Sport Clube Freamunde

 Nota: Este artigo é sobre o clube. Para a cidade, veja Freamunde.

O Sport Clube de Freamunde é um clube multidesportivo português, localizado na cidade e freguesia de Freamunde, no concelho de Paços de Ferreira, no distrito do Porto. É mais conhecido pela sua equipa sénior de futebol, que joga atualmente na 2°Divisão da AF Porto devido a extinção da SAD. De 2014 a 2019 participou também do Campeonato Distrital de Futsal, quando obteve os direitos do Chave Clube Freamunde.[2] Atualmente, o SC Freamunde expandiu suas atividades desportivas, incluindo Atletismo e BTT como desportos secundários.

SC Freamunde
Nome Sport Clube de Freamunde
Alcunhas Os Capões
Torcedor(a)/Adepto(a) Freamundense Capões
Mascote O Estrelinha
Principal rival FC Paços de Ferreira

Associação Desportiva de Lousada

Fundação 19 de março de 1933 (91 anos)
Estádio Complexo Desportivo do Sport Clube Freamunde
Capacidade 5000
Localização Freamunde
Proprietário(a) SDUQ
Presidente Portugal Rui Vingança
Treinador(a) Portugal Mauro Silva[1]
Patrocinador(a) Penafiel Park Hotel
Sofás da Fábrica
Café Teles
Material (d)esportivo Marca Própria
(#SCF1933)
Competição Divisão de Honra da AF Porto
Website scfreamunde.com
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo

História

editar

Inicio

editar

O Pioneirismo

editar

Querendo premiar os dotes futebolísticos dos jovens desportistas e aliciado pela emoção desse jogo, o carismático Padre Castro - figura proeminente pela sua generosidade e inteligência ao serviço das instituições locais, personalidade possuidora de enorme fluência e que tudo fazia, como na vida, com raça, com imaginação, com sabedoria -, conhecedor que o futebol atraía o operariado e a juventude, auxiliado pelo Dr. António Chaves, Armando Oliveira, Alexandrino Cruz, Francisco Carneiro e outros, resolve dar voz ao seu instinto cristão e fazer alguma coisa pelos filhos da comunidade freamundense, tomando a seu cargo o plano organizativo para a constituição de um grupo de futebol, pois nas redondezas já havia clubes similares.

O Padre Castro, que também paroquiou S. Paio Casais / Lousada e lecionou como professor de matemática no seminário dos Carvalhos / Vila Nova de Gaia, deixou-nos bem cedo mas viverá eternamente na saudade de todos e enquanto existir o Clube a que ele votou a sua existência.

Foot Ball Club. Freamundense

editar

Antes da fundação do Sport Clube de Freamunde, existiu um clube não oficial chamado "Foot Ball Club. Freamundense". Este clube foi a primeira associação desportiva na cidade de Freamunde, mas teve uma duração efémera. Criado às pressas e sem estatutos adequados para participar nas divisões nacionais, o "Foot Ball Club. Freamundense" foi extinto no mesmo ano de sua fundação, em 1932.

O Nascimento de uma grande instituição

editar

Eis-nos por fim chegados ao momento histórico da fundação do Clube. 19 de Março de 1933. Por curiosidade, também dia de S. José, da aprovação em plesbicito da Constituição Política da República Portuguesa do mesmo ano de 1933 e, igualmente, data comemorativa da fundação da Associação dos Socorros Mútuos Freamundense. Ainda neste dia, no nosso País, iniciavam-se os preparativos para as filmagens do primeiro sonoro «A canção de Lisboa», com António Silva, Vasco Santana e Beatriz Costa como protagonistas.

A partir daqui seria um percurso enorme pejado de dificuldades, mas de muitas glórias também. Surgiria então o primeiro «team» oficial do Freamunde Sport Clube, denominado de «Onze Vermelhos», todos ou quase todos operários da Fábrica Albino de Matos Pereiras e Barros Lda. , jovens atletas de enorme potencial.

