Status Grand Prix

Status Grand Prix
Página oficial
http://statusgp.com/

Status Grand Prix é uma equipe canadense de automobilismo.[nota 1]

HistóriaEditar

Com sede em Silverstone, a equipe foi formada em 2005 para operar a equipe A1 Team Irlanda no novo campeonato A1 Grand Prix.[1]

Em 2010, a Status Grand Prix começou a competir na recém-criada GP3 Series terminando em segundo lugar no campeonato de equipes. Gary Anderson liderou o lado técnico da equipe. No final da temporada de 2015, a Status retirou-se do campeonato.

Em 2014, a Status Grand Prix adquiriu a equipe do malaio Tony Fernandes, a EQ8 Caterham Racing, para disputar a temporada de 2015, com a temporada de 2014 sendo a última da equipe sob o nome Caterham.[2]

A Status competiu na GP2 Series pela primeira vez oficialmente na temporada de 2015, com Marlon Stöckinger e Richie Stanaway como seus pilotos, com Oliver Rowland substituindo Stanaway nas duas últimas rodadas. Stanaway deu à equipe vitórias nas corridas curtas em Mônaco e Sóchi.

A Status Grand Prix deixou de competir na categoria antes da temporada de 2016 começar devido à falta de financiamento e patrocínio.

NotasEditar

  1. Até 2013 a equipe competiu sob licença de corrida irlandesa.

Referências

  1. Mark Gallagher. «Status Grand Prix». mark-gallagher.com. Consultado em 11 de março de 2017 
  2. «Leading GP3 team Status to run Caterham GP2 squad». autosport.com. Autosport. 17 de outubro de 2014. Consultado em 11 de março de 2017 

Ligações externasEditar