Stephan Patrick Bonnar (Hammond, 4 de abril de 197722 de dezembro de 2022) foi um lutador americano de MMA, que competiu no Ultimate Fighting Championship (UFC) e no Bellator.

Stephan Bonnar

Stephan Bonnar
Informações
Nascimento 4 de abril de 1977
Hammond, Indiana, EUA
Morte 22 de dezembro de 2022 (45 anos)
Causa da
morte
overdose de opiodes[1]
Nacionalidade norte-americana
Outros nomes The American Psycho (O Psicopata Americano)[2]
Altura 1,93 m
Peso 93 kg
Modalidade Jiu-jítsu, Tae Kwon Do e Muay Thai
Graduação      Faixa preta em Tae Kwon Do
     Faixa preta em jiu-jítsu brasileiro
Cartel nas artes marciais mistas
Total 24
Vitórias 15
Por nocaute 3
Por finalização 7
Por decisão 5
Derrotas 9
Por nocaute 3
Por decisão 6
Outras informações
Cartel no MMA pelo Sherdog

Bonnar ganhou a faixa preta em Tae Kwon Do com dezesseis anos de idade. Ficou conhecido por ser o vice-campeão na 1ª temporada do The Ultimate Fighter na Spike TV, onde lutou contra Forrest Griffin (0-2), luta essa, que foi creditada por Dana White como a "luta mais importante da história do UFC".[3]

Carreira nas artes marciais mistas editar

Devido ao seu bom desempenho na final dos meio-pesados, onde perdeu contra Griffin por decisão unânime (29-28), Bonnar ganhou um contrato para lutar no Ultimate Fighting Championship.

Bonnar treinou com o lendário lutador de Brazilian Jiu-Jitsu, Carlson Gracie, de quem ele recebeu a faixa roxa antes da sua morte. Esta experiência levou a maioria de seus ataques terminam por meio de submissão. Stephan treinava Jiu-Jitsu em Las Vegas com o Mestre Sergio Penha. No entanto, ele também treinou Muay Thai durante várias viagens à Tailândia. Desde o início de 2010 Stephan treinava Muay Thai em Las Vegas com o Mestre Nick Blomgren no One Kick's Gym. Stephan foi campeão meio-pesado do Ironheart e campeão meio-pesado do Total Fight Challenge 2002-04.

Depois da derrota para Griffin, Bonnar tornou-se regular nos UFC Fight Night Finale no Hard Rock Hotel and Casino em Las Vegas, derrotando notáveis, tais como Sam Hoger, James Irvin e Keith Jardine antes de sucumbir à Rashad Evans por meio de decisão da maioria.

Bonnar perdeu na decisão unânime contra Forrest Griffin na revanche muito esperada em UFC 62, quando ele também falhou em um teste de esteróides. Bonnar foi forçado a se retirar de sua luta contra o Matt Hamill em UFC Fight Night 13 devido a uma grave lesão no joelho que sofreu durante o treino. Ele voltou à ação no UFC 94 contra Jon Jones, perdendo na decisão. Em sua luta seguinte, no UFC 100, Bonnar perdeu uma decisão unânime para Mark Coleman.

Bonnar era fã da banda de rock The Who e usa sua canção "Eminence Front" como música de entrada para lutas no UFC. Ele também foi baterista por um curto período da banda Breeders.

Bonnar afirmou no MMA Live Post Fight Show do UFC 101 que estava considerando um drop-down para os médios, após duas derrotas decepcionantes em meio-pesados. Bonnar enfrentou Krzysztof Soszynski em 21 de fevereiro de 2010 no UFC 110, Soszynski foi vitorioso em 1:04 no terceiro round, devido à TKO (corte). A luta, no entanto, foi ofuscada por replays de vídeo que mostravam que o corte foi aberto por um choque de cabeças. Bonnar recorreu da decisão e foi anunciado em 10 de março que ele havia perdido o apelo e o resultado ficaria como uma vitória para TKO. No UFC 116, Bonnar venceu a revanche por TKO no segundo round contra Soszynski depois de pegá-lo com o joelho, a vitória quebrou a sequência de três derrotas consecutivas de Bonnar, trazendo seu histórico no UFC para 6-6. A luta de Bonnar e Soszynski ganhou o prêmio de Luta da Noite ao lado da luta entre Yoshihiro Akiyama e Chris Leben.

