontos e nove assistências em uma vitória por 100-91 sobre o Chicago Bulls.[12] Oito dias depois, ele marcou 20 pontos e 8 assistências numa derrota por 99-95 para o Washington Wizards.[13]

A temporada de 2015-2016 viu Dinwiddie jogar em apenas 12 jogos da temporada regular, depois de passar a maior parte da temporada na D-League com o Grand Rapids Drive.[14] Ele recebeu sua primeira oportunidade da temporada no décimo jogo, marcando 17 pontos em uma derrota por 97-85 para o Los Angeles Lakers.[15] No entanto, ele saiu da rotação com a volta de Brandon Jennings. Ele voltou a jogar no Jogo 2 da série de playoffs contra o Cleveland Cavaliers.[16]

Chicago e Windy City Bulls (2016)Editar

Em 17 de junho de 2016, Dinwiddie foi negociado para o Chicago Bulls em troca de Cameron Bairstow.[17] Ele foi dispensado pelos Bulls em 7 de julho,[18] assinou novamente em 28 de julho,[19] e foi dispensado novamente em 21 de outubro depois de jogar em cinco jogos de pré-temporada.[20]

Ele passou o início da temporada de 2016-17 com a equipe afiliada da D-League de Chicago, o Windy City Bulls,[21] e teve médias de 19,4 pontos, 8,1 assistências e 3,7 rebotes em nove jogos.[22]

Brooklyn Nets (2016–2021)Editar

Em 8 de dezembro de 2016, Dinwiddie assinou com o Brooklyn Nets.[22] Em 15 de fevereiro de 2017, ele marcou 15 de seus 19 pontos no quarto quarto da derrota por 129-125 para o Milwaukee Bucks.[23] Em 8 de abril de 2017, em uma vitória por 107-106 sobre o Chicago Bulls, Dinwiddie fez quatro lances livres nos últimos 13,6 segundos e terminou com 19 pontos.[24]

 
Dinwiddie em 2018

Em 25 de outubro de 2017, Dinwiddie marcou 22 pontos e acertou um arremesso de 3 pontos com 43 segundos para ajudar na vitória por 112-107 sobre o Cleveland Cavaliers. Em 29 de outubro, ele fez 22 pontos em uma derrota por 124-111 para o Denver Nuggets. Em 17 de novembro, ele fez 25 pontos em uma vitória por 118-107 sobre o Utah Jazz. Em 14 de dezembro, ele teve 26 pontos em uma derrota por 111-104 para o New York Knicks. Em 23 de dezembro, ele fez 26 pontos em uma derrota por 123-119 para o Indiana Pacers.

Em 3 de janeiro de 2018, ele empatou o jogo faltando 10.1 segundos e terminou com 26 pontos, ajudando a levar a equipe a uma vitória por 98-97 sobre o Minnesota Timberwolves. Em 8 de janeiro, ele fez 31 pontos em uma derrota por 114-113 para o Toronto Raptors. Em 12 de janeiro, ele quase registrou um triplo-duplo com 20 pontos, 10 assistências e 9 rebotes na vitória por 110-105 sobre o Atlanta Hawks. Em 17 de fevereiro, Dinwiddie venceu o Skills Challenge no All-Star Weekend.[25]

Em 25 de novembro de 2018, Dinwiddie marcou 31 pontos em uma derrota por 127-125 para o Philadelphia 76ers. Em 12 de dezembro, ele marcou 39 pontos em uma vitória por 127-124 sobre os 76ers. No dia seguinte, ele assinou uma extensão de contrato de três anos no valor de US $ 34 milhões.[26]

Em 26 de dezembro, ele fez 37 pontos e 11 assistências em uma vitória por 134 a 132 sobre o Charlotte Hornets. Foi seu terceiro jogo de 30 pontos vindo do banco, igualando o recorde da franquia estabelecido por Clifford T. Robinson na temporada de 1980-81.[27] Em 16 de janeiro de 2019, ele marcou 25 de seus 33 pontos no quarto quarto e na prorrogação da vitória por 145-142 sobre o Houston Rockets. Em 23 de janeiro, ele marcou 29 pontos em uma vitória por 114-110 sobre o Orlando Magic, marcando pelo menos 25 pontos em 10 jogos, igualando-se ao recorde da franquia estabelecido por Bubbles Hawkins na temporada de 1976-77.[28] Dois dias depois, foi revelado que uma lesão no polegar direito, que ele havia originalmente ferido cerca de dois meses antes, piorou progressivamente e exigiria cirurgia.[29] Ele foi operado em 28 de janeiro e retornou à ação em 1 de março depois de perder 14 jogos, marcando 15 pontos em uma derrota por 123-112 para o Hornets.[30]

