Stanisław Saks

matemático polaco

Stanisław Saks (Kalisz, 30 de dezembro de 1897Varsóvia, 23 de novembro de 1942) foi um matemático polonês.

Stanisław Saks
Nascimento 30 de dezembro de 1897
Kalisz
Morte 23 de novembro de 1942 (44 anos)
Varsóvia
Cidadania Segunda República Polonesa
Etnia judeus
Alma mater Universidade de Varsóvia
Ocupação matemático, professor(a) universitário(a)
Prêmios
Empregador Universidade de Varsóvia, Universidade de Tecnologia de Varsóvia, Universidade de Lviv, Forças Terrestres da Polónia
Orientador(es) Stefan Mazurkiewicz
Campo(s) Matemática
Tese 1922: A Contribution to the Topology of Surfaces and of Plane Regions
Obras destacadas propriedade de Banach–Saks, Denjoy–Luzin–Saks theorem, Denjoy–Young–Saks theorem, Vitali–Hahn–Saks theorem
Causa da morte political murder

Estudou matemática na Universidade de Varsóvia, onde doutorou-se em 1922. Seu campo principal de trabalho foi análise matemática, em especial teoria dos conjuntos e topologia. Após permanecer nos Estados Unidos em 1931-1932, quase exclusivamente na Universidade Brown, foi professor da Universidade Técnica de Varsóvia, e mais tarde das universidades de Lviv e Vilnius. Foi membro da Escola de Matemática de Lviv. Após a invasão de Lviv em junho de 1942 pelas tropas alemãs e o início do assassinato sistemático de judeus, Saks rotornou para Varsóvia. Lá foi preso e morto a tiros em 23 de novembro de 1942 pela Gestapo.

Sra. Saks (abaixo, esquerda) acompanhando Stanisław Saks (não presente na foto) no ICM 1932 em Zurique.

O teorema de Vitali-Hahn-Saks e a propriedade de Banach-Saks estão ligados a seu nome.

Foi palestrante convidado do Congresso Internacional de Matemáticos em Bolonha (1928).

Ligações externasEditar