É escusado dizer-se que nesses tempos os dirigentes - sobretudo os mais habilitados ou habilidosos, os chamados símbolos vivos do Clube - faziam de tudo: jogavam se preciso fosse, treinavam, eram funcionários, massagistas, aguadeiros e mesmo árbitros de futebol. Tanto carregavam as bolas e os sacos para os treinos como se sentavam no improvisado gabinete a congeminar a estratégia organizativa do plano semanal. Duas das principais referências, para além dos denominados Presidentes foram Adolfo Gomes Pereira e Américo Ferreira Taipa. Estes nomes «arrastaram» outros que a justiça obrigaria a incluir mas que, lamentavelmente, teremos que omitir face aos poucos livros ou documentos que se salvaram das «andanças» em que a Sede do Carvalhal se viu envolvida há duas dezenas de anos atrás.

Feitas as necessárias diligências, as dificuldades foram inicialmente ultrapassadas com o arrendamento destas terras pertencentes ao Dr. António Corrêa Teixeira Vasconcelos Portocarrero por uma importância compatível com as possibilidades do Clube.

Em Novembro de 1935 a Liga Invicta é extinta e abre-se outro campeonato que não existe nos dias de hoje: o Campeonato da Promoção. Para puder jogar nesta liga, o Sport Clube de Freamunde juntou-se assim à AF Porto e adotou as cores de hoje (camisola e meias azuis e calções brancos).

Anos 40-60 (Consolidação Regional):

editar

Durante as décadas de 40 a 60, o Freamunde trabalhou arduamente para se estabelecer como uma força no cenário do futebol distrital do Porto. Com um forte foco no desenvolvimento da sua infraestrutura e no recrutamento de talentos locais, o clube gradualmente consolidou a sua posição nas divisões principais do futebol regional. Este período foi marcado por uma ascensão constante através das fileiras do futebol distrital, com o Freamunde eventualmente alcançando o patamar da Terceira Divisão Portuguesa, o que foi um marco significativo na sua jornada rumo ao reconhecimento nacional.

Anos 60-70 (Altos e Baixos):

editar

Durante as décadas de 60 e 70, o Freamunde experimentou uma montanha-russa de desempenho. Apesar de alguns momentos de sucesso, o clube também enfrentou períodos difíceis, incluindo temporadas na Terceira Divisão, onde a luta pela sobrevivência era uma realidade constante. No entanto, a resiliência e a determinação demonstradas durante esses anos turbulentos ajudaram a forjar o caráter do clube e prepará-lo para desafios futuros.

Anos 70-80 (Participação Nacional):

editar

Após um retorno à Terceira Divisão, o Freamunde aproveitou a oportunidade para consolidar a sua presença no cenário nacional. Com uma equipa cada vez mais competitiva, o clube conseguiu garantir a sua permanência na Terceira Divisão por várias temporadas consecutivas, demonstrando a sua capacidade de competir num nível mais elevado. Embora tenha enfrentado alguns contratempos, como o rebaixamento para a Divisão de Honra (Campeonato Distrital) , o Freamunde manteve a sua determinação em se estabelecer como um competidor respeitável nas ligas nacionais.

Anos 80-90 (Crescimento e Instalações Novas):

editar

Durante os anos 80, o Freamunde embarcou num período de crescimento e expansão significativos. Com a conquista do título da Liga de Honra na temporada 82/83, o clube assegurou o seu retorno à Segunda Divisão com grande estilo. Além disso, a inauguração de um novo estádio proporcionou ao Freamunde uma base moderna e adequada para as suas operações, criando uma atmosfera de entusiasmo e otimismo entre os adeptos.