Bonnar lutou contra Igor Pokrajac em 4 de dezembro de 2010 no The Ultimate Fighter Finale 12. Stephan ganhou a luta por decisão unânime (29-26, 29-26, 29-26). Bonnar era esperado para enfrentar Karlos Vemola em 14 de agosto de 2011, no UFC on Versus 5. No entanto, Bonnar foi forçado a retirar-se da luta devido a uma lesão e foi substituído pelo brasileiro Ronny Markes. Bonnar encarou Kyle Kingsbury em 19 de novembro de 2011, no UFC 139. Ele derrotou Kingsbury por decisão unânime (30-27, 30-25, 30-27).

UFC Rio III: Silva vs Bonnar editar

Devido a uma série de imprevistos em relação à luta principal do UFC 153, que originalmente seria feita por José Aldo que se lesionou e não pôde fazer a luta contra Frankie Edgar, o UFC se viu obrigado a mudar de lutadores e de contestantes. Anderson Silva teve de subir de categoria - de pesos médios para meio pesado - para enfrentar Stephan Bonnar, na noite do dia 14 de outubro de 2012. Stephan estava até então com uma sequência de três vitórias seguidas. Anderson, porém, com uma vitória impressionante, derrotou Bonnar com um nocaute técnico ainda no primeiro round, aos quatro minutos. Demonstrando calma e superioridade impressionantes, Anderson nocauteou Bonnar depois de uma joelhada perfeita no plexo, culminando em mais um nocaute técnico em sua vitoriosa carreira. Nessa luta, Anderson de uma certa forma provocou o adversário. Durante a luta, Bonnar tentou colocar Anderson ao chão, que era supostamente onde Bonnar teria alguma chance, mas Anderson acabou ficando na grade. Depois que ele desvencilhou de Bonnar, ele permaneceu encostado à grade, fazendo com que o adversário ficasse sem reações.[4]

Pouco tempo depois comprovou-se que Bonnar havia lutado esta luta sobre efeito de anabolizantes. Em entrevista, Bonnar confirmou que realmente lutou dopado.

Bellator MMA editar

Bonnar voltou ao MMA para estrear no Bellator MMA, em 15 de Novembro de 2014 no evento principal do Bellator 131 contra o ex-campeão do UFC Tito Ortiz. Ele foi derrotado por decisão dividida.

Vida pessoal editar

Stephan e sua namorada de longa data Andrea Brown se casaram em 30 de outubro de 2009, em Toscana, Itália.

Fora do octógono, Bonnar foi comentarista, do World Extreme Cagefighting em 2010. Ele também foi analista na série MMA Live, do ESPN2 e para as transmissões do UFC na FOX.

Em 24 de dezembro foi confirmado seu falecimento, segundo o UFC, a sua morte se deu por conta de complicações cardíacas.[6][7] Em abril de 2023, o escritório do legista do Condado de Clark, em Nevada, determinou a morte de Stephan Bonnar como acidental por "intoxicação por fentanil, p-fluorofentanil e mitraginina".[1]