Com os 28 pontos contra os Cavaliers em 6 de março, Dinwiddie teve seu 14º jogo de 20 pontos vindo do banco e estabeleceu o novo recorde da franquia - Darryl Dawkins, Purvis Short e Orlando Woolridge tiveram 13.[31] Com 23 pontos contra os Hawks em 9 de março, Dinwiddie superou Armen Gilliam na temporada de 1993-94 como o maior pontuador vindo do banco em uma temporada.[32]

Durante a temporada de 2019-20, Dinwiddie começou a temporada como reserva até Kyrie Irving machucar o ombro.[33] Em 28 de janeiro de 2020, Dinwiddie mudou o número de sua camisa de 8 para 26 após a aprovação da NBA, em homenagem ao falecido Kobe Bryant.[34]

Em 27 de dezembro de 2020, Dinwiddie deixou o jogo contra o Charlotte Hornets com uma suspeita de distensão no joelho direito,[35] que mais tarde foi revelado como sendo a ruptura parcial do Ligamento cruzado anterior e o retirando da temporada.[36]

EstatísticasEditar

LEGENDA
 PJ  Partidas jogadas  PT  Partidas como titular  MPJ  Minutos por jogo  AP  Arremessos de quadra (%)
 3P  Arremessos de 3 pontos (%)  LL  Lances-livre (%)  RT  Rebotes por jogo  AS  Assistências por jogo
 BR  Roubos de bola por jogo  TO  Tocos por jogo  PPJ  Pontos por jogo  Negrito  Melhor da carreira

NBAEditar

Temporada regularEditar

Ano Equipe PJ PT MPJ AP 3P LL RT AS BR TO PPJ
2014–15 Detroit 34 1 13.4 .302 .185 .912 1.4 3.1 .6 .2 4.3
2015–16 Detroit 12 0 13.3 .352 .100 .576 1.4 1.8 .3 .0 4.8
2016–17 Brooklyn 59 18 22.6 .444 .376 .792 2.8 3.1 .7 .4 7.3
2017–18 Brooklyn 80 58 28.8 .387 .326 .813 3.2 6.6 .9 .3 12.6
2018–19 Brooklyn 68 4 28.1 .442 .335 .806 2.4 4.6 .6 .3 16.8
2019–20 Brooklyn 64 49 31.2 .415 .308 .778 3.5 6.8 .6 .3 20.6
2020–21 Brooklyn 3 3 21.3 .375 .286 1.000 4.3 3.0 .7 .3 6.7
Carreira 320 133 22.6 .388 .273 .810 2.7 4.1 .6 .2 10.4

PlayoffsEditar

Ano Equipe PJ PT MPJ AP 3P LL RT AS BR TO PPJ
2016 Detroit 1 0 2.0 1.000 .000 .000 .0 1.0 .0 .0 2.0
2019 Brooklyn 5 0 26.2 .435 .375 .714 2.6 1.6 .4 .0 14.6
Carreira 6 0 14.1 .717 .187 .357 1.3 1.3 .2 .0 8.3

UniversidadeEditar

Ano Equipe PJ PT MPJ AP 3P LL RT AS BR TO PPJ
2011–12 Colorado 36 36 27.4 .402 .438 .816 3.6 1.8 .8 .3 10.0
2012–13 Colorado 33 33 32.5 .415 .338 .825 3.2 3.0 1.3 .5 15.3
2013–14 Colorado 17 17 31.1 .466 .413 .857 3.1 3.8 1.5 .2 14.7
Carreira 86 86 30.3 .427 .396 .832 3.3 2.8 1.2 .3 13.3

Fonte:[37][38]

Vida pessoalEditar

Dinwiddie é filho de Malcolm e Stephanie Dinwiddie, e ele tem um irmão mais novo, Taylor.[39] Dinwiddie tem um filho com a namorada Arielle Roberson, irmã do também jogador da NBA, André Roberson.[40]