Anos 90-00 (Desafios e Reviravoltas):

editar

No início dos anos 90, o Freamunde enfrentou uma série de desafios, incluindo dificuldades financeiras e flutuações de desempenho em campo. Apesar de algumas temporadas de sucesso, o clube também enfrentou contratempos, como rebaixamentos para divisões inferiores e lutas para garantir a sua sobrevivência competitiva. No entanto, a resiliência e a determinação dos jogadores, dirigentes e adeptos ajudaram a superar esses obstáculos e prepararam o terreno para futuras conquistas.

Anos 00-10 (O Auge e a Busca pela Elite)

editar

Durante os anos 2000, o Freamunde experimentou um período de crescimento e sucesso, culminando na promoção à Liga Vitalis na temporada 06/07. Embora tenha enfrentado alguns desafios subsequentes, o clube permaneceu firme na sua busca pela excelência, procurando consistentemente a promoção à Primeira Divisão e consolidando a sua posição como um dos principais concorrentes nas ligas nacionais.

Anos 10-20 (Declínio e Reconstrução):

editar

No entanto, a década seguinte trouxe consigo uma série de desafios e adversidades para o Freamunde. Apesar de alguns momentos de sucesso, incluindo uma campanha impressionante na Segunda Liga na temporada 15/16, o clube enfrentou dificuldades financeiras e administrativas que resultaram em rebaixamentos e uma queda na qualidade de desempenho em campo. No entanto, a determinação e o compromisso com o futuro do clube permaneceram intactos, levando a iniciativas de reconstrução e reestruturação para garantir a sobrevivência e o sucesso contínuo do Freamunde.

Anos 20-XX (Renascimento e Desafios Futuros):

editar

Com a extinção da SAD em 2023, o Freamunde iniciou um novo capítulo na sua história, procurando reinventar-se e superar os desafios que enfrentava. Com uma nova liderança e um plano abrangente de reestruturação, o clube está determinado a recuperar a sua posição no cenário do futebol português, focando na excelência em campo e na estabilidade financeira. Embora o caminho pela frente possa ser desafiador, o Freamunde permanece comprometido com a sua missão de alcançar a elite do futebol nacional e garantir um futuro próspero para o clube e a sua comunidade de adeptos….

Datas Importantes

editar
  • 1933: Inauguração oficial do clube;
  • 1935: Conclusão da obra do Campo do Carvalhal, o primeiro estádio oficial do Sport Clube de Freamunde; O clube junta-se à AF Porto e ao Campeonato da Promoção;
  • 1944: São criados e aprovados os estatutos do clube;
  • 1945: O clube passa a chamar-se Sport Clube de Freamunde (nome que perdura até hoje);
  • 1949: Faleceu o padre Castro, um dos maiores entusiastas do SC Freamunde e também o principal implantador de futebol em Freamunde;
  • 1990: É inaugurado o Complexo Desportivo do Sport Clube de Freamunde;
  • 1998: Chegada aos Quartos de Final da Taça de Portugal perdendo para o FC Porto por 4-0 em casa.
  • 2004: Inauguração do segundo relvado do estádio, no aniversário do clube;
  • 2005: É colocada nas bancas a primeira edição do jornal O Estrelinha.
  • 2007 e 2008: ''O Sonho'' Campeão da Terceira divisão de seniores e campeão de Juniores, Juvenis e Feminino
  • 2013: Jogo com o SL Benfica a contar para a terceira eliminatória da Taça de Portugal perdendo por 4-0.
  • 2014: Campeão do Campeonato de Portugal em 2013/2014
  • 2016: Melhor Classificação na Segunda Liga o 5°Lugar ficando a 4 pontos da Primeira Liga
  • 2018: Crise financeira que coloca o Freamunde nas divisões distritais
  • 2023: Extinção do Sport Clube de Freamunde SAD[3]
  • 2024: Campeão da AF Porto 2ª Divisão

Plantel Temporada 23/24

editar

  Última atualização: 9 de setembro de 2023.