Campeonatos e realizações editar

Artes Marciais Mistas editar

Cartel no MMA editar

Res. Cartel Oponente Método Evento Data Round Tempo Local Notas
Derrota 15-9   Tito Ortiz Decisão (dividida) Bellator 131 02014-11-15 15 de novembro de 2014 3 5:00   San Diego, Califórnia Retornou da aposentadoria. Estreia no Bellator.
Derrota 15-8   Anderson Silva Nocaute Técnico (joelhada e socos) UFC 153: Silva vs. Bonnar 02012-10-13 13 de outubro de 2012 1 4:39   Rio de Janeiro, Rio de Janeiro Luta na categoria Meio-Pesado do UFC (93 kg) - Anunciou sua aposentadoria do MMA.Bonnar falhou no antidoping e testou positivo para esteróides anabolizantes.
Vitória 15–7   Kyle Kingsbury Decisão (unânime) UFC 139: Shogun vs. Henderson 02011-11-20 20 de novembro de 2011 3 5:00   San José, Califórnia .
Vitória 14-7   Igor Pokrajac Decisão (unânime) The Ultimate Fighter 12 Finale 02010-12-04 4 de dezembro de 2010 3 5:00   Las Vegas, Nevada
Vitória 13–7   Krzysztof Soszynski Nocaute Técnico (joelhada e socos) UFC 116: Lesnar vs. Carwin 02010-07-03 3 de julho de 2010 2 3:08   Las Vegas, Nevada Ganhou Luta da Noite.
Derrota 12–7   Krzysztof Soszynski Intervenção do médico (corte) UFC 110: Nogueira vs. Velasquez 02010-02-21 21 de fevereiro de 2010 3 1:04   Sydney Corte foi consequência de uma cabeçada de Soszynski.
Derrota 12–6   Mark Coleman Decisão (unânime) UFC 100 02009-07-11 11 de julho de 2009 3 5:00   Las Vegas, Nevada
Derrota 12–5   Jon Jones Decisão (unânime) UFC 94: St-Pierre vs. Penn 2 02009-01-31 31 de janeiro de 2009 3 5:00   Las Vegas, Nevada
Vitória 12–4   Eric Schafer Nocaute Técnico (socos) UFC 77: Hostile Territory 02007-10-20 20 de outubro de 2007 2 2:47   Cincinnati, Ohio
Vitória 11–4   Mike Nickels Finalização (mata-leão) UFC 73: Stacked 02007-07-07 7 de julho de 2007 1 2:14   Sacramento, Califórnia
Derrota 10–4   Forrest Griffin Decisão (unânime) UFC 62: Liddell vs. Sobral 02006-08-26 26 de agosto de 2006 3 5:00   Las Vegas, Nevada Foi flagrado no antidoping
Derrota 10–3   Rashad Evans Decisão (majoritária) Ultimate Fight Night 5 02006-06-28 28 de junho de 2006 3 5:00   Las Vegas, Nevada
Vitória 10–2   Keith Jardine Decisão (unânime) Ultimate Fight Night 4 02006-04-06 6 de abril de 2006 3 5:00   Las Vegas, Nevada
Vitória 9–2   James Irvin Finalização Técnica (kimura) Ultimate Fight Night 3 02006-01-16 16 de janeiro de 2006 1 4:30   Las Vegas, Nevada
Vitória 8–2   Sam Hoger Decisão (unânime) UFC Ultimate Fight Night 02005-08-06 6 de agosto de 2005 3 5:00   Las Vegas, Nevada
Derrota 7–2   Forrest Griffin Decisão (unânime) The Ultimate Fighter 1 Finale 02005-04-09 9 de abril de 2005 3 5:00   Las Vegas, Nevada
Vitória 7–1   Sean Sallee Finalização (triângulo) IHC 7-The Crucible 02004-06-05 5 de junho de 2004 1 2:28   Hammond, Indiana
Vitória 6–1   William Hill Nocaute Técnico (socos) Total Fight Challenge 1 02004-04-24 24 de abril de 2004 1 N/A   Hammond, Indiana
Vitória 5–1   Brad Lynde Finalização (mata-leão) IHC 6: Inferno 02003-11-22 22 de novembro de 2003 1 4:10   Hammond, Indiana
Derrota 4–1   Lyoto Machida Intervenção do médico (corte) Jungle Fight 1 02003-09-13 13 de setembro de 2003 1 4:21   Manaus, Amazonas
Vitória 4–0   Terry Martin Decisão (unânime) MFC - Maximum Fighting Challenge 02002-09-07 7 de setembro de 2002 1 10:00   Hammond, Indiana
Vitória 3–0   Jay Massey Finalização (guilhotina) UA 1: The Genesis 02002-01-27 27 de janeiro de 2002 1 1:09   Hammond, Indiana
Vitória 2–0   Josh Kruger Finalização (armlock) IHC 3: Exodus 02001-11-10 10 de novembro de 2001 1 2:55   Hammond, Indiana
Vitória 1–0   Brian Ebersole Finalização (guilhotina) IHC 3: Exodus 02001-11-10 10 de novembro de 2001 1 0:51   Hammond, Indiana

Referências

  1. a b «Legista revela que Stephan Bonnar morreu de overdose acidental de opioide». Combate.com. 25 de abril de 2023. Consultado em 25 de abril de 2023 
  2. sportv.globo.com/ Arrasador, Anderson Silva nocauteia Stephan Bonnar no UFC Rio III
  3. Dave Meltzer. «UFC's greatest hits: the middle years». Yahoo! 
  4. «Com joelhada certeira, Anderson Silva derrota bonnar no UFC III». iBahia.com [ligação inativa] 
  5. br.esporteinterativo.yahoo.com/ Stephan Bonnar assume doping contra Anderson Silva no UFC Rio 3: “Fiz merda”
  6. «Morre o lutador de MMA Stephan Bonnar aos 45 anos». O Globo. Consultado em 25 de dezembro de 2022 
  7. «Stephan Bonnar 1977 - 2022 | UFC». www.ufc.com (em inglês). 24 de dezembro de 2022. Consultado em 25 de dezembro de 2022