Sunrise Adams

atriz pornográfica norte-americana

Cassie Dale Huggins (14 de setembro, 1982) é uma atriz pornô estadunidense.[1]

Sunrise Adams
Sunrise Adams
Outros nomes Cassie Dale Huggins
Nascimento 14 de setembro de 1982 (41 anos)
St. Louis, Missouri
Nacionalidade estadunidense
Etnia branca/caucasiana
Estatura 1.72 m
Ocupação Atriz pornográfica
Página oficial
http://www.sunriseadams.com

Biografia

editar

Adams nasceu em St. Louis, Missouri, e foi criada na zona rural do Leste do Texas. "Eu cresci em Pickton, Texas, população de 90 pessoas, sem telefone, um único canal de TV".[2] Adams se identifica como uma caipira[carece de fontes?] "curiosa e selvagem", reafirmando isto na 6ª série: ela tatuou "horny" no seus dedos, usando uma agulha de costura e tinta de caneta[carece de fontes?]. Adams teve seu primeiro relacionamento sexual aos 14 anos[carece de fontes?].

No colegial, ela era bastante atlética e jogava basquete e futebol americano[carece de fontes?]. Ela é, até agora, a única garota a jogar futebol americano no time júnior e profissional do distrito educacional de Como-Pickton[carece de fontes?]. Aos 16, Adams se matriculou numa escola mais próxima para completar seus estudos[carece de fontes?].

Cinema pornô

editar

Aos 18 anos, Sunrise Adams trabalhava em um cinema drive-in. Sua tia Sunset Thomas, uma atriz pornográfica, veio visitá-la e a convenceu que a indústria pornô poderia ser uma boa forma de adquirir dinheiro e fama[carece de fontes?]. Sugeriu ainda que Adams adotasse um nome parecido com o dela.

Assim, Sunrise deixou o Texas e se mudou para Los Angeles e começou sua carreira como atriz pornô. Em 8 de janeiro de 2001, ela estreou no filme 'More Dirty Debutantes 186', do produtor Ed Powers[carece de fontes?].

Como muitas jovens atrizes, Sunrise foi encorajada a experimentar práticas que nunca havia feito antes. Sua primeira experiência lésbica foi com a atriz Cherry Rain em Cockless 3 no ano de 2001. Sunrise também praticou sexo anal logo em seus primeiros filmes. Em Initiations 8 (também de 2001), do produtor Vince Voyeur, o sexo anal foi tão violento que machucou seu ânus, necessitando de algum tempo para se recuperar[carece de fontes?]. Após esse fato, ela recusa tal prática em seus filmes[carece de fontes?].

Tornou-se muito popular entre os fãs e assinou um contrato de dois anos com a produtora Vivid Entertainment em agosto de 2002, tornando-se oficialmente uma "Vivid Girl"[carece de fontes?]. Recebeu proposta de se tornar atriz exclusiva dessa empresa mas recusou, preferindo continuar com um agente independente. Após intervenção do presidente e fundador da 'Vivid', Steve Hirsch, ela acabou aceitando a proposta. O contrato foi firmado e Sunrise deveria aparecer em pelo menos 8 filmes por ano.

Em 2 de agosto de 2004, Sunrise apareceu, juntamente com Savanna Samson, no programa "The O'Reilly Factor", da Fox News's, para promover o livro How to Have a XXX Sex Life.

Possível aposentadoria

editar

Em 2004, Sunrise renovou seu contrato com a 'Vivid' por mais 10 anos. Pouco depois, decidiu deixar a indústria de filmes pornográficos e começou a trabalhar na Countrywide Financial em Fort Worth, Texas. Em 5 de Novembro de 2006, anunciou que retornaria a fazer filmes.

Outras aparições

editar

Livros

editar

Sunrise também é citada em 2 livros:

  • XXX: 30 Porn-Star Portraits, Bulfinch, (2004)
  • How to Have a XXX Sex Life: The Ultimate Vivid Guide, Regan Books (2004)

Também é autora de

  • The Lust Ranch (sem tradução para o português)

Prêmios

editar
  • 2004 AVN Award for Best Oral Sex Scene (Film) - Heart of Darkness (com Randy Spears)

Referências

  1. «Sunrise Adams / Bio / Biography History» (em inglês). StarNoStar. Consultado em 30 de Junho de 2012 
  2. Hustler, May 2005

Ligações externas

editar
  Este artigo sobre pornografia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.