Elenco atual do Sport Clube de Freamunde[4]
N.º Pos. Nome N.º Pos. Nome N.º Pos. Nome
1 G   Leitão 11 D   Paulinho 27 A   Luís Pacheco
2 D   Honorato 12 M   Paulo Ferreira 37 A   Rui Camelo
3 D   Edgar Viega 13 G   João Mendes 43 M   Alexandre Ribeiro
4 Z   Simao 17 A   Marcelo Gomes 70 A   Tiaguinho
5 D   Bentes 18 M   Carlos Tiago 77 A   Gonçalo Silva
6 M   David Camelo 19 G   Filipe Barros 79 A   Rafa Dias
7 A   Quintela 21 D   Tomé Neto 85 A   Pedro Cardoso
8 M   Fábio Brandão 22 M   Alex 10 M   Edu Santos  
9 A   Souza 23 D   Brandão 36 M   Agustinho

Técnico:   José Brandão (interino)

 
Festejo entre jogadores e adeptos após a conquista do Campeonato de Portugal em 2014

Claques

editar
 
Brigata Azzuri na Final do Campeonato de Portugal em 2014 em Viseu frente ao Oriental

Turma1933

editar

A claque "UltrasTurma1933" surgiu em 2018, formada por ex-membros da Brigata Azzuri, e desde então tem se destacado no cenário desportivo português. Apesar de sua juventude, a claque já conquistou uma notável reputação, sendo amplamente reconhecida por suas demonstrações vibrantes de apoio ao clube. Seus distintivos, incluindo faixas, bandeiras e estandartes, além dos seus cânticos apaixonados, tornaram-se uma marca registrada que ressoa em todos os estádios por onde o clube passa.

Brigata Azzuri

editar

A Brigata Azzuri foi fundada em 9 de julho de 2003, com o objetivo principal de proporcionar um apoio fervoroso ao clube. Durante os seus anos de atividade, a Brigata Azzuri estabeleceu-se como um dos maiores e mais influentes grupos de ultras do futebol português fora da elite. Com cerca de 400 membros distribuídos em 10 núcleos distintos, tais como "Influenza", "Grupo 9 de Julho", "BlueWarriors", "Força Separatista Freamundense", "Máfia Azul", "Ala Dura", "WestSide", "Ilha", "Lustosa" e "Ordem" e "Raimonda", a Brigata Azzuri deixou uma marca indelével na cultura de apoio ao clube. Apesar do seu encerramento por volta de 2017, seu legado perdura, influenciando outras claque e contribuindo para a paixão e fervor que caracterizam o apoio ao desporto em Portugal.

Estádio

editar
 
Complexo Desportivo do SC Freamunde

O Complexo Desportivo do Sport Clube de Freamunde é o estádio atual do clube, inaugurado em 1990, e tem capacidade para 5.000 espectadores. O estádio é composto por bancadas em ambos os lados. Do lado principal, com capacidade para 3.000 pessoas, encontram-se um bar, quatro casas de banho (duas masculinas e duas femininas, todas com apoio para pessoas com dificuldades motoras), camarotes e uma área destinada à transmissão de jogos. Do outro lado, há uma bancada com capacidade para 2.000 lugares, sem assentos, equipada com um bar e quatro casas de banho, além de ser o local designado para a claque da casa e para os adeptos visitantes.

O Complexo Desportivo é atualmente composto pelo campo principal e por três campos de treino: dois com relva sintética e um com pelado Há planos para a expansão do complexo, com a adição de mais dois campos sintéticos e um ginásio polidesportivo.

O estádio foi construído sobre um campo de futebol pré-existente, conhecido como Campo de Pessô, que já servia para a formação do SC Freamunde.

