Abrir menu principal

Sulfadiazina

composto químico
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde Junho de 2011). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Estrutura química de Sulfadiazina
Sulfadiazine-3D-vdW.png
Sulfadiazina
Star of life caution.svg Aviso médico
Nome IUPAC (sistemática)
4-amino-N-pirimidina-2-il-benzenosulfonamida
Identificadores
CAS 68-35-9
ATC J01EC02
PubChem 5215
DrugBank APRD00190
Informação química
Fórmula molecular C10H10N4O2S 
Massa molar 250.278 g/mol
Farmacocinética
Biodisponibilidade ?
Metabolismo ?
Meia-vida ?
Excreção ?
Considerações terapêuticas
Administração oral
DL50 ?

A sulfadiazina (nome comercial: Labdiazina) é um quimioterápico do tipo sulfamida, utilizado no tratamento da meningite, disenteria e infecções urinárias.

UsoEditar

A sulfadiazina é usada contra diversas bactérias patogênicas, atuando na inibição da enzima que produz ácido fólico, necessário para a síntese de precursores de DNA e RNA, no interior da célula bacteriana. É comummente utilizada no tratamento de infecções urinárias.

Em conjunto com a pirimetamina, pode ser utilizada no tratamento da toxoplasmose em pacientes imunossuprimidos.

Efeito colateralEditar

Os efeitos colaterais comumente relatados incluem náusea, estomatite, perda de apetite, vertigem e diarreia. Por conta da redução de ácido fólico, a sulfadiazina também pode ocasionar alterações hematológicas, tais como agranulocitose, anemia aplástica, trombocitopenia e leucopenia. Mais raramente, pode causar dor de garganta, dores musculares, hepatite, fotossensibilidade, bolhas ou descamação da pele e síndrome de Stevens-Johnson.[1]

Referências

  1. Sulfadiazina Centralx, acessado em 26 de março de 2010
  Este artigo sobre fármacos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.