Suleiman Aga (também Soleiman Agha ou Müteferrika Süleyman Ağa) foi um embaixador do Império Otomano na corte do rei francês Luís XIV. Em 1669 visitou Versalhes, vestindo apenas um simples casaco de , e recusou-se a se curvar diante do rei.[1] Luís XIV imediatamente o baniu a Paris,[1] onde se instalou numa bela casa, de onde oferecia café para a sociedade parisiense, com criadas vestidas à maneira otomana. A prática despertou uma resposta entusiástica do público, e teria iniciado o costume da bebida na cidade.[1][2]

Ver tambémEditar

Referências

  1. a b c Bernstein, p.247
  2. Starbucked, New York Times, 16 de dezembro de 2007

BibliografiaEditar

  • Bernstein, William J. A splendid exchange: how trade shaped the world. Atlantic Monthly Press, 2008. ISBN 0871139790
  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.