Diante da necessidade de um novo estádio, foi decidido construí-lo sobre este campo já existente, aproveitando a localização e a estrutura prévia para o desenvolvimento do novo complexo desportivo.[5][6]

Campo do Carvalhal

editar
 
Campo do Carvalhal com neve em 1986

O Campo do Carvalhal, inaugurado em 1935, foi o primeiro estádio do Sport Clube Freamunde, construído sob a orientação do padre Castro, figura proeminente na história do clube. Originalmente, era um campo sem relva com dimensões consideradas modestas para os padrões do futebol moderno, mas possuía bancadas em três dos seus lados, proporcionando uma capacidade aproximada de 7 mil lugares, todos sem cadeiras.

Nos anos 70, surgiram ideias para a construção de um novo estádio, porém, apenas nos finais dos anos 80 é que o projeto começou a ser concretizado, com a construção do estádio na zona de Pessô, onde já existia um campo de futebol. Com a inauguração do novo estádio na década de 90, o Campo do Carvalhal deixou de ser utilizado pela equipa principal e passou a ser reservado para os jogos das equipas de formação.

Entretanto, a vida útil do Campo do Carvalhal foi curta, pois em 1997 foi vendido e demolido para dar lugar à construção de uma zona residencial, denominada Urbanização do Carvalhal. O que resta desse icónico estádio são os balneários, que permanecem como testemunho congelado no tempo, evocando as memórias dos dias em que o futebol ecoava pelas suas bancadas e relvados.

Largo da Feira

editar

O Largo da Feira viu os primeiros jogos de futebol serem disputados nos anos 20, o que inspirou a criação de um clube dedicado ao desporto na região. O Clube Recreativo de Freamunde, então, assumiu o papel de organizador, promovendo algumas partidas informais entre os jovens locais. Foi assim que surgiu o grupo conhecido como Miúdos da Feira, composto por crianças que se reuniam aos fins de semana para jogar futebol neste espaço.

Com o surgimento da ideia de fundar o Sport Clube de Freamunde, o Largo da Feira deixou de ser o local principal para a prática do futebol na região. No entanto, sua importância histórica permanece como o ponto de partida para a paixão pelo futebol na comunidade local e como um símbolo dos primórdios do desporto na área.

Emblema

editar
 

O emblema do SC Freamunde é caracterizado por uma estrela de seis pontas, também conhecida como Estrela de Davi, que representa a divindade e a presença da religião no seio do clube. Esta simbologia reflete a importância dos valores espirituais para a região que envolve o SC Freamunde. Além disso, o emblema apresenta uma bola de futebol azul e branca, simbolizando as cores da cidade de Freamunde. Por fim, as siglas "SCF" em dourado representam o nome do clube, conferindo-lhe uma aura de nobreza e distinção. Juntos, esses elementos compõem um emblema que encapsula a identidade e os princípios fundamentais do SC Freamunde.

Mascote

editar

O 'Estrelinha' é a mascote do Departamento de Futebol de Formação do Sport Clube de Freamunde. Ele simboliza os valores e objetivos do departamento, refletindo-os em seu trabalho diário. O Estrelinha é representado como um rapaz de cerca de dez anos, alegre, enérgico e divertido, que adora jogar futebol. A sua companheira inseparável é a bola de futebol, que ele conduz habilmente com o pé esquerdo. Além disso, ele valoriza a educação e a escola como parte importante do seu futuro, sendo um aluno aplicado e apreciador da leitura. No entanto, ele ainda encontra tempo para se divertir e ocasionalmente serve como poste de uma baliza. Em resumo, o 'Estrelinha' representa a paixão pelo futebol, a importância da educação e o equilíbrio entre diversão e responsabilidade.

Formação

editar

As escolas do Sport Clube de Freamunde têm um histórico de sucesso na formação de talentos para o futebol nacional. Vários jogadores notáveis se destacaram, evidenciando o êxito do programa de formação do clube. A presença de jogadores da "cantera" no plantel atual e o alto índice de atletas sub-19 que conseguem colocação em clubes dos campeonatos nacionais, ultrapassando os 80%, são testemunhos desse sucesso.