Referências

  1. «Spencer Dinwiddie | NBA.com». www.nba.com. Consultado em 18 de janeiro de 2021 
  2. «Rivals.com». n.rivals.com. Consultado em 21 de junho de 2019 
  3. «Ft. Lewis vs. Colorado - Game Recap - November 11, 2011 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 21 de junho de 2019 
  4. «2018-19 Colorado Buffaloes Stats». ESPN (em inglês). Consultado em 21 de junho de 2019 
  5. «2002-03 Colorado Buffaloes Roster and Stats». College Basketball at Sports-Reference.com (em inglês). Consultado em 21 de junho de 2019 
  6. «Spencer Dinwiddie Game Logs, Brooklyn Nets, News, Rumors, NBA Stats, NCAA Stats, G League Stats, Events Stats, Bests, Awards - RealGM». basketball.realgm.com. Consultado em 21 de junho de 2019 
  7. «Colorado's Dinwiddie tore ACL, out for year». ESPN.com (em inglês). 13 de janeiro de 2014. Consultado em 21 de junho de 2019 
  8. Savage, Brendan (27 de junho de 2014). «Get to know, Spencer Dinwiddie: Detroit Pistons draft pick rehabbed with NFL star's therapist». mlive.com (em inglês). Consultado em 21 de junho de 2019 
  9. Post, Tom Kensler | The Denver (24 de abril de 2014). «CU Buffs point guard Spencer Dinwiddie declares for the 2014 NBA draft». The Denver Post (em inglês). Consultado em 21 de junho de 2019 
  10. Alexandria Valdez | The Denver Post (26 de junho de 2014). «Spencer Dinwiddie drafted by Pistons in second round at No. 38». The Denver Post (em inglês). Consultado em 21 de junho de 2019 
  11. «All-Time NBA Assignments». NBA G League (em inglês). Consultado em 21 de junho de 2019 
  12. «Bulls at Pistons». NBA.com (em inglês). Consultado em 21 de junho de 2019 
  13. «Pistons at Wizards». NBA.com (em inglês). Consultado em 21 de junho de 2019 
  14. Hinson, Steve (10 de maio de 2016). «Spencer Dinwiddie is running out of chances». Detroit Bad Boys. Consultado em 21 de junho de 2019 
  15. «Pistons vs. Lakers - Game Recap - November 15, 2015 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 21 de junho de 2019 
  16. «Pistons vs. Cavaliers - Box Score - April 13, 2016 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 21 de junho de 2019 
  17. «Bulls acquire Spencer Dinwiddie for Cameron Bairstow». Chicago Bulls (em inglês). Consultado em 21 de junho de 2019 
  18. «Report: Bulls waive point guard Spencer Dinwiddie». NBC Sports Chicago. 7 de julho de 2016. Consultado em 21 de junho de 2019 
  19. «Bulls sign Spencer Dinwiddie». Chicago Bulls (em inglês). Consultado em 21 de junho de 2019 
  20. «Bulls waive Spencer Dinwiddie». Chicago Bulls (em inglês). Consultado em 21 de junho de 2019 
  21. «Windy City Bulls Select Four Players in 2016 D-League Draft to Complete Training Camp Roster». Windy City Bulls (em inglês). Consultado em 21 de junho de 2019 
  22. a b «Brooklyn Nets Sign Spencer Dinwiddie». Brooklyn Nets (em inglês). Consultado em 21 de junho de 2019 
  23. «Bucks vs. Nets - Game Recap - February 15, 2017 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 21 de junho de 2019 
  24. «Bulls vs. Nets - Game Recap - April 8, 2017 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 21 de junho de 2019 
  25. «Brooklyn Nets' Spencer Dinwiddie on Skills Challenge Win: It's Full Circle». Brooklyn Nets (em inglês). Consultado em 21 de junho de 2019 
  26. «Brooklyn Nets' Spencer Dinwiddie Gets His Deal». Brooklyn Nets (em inglês). Consultado em 21 de junho de 2019 
  27. «Hornets vs. Nets - Game Recap - December 26, 2018 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 21 de junho de 2019 
  28. «Magic vs. Nets - Game Recap - January 23, 2019 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 21 de junho de 2019 
  29. «Dinwiddie will need thumb surgery, but Nets unsure how soon». USA TODAY (em inglês). Consultado em 21 de junho de 2019 
  30. «Hornets vs. Nets - Game Recap - March 1, 2019 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 21 de junho de 2019 
  31. «Cavaliers vs. Nets - Game Recap - March 6, 2019 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 21 de junho de 2019 
  32. «Nets vs. Hawks - Game Recap - March 9, 2019 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 21 de junho de 2019 
  33. «Delayed Olympics has Bogut weighing retirement». ESPN.com (em inglês). 19 de abril de 2020. Consultado em 18 de janeiro de 2021 
  34. «Nets' Jordan opts out of restart after positive test». ESPN.com (em inglês). 29 de junho de 2020. Consultado em 18 de janeiro de 2021 
  35. «Nets' Dinwiddie leaves after straining right knee». ESPN.com (em inglês). 28 de dezembro de 2020. Consultado em 18 de janeiro de 2021 
  36. «Nets' Dinwiddie to miss time with partial ACL tear». ESPN.com (em inglês). 28 de dezembro de 2020. Consultado em 18 de janeiro de 2021 
  37. «Spencer Dinwiddie Stats». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 18 de janeiro de 2021 
  38. «Spencer Dinwiddie College Stats». College Basketball at Sports-Reference.com (em inglês). Consultado em 18 de janeiro de 2021 
  39. «Spencer Dinwiddie - Men's Basketball». University of Colorado Athletics (em inglês). Consultado em 18 de janeiro de 2021 
  40. Zone, Jeff Garcia, Spurs (8 de junho de 2020). «Nets' Dinwiddie buys home in San Antonio and Spurs fans are reacting». WOAI. Consultado em 18 de janeiro de 2021 
 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Spencer Dinwiddie