É relevante salientar que o processo de formação não se limita ao desenvolvimento dos jogadores até que estes integrem a equipa principal. Por vezes, é durante este período que a formação é ainda mais aprimorada. Como exemplo disso, o Freamunde conta com três figuras notáveis do futebol português que, embora não tenham sido formados no SCF, iniciaram suas carreiras em Freamunde:

Títulos da sua Formação

editar

(Desde 1980)

Masculino
Escalão Titulos Vice-campeão
SUB-19 1 1
SUB-17 4 0
SUB-16 0 0
SUB-15 3 0
Total 8 Títulos
Feminino
SUB-19 1 0
SUB-17 0 0
SUB-15 0 0
Total 1 Título
Jogadores importantes formados
  Portugal Tonanha
  Portugal Rui Pacheco
  Portugal Taborda
  Portugal José Alberto
  Portugal Paulo Monteiro
  Portugal Babo
  Portugal Joca
  Portugal Pedrinho
  Portugal Antunes
  Portugal André Leão
  Portugal Luis Pedro
  Portugal Hilario
  Portugal Paulo Sousa
  Portugal Barbosa
  Portugal Brandão
  Portugal Valdinho
  Portugal Rui Ribeiro
  Portugal Luis Machado
  Portugal Vieira
  Portugal Filipe Pastel
  Portugal João Taipa

Jogadores Importantes

editar
Jogadores Importantes
  Portugal Vitorino Antunes
  Portugal Pedro Barbosa
  Portugal José Bosingwa
  Cabo Verde Dany
  Camarões André-Joël Eboué
  Portugal Ricardo Fernandes
  Nigéria Pascal Kondaponi
  Portugal André Leão
  Portugal Mangualde
  Portugal André Marques
  Portugal Murta
  Guiana Francesa Jean-Renaud Nemouthé
  Camarões Alain Nkong
  Portugal Orlando
  Portugal Santana
  Portugal Paulo Sousa
  Portugal Pedro Taborda
  Portugal Uwe Wolf

Hino oficial

editar

Refrão:

Sport Clube de Freamunde

És a nossa glória

Não tens rival

Entra em campo prá vitória

Em qualquer estádio de Portugal

Sport Clube de Freamunde

Honra a memória dos teus heróis

Faz azul e branca a história

Doura a estrela com mil sois

I

Rola a bola presa à bota sempre em frente

Camisola azul tingida de suor

E se é golo na bancada salta a gente

Contente

És o maior!

Quando nem tudo está bem fica a certeza

Que a seguir os bons momentos surgirão

E os nossos jogadores com destreza

E firmeza

Vencerão!

II

No velhinho Carvalhal foi lindo e puro …

Tardes cheias de glória recordar …

Mas agora o nosso estádio é o futuro

Que eu juro

Vai brilhar!

Freamunde a nossa garra a ti pertence

Vou dizer bem alto o teu nome e dizer

Nesta terra toda a gente seja e pense

Freamundense

Até morrer!

Música e letra: Carlos Cabral

Material desportivo e patrocinadores

editar
Período Material Desportivo Patrocinador
08-09   Lacatoni   Capital do Móvel
09-10   Joma
10-11
11-12   Capão à Freamunde

(Junta de Freguesia)

12-13
13-14   Belma Sem Patrocinador
14-15
15-16   Adidas     LGSP Sports
16-17
17-18   Belma Sem Patrocinador
18-19   Kuwait Q8
19-20
20-21   Desonno
21-22
22-23
23-24   Lacatoni   Penafiel Park Hotel
24-25 Marca Propria

(#SCF1933)

Participações e Títulos

editar

Seniores Masculino (Desde 1940)

Nacionais
Competição Presenças Melhor posição
  Segunda Liga 17
  Segunda Divisão B 9 Campeão (2X)
  Segunda Divisão N3 2 Campeão (2X)
  Terceira Divisão 15 Vice-Campeão
  CNS 2 Campeão
  III Divisão Nacional - Nível 4 2
  Taça de Portugal 46 Quartos-Final
  Taça da Liga 9 Quartos-Final
Regionais
Competição Presenças Melhor posição
  AFPorto Pro'Nacional - -
  AFPorto Divisão Elite 5
  AFPorto Divisão Honra N/A Campeão (2X)
  AFPorto 1ª Divisão - -
  AFPorto 2ª Divisão 1 Campeão
  AFPorto 3ª Divisão N/A Campeão
  AFPorto Taça 6 Oitavos-Final
 
AF Porto Taça Capital do Móvel 3 Final
Total 9 Títulos

Seniores Feminino (Desde 2006)

Nacionais
Competição Presenças Melhor posição
II Divisão Feminino 11
III Divisão Feminino 3
Taça Promoção Feminino 9 Campeão
  1.ª Divisão da AF Porto Feminina 1 Campeão
  Taça Portugal Futebol Feminino 11 Meia-Final
Total 2 Titulos

Jogadores Notáveis

editar
Melhores marcadores Jogadores com mais jogos
Rank Jogador Golos Rank Jogador Jogos
1   Bock 156 1   Bock 362
2   Diogo Ramos 35 2   Luís Pedro 274
3   Paulo Fernando 29 3   Pastel 191
4   Ansumané 27 4   Carlos Martins 182
5  Bertinho 26 5   Rui Rainho 167
6   Cascavel 20 6   Tó Figueira 167
7   Pedrinho 19 7   Diogo Ramos 147
8   Joel Silva 19 8  Fausto Lourenço 143
9   Marcos Antonio 18 9   Barbosa 133
10   Fausto Lourenço 15 10   Brandão 130

Treinadores Notaveis

editar

 -Carlos Carvalhal

 -Helton

 - Nicolau Vaqueiro

 - Carlos Brito

 - Jorge Regadas

 - Filipe Rocha

Classificação

editar
Escalão 08/09 09/10 10/11 11/12 12/13 13/14 14/15 15/16 16/17 17/18 18/19 19/20 20/21 21/22 22/23 23/24 24/25
Primeira Liga - - - - - - - - - - - - - - - -
Segunda Liga 12° 11° 14° 22º - 21º - - - - - -
Terceira Liga N/A N/A N/A N/A N/A N/A N/A N/A N/A N/A N/A - - - - -
CNS - - - - -

Campeão

- - - 15º - - - - - -
AF Porto Divisão de Elite - Pro-nacional Ap. Campeão - - - - - - - - - - - - 8 de Final - -
AF Porto Divisão de Elite - Pro-nacional - - - - - - - - - - 8º * -
AF Porto Divisão Honra Ap. Campeão - - - - - - - - - - - - - - - -
AF Porto Divisão Honra - - - - - - - - - - - - - - - -
AF Porto 1ª Divisão Ap. Campeão - - - - - - - - - - - - - - - -
AF Porto 1ª Divisão - - - - - - - - - - - - - - -
AF Porto 2ª Divisão Ap. Campeão - - - - - - - - - - - - - - -

Campeão

AF Porto 2ª Divisão - - - - - - - - - - - - - - - Campeão da Serie 3

Legenda

editar
  • Azul ciano - Divisões profissionais

Atletismo

editar
CAF-SCF
 
Nome Sport Clube de Freamunde - Atletismo
Alcunhas Capões
Fundação 2020
Estádio Estádio Municipal de Lousada

Pista de Atletismo da Escola EB 2,3 Dr. Manuel Pinto de Vasconcelos

Presidente Rui Vingança
Treinador(a) André Pinto
Patrocinador(a) Evolui
Material (d)esportivo Joma

O Sport Clube de Freamunde - Atletismo (CAF-SCF) representa uma colaboração notável, originada da fusão entre duas entidades desportivas o Clube de Atletismo Andatrilhos de Freamunde e o prestigiado Sport Clube de Freamunde. Fundada no ano de 2020, esta aliança representa um marco significativo no panorama desportivo local, amalgamando a rica herança e a experiência acumulada ao longo dos anos por ambas as organizações.

Desde sua conceção, a secção de atletismo do Sport Clube de Freamunde tem-se destacado por seu compromisso inabalável com a excelência desportiva. Com aproximadamente 30 atletas federados, o clube destaca-se por sua participação vigorosa e determinada em competições de âmbito nacional e regional.

Competições mais importantes

editar
  • Campeonato de Corta-Mato Nacional Curto
  • Campeonato de Corta-Mato Nacional Longo
  • Campeonato de Corta-Mato Regional Curto
  • Campeonato Regional 10KM

Futsal

editar
CC Freamunde
Nome Chave Clube Freamunde
Fundação 2010
Extinção 2019
Estádio Pavilhão Gimnodesportivo de Modelos

Pavilhão Gimnodesportivo da Escola Secundaria de Freamunde

O Chave Clube de Freamunde representou uma significativa instituição no âmbito do futsal, tendo sido estabelecido em 2010 por iniciativa da Junta de Freguesia de Freamunde. Sediado na freguesia de homônima, o clube destacou-se em suas participações nas divisões distritais da Associação de Futebol do Porto (AF Porto).

Contudo, a trajetória desportiva dessa entidade sofreu uma notável reviravolta quando o Sport Clube Freamunde se uniu ao Chave Clube de Freamunde (CC Freamunde). Essa aliança não apenas alterou o panorama desportivo local, mas também influenciou diretamente o destino do Chave Clube de Freamunde.

Com a fusão entre o Sport Clube Freamunde e o CC Freamunde, uma nova era se inaugurou no cenário desportivo na cidade. Tal união não apenas consolidou recursos e esforços, mas também redefiniu os papéis das diversas instituições desportivas na cidade de Freamunde. Por meio de significativos investimentos, a equipa alcançou a Divisão de Elite da AF Porto. No entanto, diante da crise financeira instalada no Sport Clube de Freamunde, este optou por desvincular-se do CC Freamunde.

O CC Freamunde com a desvinculação, foi extinto em 2019.

BTT ( bicicleta todo o terreno)

editar

O Clube de BTT Freamunde, fundado em 2013 por um grupo de amigos, rapidamente começou a competir em eventos locais e regionais, enquanto também organizava atividades que contribuíam para o desenvolvimento da cidade. No entanto, diante de desafios financeiros, o clube teve que tomar medidas difíceis, incluindo a venda de sua sede, para enfrentar a crise econômica. Em 2021, como uma estratégia para assegurar sua continuidade e fortalecer suas operações, o Clube de BTT Freamunde uniu-se ao Sport Clube de Freamunde. Sua sede agora está localizada no Complexo Desportivo do Sport Clube de Freamunde, proporcionando uma base sólida para suas atividades e oferecendo novas oportunidades de crescimento.

Referências

editar
  1. «Mauro Silva apresentado como novo treinador do SC Freamunde - Imediato - Jornal Regional». 24 de junho de 2024. Consultado em 24 de junho de 2024 
  2. «https://scfreamunde.s6.emjogo.pt». Sport Clube Freamunde. Consultado em 18 de setembro de 2023  Ligação externa em |titulo= (ajuda)
  3. a b Martins, José (19 de maio de 2023). «SC Freamunde põe fim ao "pesadelo" da SAD». Liga Amadora TV. Consultado em 20 de maio de 2023 
  4. https://www.zerozero.pt/equipa.php?id=1173
  5. «Estádio Freamunde». Desporto Sapo.pt. Consultado em 13 de setembro 2016 
  6. «Estádio do Futebol do Sport Clube Freamunde». Igogo. Consultado em 13 de setembro 2016 
   Este artigo sobre clubes de futebol portugueses é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.